Meteorologia

  • 03 MARçO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Seul aprova novas sanções contra financiadores de armamento de Pyongyang

O Governo sul-coreano aprovou hoje novas sanções contra indivíduos e entidades que ajudam a financiar o programa de armas de destruição em massa da Coreia do Norte.

Seul aprova novas sanções contra financiadores de armamento de Pyongyang
Notícias ao Minuto

07:51 - 28/06/23 por Lusa

Mundo Coreia do Sul

A nova ronda de sanções contempla duas pessoas: Choi Chon-gon, um cidadão sul-coreano naturalizado russo, e So Myong, representante na cidade russa de Vladivostok de um banco norte-coreano, informou, em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Choi fundou na Mongólia a empresa Hanne Ulaan - uma das duas entidades sancionadas - com o objetivo de escapar às sanções internacionais e obter financiamento para o programa de armamento do regime, de acordo com a agência de notícias espanhola EFE.

Por sua vez, So criou a Epsilon, outra empresa penalizada por Seul a partir de hoje, criada em conjunto com Choi, e "que permanece atualmente operacional", de acordo com o ministério sul-coreano.

Este pacote de sanções é o nono aprovado pelo Governo do conservador Yoon Suk-yeol desde que chegou ao poder, em maio de 2022. Um total de de 45 indivíduos e 47 organizações foram desde então incluídos na lista de entidades castigadas por Seul.

Leia Também: Polícia impede autarquia de travar marcha LGBTI+ na Coreia do Sul

Recomendados para si

;
Campo obrigatório