Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2022
Tempo
MIN 8º MÁX 12º

Holandês condenado por assediar sexualmente adolescente canadiana

O crime foi conhecido depois da jovem partilhar um vídeo revelador no Youtube semanas antes de se suicidar.

Holandês condenado por assediar sexualmente adolescente canadiana

Aydin Coban, um  holandês de 44 anos foi condenado por assediar uma adolescente canadiana que acabou por se suicidar na Colúmbia Britânica.

As acusações contra Aydin Coban, incluíam extorsão, sedução de crianças, pornografia infantil e assédio, segundo o canal britânico BBC.

Amanda Todd, de 15 anos na altura dos acontecimentos, partilhou um vídeo em 2012 no qual detalhava como um homem a assediava online.

A publicação no Youtube foi visualizada mais de 14 milhões de vezes e desencadeou um debate nacional sobre bullying online no Canadá. Todd acabaria por terminar com a própria vida apenas cinco semanas depois de publicar o vídeo.

O responsável polo sofrimento da jovem Aydin Coban foi condenado a 11 anos de prisão por um tribunal dos Países Baixos em 2017 por chantagear e assediar dezenas de mulheres jovens na internet, algumas em lugares distantes como o Reino Unido, Canadá e Estados Unidos.

Anos depois seria extraditado para o Canadá, onde foi também acusado de produção e distribuição de pornografia infantil, extorsão e assédio, mas não pela morte de Todd.

Agora finalmente condenado, o homem irá cumprir a pena nos Países Baixos, ficando provado ao longo de um julgamento de sete semanas e que incluiu dezenas de testemunhas, que Todd foi perseguida durante vários anos por Coban com recurso a 22 contas falsas nas redes sociais, revela a BBC.

O assédio incluiu pedidos para realizar atos sexuais online e ameaças de enviar fotos explícitas para a sua família e amigos se a jovem se recusasse. O advogado de Coban não apresentou nenhuma prova em sua defesa.

De acordo com o Ministério Público, citado pelo meio inglês, a jovem chegou a explicar no Facebook que um homem a chantageava há anos. O assédio começou pouco antes de ela completar 13 anos, em novembro de 2009.

Leia Também: Apple admite "mudanças" depois de denúncias de assédio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório