Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
35º
MIN 21º MÁX 37º

Portugal 4.º do mundo e 3.º da UE com mais novos contágios diários

Portugal passou esta semana para o terceiro da União Europeia com mais novos casos diários de contágio com SARS-CoV-2 e de quinto para quarto no mundo, segundo o 'site' estatístico Our World in Data.

Portugal 4.º do mundo e 3.º da UE com mais novos contágios diários
Notícias ao Minuto

12:06 - 31/01/22 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com os dados atualizados à data de hoje, o estado-membro com maior média de novos contágios por milhão de habitantes a sete dias é a Dinamarca, com 7.760, seguida da Eslovénia (6.790) enquanto Portugal está com uma média de 5.480 casos, quando na segunda-feira passada estava com 4.730.

A nível mundial neste indicador, e considerando apenas os países e territórios com mais de um milhão de habitantes, no topo da lista encontra-se Israel, com uma média diária de 9.500 novos casos, seguido da Dinamarca, Eslovénia e Portugal.

A média europeia neste indicador subiu esta semana de de 2.570 para 2.810, enquanto a mundial baixou de 417 para 416.

Quanto à média de mortes diárias atribuídas à covid-19, subiu esta semana em Portugal de 3,7 para 04, ligeiramente acima da média europeia, que esta semana subiu de 3,7 para 3,9.

O estado-membro com maior média de mortes diárias a sete dias é a Croácia, com 12,9, seguida da Bulgária, com 10,2, seguida da Grécia (10,1).

A média europeia neste indicador está em 3,9 e a mundial em 1,1.

Bósnia-Herzegovina (14,2), Croácia, Bulgária, Grécia e Geórgia (8,7) são os países com mais de um milhão de habitantes que apresentam as maiores médias de mortes diárias atribuídas à covid-19 a nível mundial nos últimos sete dias. A covid-19 provocou mais de 5,65 milhões de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 19.856 pessoas e foram contabilizados 2.611.886 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A nova variante Ómicron, classificada como preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral e, desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta em novembro, tornou-se dominante em vários países, incluindo em Portugal.

Leia Também: AO MINUTO: Task force quer "estrutura permanente"; Protestos continuam

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório