Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º

AO MINUTO: Infarmed investiga reação adversa; Paxlovid aprovado no Canadá

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Infarmed investiga reação adversa; Paxlovid aprovado no Canadá
Notícias ao Minuto

08:13 - 17/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

No início desta segunda-feira, acordamos com a notícia de que três hospitais no distrito de Aveiro suspenderem as visitas aos doentes internados devido à pandemia de Covid-19 e à vaga protagonizada pela variante Ómicron.

Lá fora, o Brasil registou mais 24 mil casos e atingiu a sombria marca dos 23 milhões de casos de Covid-19. Segundo uma sondagem do Instituto DataFolha, a maioria dos brasileiros atribui culpas a Bolsonaro pelas dificuldades em vacinar as crianças.

Já na Grécia foram tomadas medidas severas para quem optar por não se vacinar. Os gregos com mais de 60 anos vão ser obrigados a pagar uma multa de 50 euros por não estarem vacinados contra a Covid-19, multa essa que sobe para 100 euros a partir de fevereiro.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Boa noite! O acompanhamento AO MINUTO termina aqui, mas amanhã conte com um novo registo com todos os detalhes e desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no Mundo.  Já sabe, em caso de sintomas, isole-se, contacte a autoridade de saúde e siga as recomendações dadas. 

00h00 - Há mais de um ano que não havia tantos internamentos por Covid-19 em França

França registou esta terça-feira 102.144 casos de Covid-19 e 298 vítimas mortais, revelou o Ministério da Saúde francês. Apesar de o número de infeções ter baixado - a média semanal é de 300 mil casos - os internamentos continuam a subir

23h31Polónia enfrenta a quinta vaga da pandemia 

O ministro da Saúde da Polónia, Adam Niedzielski, revelou esta segunda-feira que o país está a enfrentar a quinta vaga da pandemia de Covid-19 e alertou para o aumento de casos, que nos próximos dias podem atingir números máximos.

“Já estamos na quinta vaga da pandemia. Prevemos que o pico de infeções seja atingido em meados de fevereiro e que esse pico seja de 60 mil casos diários”, afirmou em conferência de imprensa. 

Hoje foram contabilizados 10.445 casos de infeção no país, aumentando o total para 4.323.482. Desde o início da pandemia, morreram ainda 102.309 pessoas.

23h00 - Brasil com mais 74.134 casos de Covid-19 e 121 mortes

O Brasil registou esta segunda-feira 74.134 casos de Covid-19 e 121 mortes, segundo dados disponibilizados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Em relação à véspera, regista-se um aumento de infeções (29.934) e de óbitos (74).

22h30 - Canadá aprova comprimido antiviral da Pfizer

O Ministério da Saúde do Canadá aprovou esta segunda-feira o medicamento antiviral contra a Covid-19 da farmacêutica Pfizer. Comercializado sob o nome Paxlovid, o comprimido mostrou uma eficácia de quase 90% na prevenção de hospitalizações e mortes em pacientes de alto risco.

22h14 - Madeira regista uma morte e 2.071 novos casos nas últimas 24 horas

A Madeira registou 2.071 novos casos de covid-19 e uma morte associada à doença nas últimas 24 horas, anunciou hoje a Direção Regional da Saúde (DRS), indicando que o arquipélago tem atualmente 14.006 casos ativos.

21h52 - Infarmed confirma notificação de suspeita de reação adversa de criança

O Infarmed confirmou que recebeu hoje notificação de suspeita de reação adversa no caso da morte de uma criança com teste positivo para SARS-CoV-2 no domingo no Hospital de Santa Maria.

21h44 - Dois tripulantes da Cathay detidos por violação das regras sanitárias

A polícia de Hong Kong deteve e acusou dois membros da tripulação da companhia aérea Cathay Pacific por violarem os regulamentos sanitários depois de uma investigação ter relacionado a violação da quarentena ao aparecimento da variante Ómicron no território.

20h40 - Brasil. Mulher condenada por burlar sistema para tomar dose de reforço

Uma veterinária brasileira foi condenada pela Justiça de São Paulo a pagar uma indemnização de 50 mil reais, cerca de oito mil euros, ao município de Guarulhos por danos morais. Em causa, revela a imprensa brasileira, está o facto de a mulher ter burlado o sistema de saúde para tomar a terceira dose da vacina contra a Covid-19.

20h30 - Presidente do México regressa às funções após segunda infeção por Covid-19

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, marcou presença esta segunda-feira na habitual conferência de imprensa no Palácio Nacional. Sublinhe-se que foi a primeira aparição pública do chefe de Estado mexicano após ter contraído Covid-19 pela segunda vez.

“Saímos do contágio, correu tudo bem. Nota-se que esta variante [Ómicron] não tem a mesma gravidade que a anterior, a variante Delta, em termos de sintomas e do tempo de recuperação também”, afirmou.

López Obrador salientou a importância do devido “cuidado para evitar o contágio” por se tratar de “uma variante muito contagiosa”. 

“Os contágios no país estão a aumentar muito, mas as hospitalizações não e, mais importante, não há aumento de mortes, isso é muito importante”, frisou, acrescentando que a vacinação “também ajuda muito”.

19h25 - Guiné-Bissau regista mais 321 casos e três mortes na última semana

A Guiné-Bissau registou na última semana mais 321 casos, mais três mortes e mais internamentos devido à doença provocada pelo novo coronavírus, segundo os dados hoje divulgados pelo Alto-Comissariado para a Covid-19.

18h52 - Espanha contabiliza mais 331 mil casos de Covid-19 desde sexta-feira

Espanha registou 331.467 casos de Covid-19 e 234 mortes desde sexta-feira, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Saúde espanhol. Registou-se um aumento em relação à semana passada, quando foram contabilizados 292.394 e 202 óbitos após o fim de semana.

17h56 - Número de casos diários desce em Itália, mas mortes aumentam

Itália registou esta segunda-feira 83.403 casos de Covid-19 e 287 mortes, segundo o Ministério da Saúde italiano. Regista-se uma diminuição do número de infeções depois de no sábado e no domingo terem sido ultrapassados os 100 mil casos diários. Já no que diz respeito ao número de mortes, há um aumento: mais 39 do que ontem.

17h53 - “Situação deste ano é bem diferente da do ano passado”

O coordenador de enfermeiros Covid do Hospital de Santa Maria, Nuno Carreira, afirmou, em entrevista à SIC Notícias, que “a situação  [epidemiológica] deste ano é bem diferente da do ano passado”.

Referindo que no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, estão 99 doentes internados com Covid-19, uma diminuição face aos cerca de 250 a 300 registados no ano passado, o responsável sublinhou que também a pressão nas Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) é “muito diferente”, havendo um terço dos internados do ano passado.

Sobre a morte de um menino de seis anos infetado com Covid-19, Nuno Carreira frisa que a situação ainda está a ser analisada. 

17h25 - Mais de 2.300 passageiros e 41 companhias multados nas fronteiras áreas

Mais de 2.300 passageiros foram multados, entre 01 de dezembro e 16 de janeiro, por tentarem entrar em Portugal pelas fronteiras aéreas sem teste negativo ao SARS-CoV-2, indicou hoje o Ministério da Administração Interna (MAI).

17h15 - Mais de 70 mil pessoas receberam dose de reforço nas últimas 24 horas

Portugal já administrou 3.853.422 doses de reforço da vacina contra a Covid-19, 70.799 das quais no domingo, segundo os dados revelados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) no relatório de vacinação diário desta segunda-feira.

Completaram ainda o esquema vacinal mais 1.446 pessoas. Há, atualmente, 8.759.487 pessoas totalmente vacinadas contra a Covid-19.

O relatório revela ainda que 4.545 pessoas foram vacinadas contra a gripe, aumentando o total para 2.516.734.

Em Portugal, há 300.908 crianças entre os cinco e os 11 anos vacinadas contra a Covid-19, 77 das quais foram inoculadas nas últimas 24 horas. 

16h59 - Menino de 6 anos infetado com Covid-19 morre no Hospital de Santa Maria

Um menino de seis anos, infetado com Covid-19, morreu este domingo no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), confirmou hoje a unidade de saúde.

16h58 - Tiago Sá testa positivo à Covid-19 e falha jogo com o Sporting

O Sporting de Braga informou esta segunda-feira que o guarda-redes Tiago Sá é o mais recente jogador do plantel infetado com Covid-19

16h54 - Reino Unido regista mais de 84 mil casos de Covid-19 e 85 óbitos

Reino Unido registou esta segunda-feira  84.429 casos do novo coronavírus e 85 mortes, de acordo com o Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico. Em relação a ontem, há um aumento do número de infeções (75.031), mas uma diminuição de vítimas mortais (91).

16h44 - Pfizer investe 520 milhões de euros em França para combater a Covid-19

O diretor-executivo da Pfizer, Albert Bourla, anunciou esta segunda-feira um investimento de 520 milhões de euros em França nos próximos cinco anos para combater a Covid-19. O objetivo é aumentar a produção do comprimido Paxlovid, que nos ensaios clínicos mostrou uma eficácia de quase 90% na prevenção de hospitalizações e mortes em pacientes de alto risco.

16h38 - Pessoas com 40 ou mais anos já podem agendar dose de reforço

Quem tem mais de 40 anos pode, a partir desta segunda-feira, agendar a sua dose de reforço da vacina contra a Covid-19, foi hoje anunciado. Recorde-se que poderá realizar o autoagendamento no site do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

15h57 - Linha SNS24 terá triagem online para infetados sem sintomas

A linha SNS24 vai ter um processo de triagem online para os infetados sem sintomas que não precisem de ser acompanhados por médicos. Segundo confirmou fonte dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde à Renascença, o sistema pretende aliviar a pressão na linha telefónica.

Na prática, o sistema consistirá num formulário, através do qual os infetados poderão obter documentos de baixa por isolamento ou doença, e deve ficar implementado esta semana.

15h53 - Brasil prossegue com a vacinação de crianças

O país começa a acelerar o processo de imunização dos mais jovens, numa altura em que mais de metade da população vê o presidente brasileiro como um obstáculo ao mesmo.

No Brasil, crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 11 anos começaram a ser vacinadas contra a Covid-19 no passado sábado, dia 15 de janeiro. 

15h52 - Israel reduz período de isolamento de sete para cinco dias

Israel irá reduzir o período de isolamento de sete para cinco dias para infetados com o vírus SARS-CoV-2. A medida, aprovada esta segunda-feira pelo primeiro-ministro, Naftali Bennett, e pelo ministro da Saúde, Nitzan Horowitz, aplicar-se-á a infetados que apresentem dois testes negativos e não tenham sintomas da doença, revela a agência de notícias Reuters.

15h33 - Virologista prevê "explosão de casos" menos grave a cada inverno

Peter Piot, o virologista conselheiro sobre o novo coronavírus da presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, revelou que estamos numa nova fase da pandemia e que continuará a haver uma "explosão de casos" de Covid-19 todos os invernos, mas que serão cada vez menos preocupantes. 

De acordo com Piot, que também foi um dos cientistas que descobriu o vírus ébola em 1976, está na altura de alterarmos a abordagem à pandemia. 

15h30 - Vacina da Moderna contra Ómicron está "a ser concluída", diz CEO

A vacina da Moderna, que está a ser desenvolvida especificamente para combater a variante Ómicron, vai entrar nos ensaios clínicos nas próximas semanas, anunciou esta segunda-feira o CEO da empresa de biotecnologia.

Durante o Fórum Económico Internacional de Davos (que este ano se realiza apenas em formato online), Stéphane Bancel disse que a vacina "está a ser concluída".

Além da proteção extra contra a variante Ómicron, a empresa também está à procura de uma vacina única que combata, simultaneamente, a Covid-19 e a gripe sazonal. Segundo Bancel, esta vacina poderá estar disponível no outono de 2023.

15h20 - Portugal aproxima-se dos 2 mil internamentos

O país regista esta segunda-feira mais 21.917 casos de Covid-19 e 31 mortes pela doença. Segundo os dados da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou 1.906.891 casos e 19.334 óbitos desde o início da pandemia.

Há mais 125 internamentos por Covid-19, uma subida acentuada que aproxima o número de internados dos 2000 - há 1938 internados. Nos cuidados intensivos, há mais seis pessoas internadas (174 no total).

O índice de transmissibilidade (Rt) voltou a descer, de 1,19 na sexta-feira para 1,13 esta segunda-feira. Por outro lado, a taxa de incidência volta a aumentar, de 3813,6 casos por 100 mil habitantes a nível nacional, para 3840.

Dos 31 óbitos registados desde domingo, 17 foram na região de Lisboa e Vale do Tejo, seis no Norte, três no Centro, três no Algarve, um no Alentejo e um na Madeira.

15h15 - Jogos Olímpicos de Inverno Pequim'2022 só para espectadores convidados

O Comité Olímpico Internacional (COI) anunciou hoje que só vão ser autorizados grupos específicos de espetadores nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim2022, cancelando a venda ao público de bilhetes devido à atual situação pandémica de Covid-19.

14h50 - Ursula von der Leyen falha eleição de novo presidente do Parlamento Europeu

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, vai falhar o próximo plenário do Parlamento Europeu em Estrasburgo, que irá eleger o novo presidente do organismo depois da morte de David Sassoli.

Numa breve mensagem no Twitter, von der Leyen anunciou que o seu motorista testou positivo à Covid-19 e, por prevenção, a alemã vai ficar isolada em Bruxelas.

14h40 - Imunidade contra a Ómicron só com vacina de reforço, revela estudo

Não há imunidade contra a variante Ómicron sem a administração de uma vacina mRNA, de acordo com um estudo realizado pelo Ragon Institute da MGH, MIT e Harvard, nos Estados Unidos, que analisou  as doses da vacina Moderna e Pfizer.

Os resultados do estudo, publicado na revista Cell, indicam que as doses administradas atualmente  nos Estados Unidos não são suficientes para a produção de anticorpos capazes de reconhecer e neutralizar a estirpe.  

14h28 - Madeira prepara-se para terminar com testagem massiva da população

A Madeira vai acabar com a testagem massiva semanal para Covid-19 quando o número diário de casos baixar para menos de 1.000, indicou hoje o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, referindo que será adotada uma "estratégia diferente".

14h20 - Vacinação de crianças nos Açores arranca na quarta-feira

A vacinação contra a Covid-19 de crianças entre os cinco e os 11 anos nos Açores arranca na quarta-feira, funcionando nas ilhas de São Miguel e Terceira em regime de casa aberta e nas restantes ilhas por agendamento.

14h09 - Ministro dos Negócios Estrangeiros irlandês ordena inquérito a festas

As festas em Downing Street estão a ter impacto perto do Reino Unido. O ministro dos Negócios Estrangeiros da República da Irlanda, Simon Coveney, ordenou um inquérito a uma festa no seu ministério, realizada em junho de 2020.

Segundo o jornal irlandês Independent, cerca de 20 pessoas do Governo irlandês juntaram-se numa 'festa de champanhe', sem respeitar as medidas de prevenção em vigor e sem máscaras. A investigação deverá ficar concluída até ao final do mês.

13h54 - Brasileiros acreditam que Bolsonaro dificulta vacinação de crianças

Seis em cada dez brasileiros disseram acreditar que o Presidente do país, Jair Bolsonaro, dificulta a vacinação de crianças contra a Covid-19, de acordo com uma sondagem do Instituto DataFolha publicada hoje.

O levantamento indicou que 58% dos brasileiros consideram que o líder brasileiro "age mais para atrapalhar do que para ajudar" na campanha de imunização contra a covid-19 das crianças de 5 a 11 anos.

13h13 - Surto com 28 infetados em estrutura da Cruz Vermelha em Elvas

Um surto de Covid-19 no Centro Humanitário da Cruz Vermelha de Elvas, no distrito de Portalegre, regista 28 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, entre utentes e funcionários, revelou hoje a diretora da instituição.

13h02 - Açores com 484 casos e 638 recuperações nas últimas 24 horas

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 484 novos casos de Covid-19, 638 recuperações e têm 43 pessoas internadas devido à infeção, segundo o boletim diário da Autoridade Regional de Saúde.

Dos 484 novos casos, 338 foram em São Miguel, 97 na Terceira, 19 no Pico, 12 em Santa Maria, nove em São Jorge, sete nas Flores, um na Graciosa e outro no Faial, resultantes de 1.839 análises.

12h45 - Grécia começa a multar maiores de 60 anos não vacinados

O primeiro-ministro grego, Kyriákos Mitsotákis, anunciou esta medida a 30 de novembro, em resultado do aumento dos contágios e da pressão hospitalar e a medida entra agora em vigor. Cerca de 300.000 gregos com mais de 60 anos vão ser obrigados a pagar uma multa de 50 euros por não estarem vacinados contra a Covid-19.

A partir de fevereiro, os 50 euros passam a 100 para os cidadãos acima dos 60 anos de idade que continuarem sem estar vacinados.

12h23 - Sete detidos por tentarem viajar com falsos testes à Covid-19

Sete pessoas foram detidas, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, por tentarem viajar com comprovativos falsos de teste à Covid-19, anunciou a Polícia Judiciária esta segunda-feira, em comunicado.

Os detidos são três mulheres e quatro homens, com idades compreendidas entre 26 e 36 anos, que pretendiam "apanhar um voo para outro país dentro do espaço europeu".

12h21 - OIT prevê que impacto das variantes atrase retoma do desemprego mundial

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) avisou, esta segunda-feira, que as várias variantes da Covid-19 que foram afetando o mundo fizeram aumentar de forma significativa o desemprego mundial, ainda que a economia e o mercado laboral tenham crescido ligeiramente em 2021.

12h16 - UE retira Canadá, Argentina e Austrália da lista de países 'seguros'

O Conselho da União Europeia retirou hoje Canadá, Argentina e Austrália da lista de países 'seguros' para os quais recomenda o gradual levantamento das restrições de viagens não essenciais para a Europa, após reavaliação da situação epidemiológica da Covid-19.

11h51 - Portugal é 4.º país da Europa e 6.º do mundo com mais casos diários

Portugal é o quarto país da União Europeia (UE) e sexto do mundo com mais novos casos diários de contágio com SARS-CoV-2 por milhão de habitantes nos últimos sete dias, segundo o 'site' estatístico Our World in Data.

De acordo com os dados atualizados à data de hoje, o estado-membro com maior média de novos contágios é França, com 4.370 por milhão de habitantes, seguida da Dinamarca (3.970) e Irlanda (3.590), enquanto Portugal está com uma média de 3.440 novos casos por milhão de habitantes nos últimos sete dias. 

11h30 - PAICV adia congresso para abril devido à pandemia em Cabo Verde

O Conselho Nacional do Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV, oposição) aprovou o adiamento da data do XVII congresso nacional de janeiro para abril, devido ao "inesperado agravamento da situação pandémica nacional", disse hoje fonte partidária.

11h00 - Compaixão e conexão social reduzem o risco de stress pós-traumático

A compaixão e a ligação aos outros reduzem o risco de desenvolvimento de stress pós-traumático no contexto da pandemia de Covid-19, revelou um estudo internacional liderado por uma investigadora da Universidade de Coimbra (UC), que foi divulgado esta segunda-feira. 

10h40 - E depois da Covid? Nove efeitos embaraçosos e raros que podem persistir

Os cientistas acreditam que a Covid-19 deixa um rasto de consequências, algumas insólitas, que se prolongam no tempo. Os efeitos a longo prazo não são os mesmos em todos e, para já, não se sabe se quando ou se alguma destas sequelas desaparecem por completo.

Para que não se perca na infinidade de estudos científicos sobre o tema, o jornal The Sun reuniu nove sequelas nos corpos e vidas de quem recuperou da doença. Estes efeitos podem manifestar-se durante semanas ou até meses depois da infeção - a chamada Covid persistente. Veja aqui.

10h10 - Governo francês retifica e não permite que Djokovic dispute Roland Garros

O governo francês avançou hoje que o sérvio Novak Djokovic, que foi expulso da Austrália e que já deixou o território, não poderá participar no torneio Roland Garros, na sequência da aprovação do projeto de lei que vai impor certificado de vacinação.

09h41 - Suspensas visitas nos hospitais de Aveiro, Águeda e Estarreja

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV) decidiu suspender as visitas a doentes internados nos Hospitais de Aveiro, Águeda e Estarreja devido à pandemia de Covid-19, foi hoje anunciado.

De acordo com uma deliberação da administração do CHBV, foram suspensas "até indicação em contrário" as visitas de familiares aos doentes internados, à exceção do Serviço de Obstetrícia.

09h34 - Apple exigirá dose de reforço da vacina aos trabalhadores

O The Verge está a avançar com a notícia de que a Apple exigirá que os trabalhadores (tanto de escritório como de lojas a retalho) tenham tomado a dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

08h55 - Bombeiros profissionais disponíveis para apoiar o ato eleitoral

Os bombeiros profissionais manifestaram-se hoje disponíveis para apoiar o ato eleitoral, transportando população ou levando as urnas ao domicílio, para garantir que todos exerçam o direito de voto nas eleições legislativas marcadas para o final do mês.

O Governo aguarda a resposta do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República (PGR) a um pedido de parecer sobre se o isolamento devido à Covid-19 impede que se exerça o direito de voto, ou se poderá ser suspenso para esse efeito.

08h25 - Teletrabalho só é recomendado. Quem pode continuar sem 'ok' da empresa?

O teletrabalho deixou de ser obrigatório no sábado, sendo que agora é apenas recomendado. Com as novas regras, o teletrabalho depende de um acordo entre a empresa e os funcionários, mas há casos em que este regime pode ser adotado sem acordo com a entidade empregadora.

08h11 - França aprova passe vacinal e limita vida social de não vacinados

O Parlamento francês aprovou este domingo em votação final o projeto de lei que introduz o passe vacinal, que o Governo quer pôr em vigor o mais rapidamente possível em face ao ressurgimento da epidemia de Covid-19.

A votação de hoje põe fim a duas semanas de um processo legislativo particularmente caótico, intervalado com episódios de tempestade política gerada pelo próprio Presidente, Emmanuel Macron, que chegou a afirmar publicamente que queria "chatear" e "lixar" os não vacinados.

07h55 - Austrália enfrenta falta de testes rápidos

O primeiro-ministro australiano revelou esta segunda-feira que o país está a ter dificuldades em repor o stock de testes rápidos de antigénio nas farmácias.

À medida que o número de internamentos aumenta com a progressão da variante Ómicron, as autoridades da concorrência da Austrália já avisaram para uma subida acentuada dos preços dos testes rápidos: há lojas e supermercados onde o preço destes testes aumentou para cerca de 44 euros.

07h40 - Inglaterra reduz período de isolamento para cinco dias

Entra esta segunda-feira em vigor a alteração ao período de isolamento para infetados com Covid-19 em Inglaterra. Até agora, o isolamento durava sete dias, mas a falta de trabalhadores essenciais em serviços públicos forçou o Governo a reduzir ainda mais a quarentena.

Segundo o The Guardian, as pessoas infetadas que apresentarem dois testes negativos consecutivos depois de cinco dias de infeção podem deixar o isolamento.

07h00 - Pequim aumenta medidas preventivas após detetar um caso da Ómicron

O primeiro caso de Covid-19 da variante Ómicron diagnosticado em Pequim levou a capital chinesa a intensificar as medidas de prevenção, nas vésperas de acolher os Jogos Olímpicos de Inverno.

06h08 - Horta-Osório demite-se do Credit Suisse após quebrar regras anti-Covid-19

O presidente do Credit Suisse Group, o português António Horta-Osório, demitiu-se depois de nove meses no cargo, após quebrar medidas de prevenção contra a covid-19 na Suíça e Reino Unido, informou hoje o banco.

Lamento que algumas das minhas ações pessoais tenham levado a dificuldades para o banco e comprometido a minha capacidade de representar o banco interna e externamente", disse Horta-Osório num comunicado citado pela agência Bloomberg.

07h30 - Bom dia! Damos início a um novo registo de acompanhamento AO MINUTO da pandemia de Covid-19. Pode recordar aqui o anterior.

Leia Também: Horta-Osório demite-se do Credit Suisse após quebrar regras anti-Covid-19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório