Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

PF faz operação contra suspeito de financiar ataques em Brasília

A Polícia Federal (PF) do Brasil realizou hoje uma ação de busca e apreensão contra um empresário suspeito de financiar ataques às sedes dos três poderes em Brasília em 08 de janeiro.

PF faz operação contra suspeito de financiar ataques em Brasília
Notícias ao Minuto

21:56 - 27/06/23 por Lusa

Mundo Brasil

Durante a 13.ª fase da operação Lesa Pátria, foi "cumprido um mandado de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, em Itapetininga, São Paulo", indicou em comunicado a PF.

"Os factos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido", detalharam as autoridades na mesma nota.

De acordo com a imprensa local o empresário suspeito é Milton de Oliveira Júnior que terá dito num programa de rádio que ajudou "patriotas" a irem a Brasília "protestar" contra o Governo de Lula da Silva, através de transferência de dinheiro.

Na segunda-feira, em Lisboa, o ministro da Justiça do Brasil disse ter a "convicção" que as mais de 1.200 ações em tribunal relacionadas com alegados crimes cometidos na invasão aos três poderes em Brasília serão decididas entre 2023 e 2024.

Segundo Flávio Dino, a justiça tem de "observar os procedimentos legais", mas as instituições brasileiras "têm buscado a velocidade" necessária.

Pelo que sobre as "mais de 1.200 ações criminais já em andamento, no Supremo Tribunal Federal e em outras instâncias do poder judiciário", Flávio Dino assumiu: "Temos a convicção que ao longo deste ano e em 2024 haverá decisões quanto a esses processos".

Leia Também: Brasil anuncia 70 mil milhões para financiamento agrícola sustentável

Recomendados para si

;
Campo obrigatório