Meteorologia

  • 04 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 28º

Rússia poderia ter "acabado com Ucrânia em horas, se quisesse"

Para a jornalista Margarita Simonyan, da rede de televisão estatal russa RT, este conflito é "uma operação especial e não uma guerra", e por isso é que a Rússia adotou uma abordagem diferente.

Rússia poderia ter "acabado com Ucrânia em horas, se quisesse"

Margarita Simonyan, uma editora da rede de televisão estatal russa RT e uma das porta-vozes mais conhecidas do Kremlin, afirmou num programa de televisão que a Rússia poderia ter "acabado com a Ucrânia em horas" se quisesse. "Certamente que poderíamos, se assim quiséssemos, acabar com a Ucrânia, não numa questão de dias mas de horas", afirmou.

Num vídeo desta intervenção, a jornalista justifica que o país tem feito "uma espécie de operação especial", e por isso é que a abordagem das tropas é diferente. "É uma operação especial e não uma guerra. Não é assim que uma guerra é travada", acrescentou.

Afirmou, ainda, que a razão para não fazerem uma guerra mais intensa é o facto de "terem pena de toda a gente na Ucrânia" e de "muita gente estar do lado da Rússia no território ucraniano". Algumas destas pessoas, disse, são inclusivamente "reféns" no território ucraniano.

Veja aqui o vídeo destas declarações:

Recorde-se que Simonyan já tinha dito no mês passado, numa intervenção semelhante que  "a ideia de Putin apertar o botão vermelho é mais provável do que a ideia de permitir que a Rússia perca a guerra".

Na altura disse ainda quanto ao lado russo "ou perdemos na Ucrânia, ou a Terceira Guerra Mundial começa" acrescentando que "tudo isto vai acabar com um ataque nuclear".

Leia Também: "Ou perdemos na Ucrânia ou Terceira Guerra Mundial começa"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório