Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 15º

Sobe para 51 o número de mortos em naufrágio no Bangladesh

O número de mortos do naufrágio de um barco que transportava peregrinos hindus num rio no norte do Bangladesh, no domingo, subiu hoje para 51, de acordo com um novo relatório da polícia.

Sobe para 51 o número de mortos em naufrágio no Bangladesh

O número de mortos aumentou após as equipas de resgate terem encontrado mais 26 corpos no rio Karotoa, a jusante da cidade de Boda, onde a embarcação, disse o polícia distrital Sirajul Huda.

O barco transportava cerca de 90 pessoas, incluindo cerca de 50 peregrinos hindus, segundo Huda.

"Vamos retomar as operações de busca amanhã [terça-feira] de manhã", disse a agência France-Presse (AFP) o policial.

Huda reduziu o número estimado de desaparecidos, anteriormente 60, já que alguns de conseguiram nadar e reunir-se com as suas famílias. Agora está perto dos 15, segundo o chefe da polícia.

O agente explicou hoje que o número de passageiros representava três vezes mais a capacidade do barco.

"Houve chuvas fortes de manhã e por isso (...) os peregrinos amontoaram-se no barco para chegar rapidamente ao templo", detalhou.

"O barqueiro pediu que algumas pessoas desembarcassem para aliviar a carga, mas ninguém escutou", sublinhou.

Segundo a imprensa local, pelo menos dez pessoas foram resgatadas e levadas para hospitais.

Imagens gravadas por telemóveis e transmitidas pelo canal de televisão Channel 24 mostram o barco sobrecarregado a tombar e afundar-se subitamente, arrastando os passageiros para as águas lamacentas do rio.

Dezenas de pessoas nas margens, a cerca de 20 metros de distância, começaram a gritar quando viram o desastre.

Milhares de hindus do Bangladesh, um país de maioria muçulmana, visitam o templo Bodeshwari todos os anos.

Domingo marcou o início do Durga Puja, o principal festival hindu no Bangladesh, que atrai multidões aos templos.

As tragédias ligadas aos naufrágios de barcos, causadas pela falta de manutenção e a sobrelotação a bordo, são frequentes no Bangladesh, um país pobre atravessado por rios.

Leia Também: Contagem de mortos em naufrágio no Bangladesh sobe para 32

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório