Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 23º

Biden defende na Coreia do Sul o fortalecimento das cadeias de produção

O Presidente dos EUA, Joe Biden, defendeu hoje, na Coreia do Sul, a importância de fortalecer as cadeias de produção para evitar estrangulamentos de distribuição como o que a economia global vive desde 2020.

Biden defende na Coreia do Sul o fortalecimento das cadeias de produção
Notícias ao Minuto

15:48 - 20/05/22 por Lusa

Mundo Biden

O Presidente dos EUA, Joe Biden, defendeu hoje, na Coreia do Sul, a importância de fortalecer as cadeias de produção para evitar estrangulamentos de distribuição como o que a economia global vive desde 2020.

Acompanhado do Presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol, e do líder da Samsung Electronics, Lee Jae-yong, Biden visitou o campus de semicondutores que aquela empresa sul-coreana tem em Pyongtaek, cerca de 70 quilómetros a sul de Seul, observando o complexo processo de fabricação dos circuitos integrados que são produzidos a vácuo.

Após a visita, Biden garantiu que fábricas como esta - que é uma das poucas que produz semicondutores de apenas três nanómetros, em todo o mundo, e em que grande parte da maquinaria é norte-americana - conferem aos dois países a sua vantagem competitiva.

"Os semicondutores impulsionam as nossas economias e a vida moderna, desde carros a 'smartphones' e equipamentos de diagnóstico médico", sublinhou Biden, antes de referir os estrangulamentos de produção que impedem milhões de pessoas em todo o mundo de aceder a esses bens de consumo.

Destacando o facto de as máquinas da empresa serem de origem norte-americana, Biden mencionou a importância da "cooperação transfronteiriça" para produzir as tecnologias que serão o motor do crescimento futuro de muitos países.

Biden elogiou a decisão de construir uma fábrica, como a que visitou hoje, em Taylor, Texas, que estará operacional em 2024 e promete fortalecer a produção global da Samsung e o acesso dos EUA a esses valiosos circuitos.

O Presidente norte-americano também expressou a esperança de que o Congresso dos EUA aprove em breve um projeto de lei de inovação que inclua financiamento para as empresas de produção de componentes eletrónicos que pretende "revigorar a indústria de semicondutores" no país.

A resiliência da cadeia de suprimentos está no centro das atenções da primeira viagem de Biden à Ásia na qualidade de Presidente, devendo aproveitar para lançar formalmente a iniciativa Indo-Pacific Economic Framework (IPEF) no Japão, para onde viajará no domingo.

O IPEF é uma iniciativa de cooperação regional destinada a aumentar o comércio e o investimento entre os Estados Unidos e a Ásia fora da China.

O Presidente dos Estados Unidos inicia hoje uma visita à Coreia da Sul, a sua primeira deslocação à Ásia desde que assumiu funções na Casa Branca, em janeiro de 2021.

Leia Também: China espera que visita de Biden à Ásia não vise novos "confrontos"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório