Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

Parlamento Europeu valida nuclear e gás como investimentos "verdes"

O Parlamento Europeu validou, esta quarta-feira, a classificação de nuclear e do gás como fontes de energia economicamente sustentáveis do ponto de vista ambiental, ao rejeitar uma moção de objeção à polémica proposta da Comissão Europeia.

Parlamento Europeu valida nuclear e gás como investimentos "verdes"
Notícias ao Minuto

13:10 - 06/07/22 por Lusa

Mundo energia verde

Para a proposta do executivo comunitário ser vetada, a moção precisava de reunir 353 votos (maioria absoluta) na votação hoje realizada no hemiciclo de Estrasburgo, França, mas teve apenas 278 votos a favor (328 contra e 33 abstenções), pelo que o ato delegado sobre a taxonomia (sistema de classificação para investimentos 'verdes') deverá entrar em vigor a partir de 01 de janeiro do próximo ano, caso o Conselho (Estados-membros) também não levante objeções até à próxima segunda-feira.

Em março passado, a Comissão Europeia propôs um regulamento delegado denominado "taxonomia climática da UE" para incluir atividades específicas nos domínios da energia nuclear e do gás, sob determinadas condições, na lista de atividades económicas sustentáveis do ponto de vista ambiental, o que desencadeou uma forte polémica e divisões, incluindo nas bancadas parlamentares.

Uma vez que a Comissão Europeia considera que o investimento privado em atividades relacionadas com o gás e a energia nuclear tem um papel a desempenhar na transição ecológica, propôs a classificação de determinadas atividades nestes domínios como atividades de transição que contribuem para atenuar as alterações climáticas, podendo estas beneficiar assim de fundos.

Leia Também: Boris Johnson diz ao Parlamento britânico que não vai demitir-se

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório