Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 20º

Macron condena golpe de Estado no Níger e apela à libertação do Presidente

O Presidente francês, Emmanuel Macron, condenou "com a maior veemência possível o golpe de Estado militar" em curso no Níger, que é "perigoso" para a região, e apelou à "libertação" do Presidente Mohamed Bazoum.

Macron condena golpe de Estado no Níger e apela à libertação do Presidente
Notícias ao Minuto

10:46 - 28/07/23 por Lusa

Mundo Emmanuel Macron

"Este golpe de Estado é totalmente ilegítimo e profundamente perigoso para o povo do Níger, para o Níger e para toda a região", afirmou o chefe de Estado francês numa conferência de imprensa em que se fez acompanhar do primeiro-ministro da Papua Nova Guiné, James Marape.

E adiantou: "É por isso que apelamos à libertação do Presidente Bazoum e ao restabelecimento da ordem constitucional".

Militares nigerinos anunciaram na quarta-feira à noite ter tomado o poder e derrubado o Presidente, Mohamed Bazoum, democraticamente eleito em 2021.

A junta militar golpista apresentou-se como Conselho Nacional para a Salvaguarda da Pátria (CNSP).

Os parceiros do Níger, incluindo os Estados Unidos, a França e a ONU, já condenaram o golpe de Estado.

Leia Também: Macron promete "respostas aos distúrbios" com "autoridade e respeito"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório