Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

Londres nega prisão de diplomata britânico no Irão

O Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico negou hoje a detenção de um diplomata britânico no Irão, descrevendo as reportagens da imprensa iraniana como "completamente falsas".

Londres nega prisão de diplomata britânico no Irão
Notícias ao Minuto

23:24 - 06/07/22 por Lusa

Mundo Irão

"As reportagens da imprensa sobre a prisão de um diplomata no Irão são completamente falsas", disse um porta-voz do ministério britânico.

A agência de notícias iraniana Fars e a televisão estatal iraniana noticiaram hoje que a Guarda Revolucionária iraniana prendeu diplomatas estrangeiros, incluindo um britânico, acusado de "espionagem".

"O serviço de inteligência da Guarda Revolucionária identificou e prendeu diplomatas de embaixadas estrangeiras que estavam a fazer espionagem no Irão", informou a agência de notícias Fars, acrescentando que um deles, o diplomata britânico, teria sido posteriormente expulso do país iraniano.

Contudo, a televisão estatal disse que o diplomata britânico foi expulso da "zona" onde foram presos, no centro do Irão.

As nacionalidades dos restantes diplomatas detidos, o número total de detidos e a data da sua detenção não foram ainda divulgados.

A televisão iraniana acusou o diplomata britânico de ter "realizado operações de inteligência" nas "áreas onde" estavam a ocorrer manobras militares.

O vídeo da televisão mostra imagens de um homem, apontado como sendo Giles Whitaker, a falar numa sala que faz lembrar uma sala de aula.

Segundo o jornalista da televisão, o diplomata "está entre as pessoas que foram ao deserto de Shahdad (centro) com a família como turistas".

"Como mostram as imagens, esta pessoa estava a tirar fotografias (...) numa zona proibida, onde estava a decorrer ao mesmo tempo um exercício militar ", informou a televisão.

Segundo a televisão, o diplomata "foi expulso da área, depois de apresentar um pedido de desculpas".

Contudo, de acordo com a agência Fars, o diplomata britânico "foi expulso do país após pedir desculpas".

Leia Também: Guarda Revolucionária do Irão detém diplomatas estrangeiros

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório