Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

O 'relacionamento sistemático' da Finlândia com a Aliança Atlântica

A Finlândia, que formalizou hoje o pedido de adesão à NATO, há vários anos que mantém um relacionamento sistemático e regular com a Aliança Atlântica, participando em operações conjuntas de manutenção de paz.

O 'relacionamento sistemático' da Finlândia com a Aliança Atlântica

A Finlândia, que formalizou hoje o pedido de adesão à NATO, há vários anos que mantém um relacionamento sistemático e regular com a Aliança Atlântica, participando em operações conjuntas de manutenção de paz.

Eis algumas referências para compreender melhor a cooperação da Finlândia com a NATO e o poderio militar deste país nórdico:

- A cooperação da Finlândia com a NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte) começou formalmente em 1994, quando aquele país nórdico aderiu ao programa Parceria para a Paz, aprofundando-se, três anos mais tarde, com a participação no fórum multilateral do Conselho de Parceira do Euro-Altântico.

- Em 1996, a Finlândia participou pela primeira vez numa operação militar liderada pela NATO, contribuindo para um batalhão de manutenção da paz na Bósnia Herzegovina.

- Nos últimos anos, a Finlândia tem participado regularmente em operações militares com países da União Europeia (UE), bem como em iniciativas de programas internacionais de Força Aérea, incluindo o programa Strategic Airlift Capability e o Strategic Airlift Internacional Solution.

- A partir de 2002, os soldados finlandeses colaboraram com as forças da NATO no Afeganistão.

- Neste momento, a Finlândia é um dos seis países que participam na iniciativa Parceria de Interoperacionalidade da NATO, participando em várias operações conjuntas de manutenção de paz.

- A Finlândia tem um exército regular de 280.000 soldados, aptos para combate, para além de 600.000 reservistas, num território que tem apenas 5,5 milhões de habitantes; o exército profissionalizado conta com 13.000 soldados.

- O Exército finlandês conta com três brigadas de resposta rápida; duas brigadas e um batalhão Jaeger (forças especiais); dois grupos de batalha mecanizados; seis brigadas de infantaria; 14 batalhões independentes; 28 forças territoriais.

- A Marinha finlandesa conta com dois grupos de frota de batalha; três grupos de batalha costeira; um grupo de batalha Jaeger (forças especiais).

- A Força Aérea finlandesa inclui três esquadrões de batalha e quatro bases operacionais.

- Após a invasão russa da Ucrânia, o Governo finlandês decidiu aumentar em dois mil milhões de euros o seu orçamento para Defesa, que era até agora de 2,8 mil milhões de euros.

- Este aumento orçamental vai permitir às Forças Armadas da Finlândia um reforço de 1,74 mil milhões de euros em material militar, incluindo armas, bem como 163 milhões de euros em equipamento de vigilância aérea.

- Neste momento, a Finlândia dispõe de um arsenal militar que inclui 239 tanques de guerra, 60 mísseis ar-terra, 2.685 lança mísseis antitanque e 62 aviões de caça, para além de cerca de 400.000 armas de assalto.

Leia Também: A relação política e militar da 'neutral' Suécia com a NATO

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório