Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Veículos russos filmados dentro da sala das turbinas em Zaporíjia

Moscovo afirmou anteriormente que o único equipamento militar na fábrica está relacionado com funções de guarda.

Notícias ao Minuto

08:49 - 19/08/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Ucrânia/Rússia

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra vários veículos de guerra russos na sala das turbinas na central nuclear de Zaporíjia (Zaporizhzhia) - onde o bombardeamento intensificado alimenta os receios de um desastre nuclear.

A filmagem mostra uma das seis salas de turbinas localizadas no lado ocidental da central nuclear, localizada na cidade de Enerhodar, no sudeste do país. Cada sala de turbinas está ligada e integrada num grande edifício que alberga um reator nuclear.

Os veículos, que parecem ser camiões militares russos normais, estão no extremo ocidental do edifício, no rés-do-chão, a pouco mais de 130 metros do reator.

Pelo menos cinco veículos - com um claramente marcado com o símbolo pró-guerra 'Z' - são vistos no vídeo.

A CNN geolocou e confirmou a autenticidade do vídeo, que começou a circular nas redes sociais na quinta-feira. Não está claro quando é que o vídeo foi filmado.

Moscovo afirmou anteriormente que o único equipamento militar na fábrica está relacionado com funções de guarda. Na quinta-feira, o Ministério da Defesa russo afirmou que as imagens de satélite, "mostram que as armas, especialmente as pesadas, não estão colocadas no território desta estação".

Tanto a Ucrânia como a Rússia acusaram-se mutuamente de bombardear em torno da central nuclear. 

Kyiv acusou repetidamente as forças russas de armazenarem armamento pesado no interior do complexo e de o utilizarem como cobertura para lançar ataques, sabendo que a Ucrânia não pode responder sem correr o risco de atingir um dos reatores da central. Moscovo, entretanto, tem afirmado que as tropas ucranianas estão a atacar o local.

Na segunda-feira, o presidente da empresa estatal de energia nuclear da Ucrânia, Petro Kotin, disse que a Rússia estava a armazenar 14 "unidades de equipamento militar pesado" na "primeira unidade de energia" e "seis veículos" na "segunda casa das máquinas".

Leia Também: Visita de Guterres "é regresso do estatuto que ONU já devia ter assumido"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório