Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 32º

Bielorrússia restringe acesso a faixa fronteiriça com Ucrânia

A Bielorrússia vai restringir o acesso a uma faixa da fronteira com a Ucrânia durante os meses de junho, julho e agosto, informou hoje o comité estatal de fronteiras do país.

Bielorrússia restringe acesso a faixa fronteiriça com Ucrânia

"O comité estatal de fronteiras informa que para garantir a segurança fronteiriça, de 01 de junho a 31 de agosto de 2022 será limitada a entrada e a permanência temporária de cidadãos na faixa fronteiriça no território dos distritos de Bragin, Loevski e Joiniki da região de Gomel", indica o comunicado publicado na página digital do organismo.

A medida afetará as pessoas que cumprem com a tarefa de proteger as fronteiras estatais da Bielorrússia, precisa a nota.

Horas antes, o primeiro vice-presidente do comité, Igor Butkevich, denunciou a presença de pessoas armadas sem distintivos perto das fronteiras bielorrussas.

"Registamos a presença de grupos armados e solitários (...). Não tinham distintivos, nem uniforme. Cada grupo pode ser considerado subversivo. E estamos preparados para tomar ações contra eles", disse.

Butkevich também denunciou uma "militarização sem precedentes" dos países vizinhos da Bielorrússia, que "não tem que ver com contenção e constitui, de facto, um passo para escalar a situação".

Neste contexto, não excluiu a hipótese de "provocações" que implicariam incidentes, incluindo os não intencionados, com envolvimento das forças militares "dos vizinhos", numa alusão à Ucrânia, e ainda a militares da NATO.

Leia Também: Bielorrússia pede a bloco da ex-URSS uma frente comum perante sanções

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório