Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 29º

Virologista prevê "explosão de casos" menos grave a cada inverno

Peter Piot, conselheiro da presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, indica que pandemia está a entrar numa nova fase em que as campanhas de vacinação passarão a ser anuais.

Virologista prevê "explosão de casos" menos grave a cada inverno

Peter Piot, o virologista conselheiro sobre o novo coronavírus da presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, revelou que estamos numa nova fase da pandemia e que continuará a haver uma "explosão de casos" de Covid-19 todos os invernos, mas que serão cada vez menos preocupantes

De acordo com Piot, que também foi um dos cientistas que descobriu o vírus ébola em 1976, está na altura de alterarmos a abordagem à pandemia. 

De nacionalidade belga, o especialista revelou numa entrevista a um programa do canal belga RTL, que a pandemia já está numa "nova fase" com a chegada da variante Ómicron - inicialmente detetada em África do Sul - e instou a organizar "um debate" para preparar a sociedade e vidas da população a "conviver com a Covid de uma forma totalmente diferente da atual".

Piot explicou o porquê da necessidade de uma campanha de vacinação anual, à semelhança do que acontece atualmente com as vacinas da gripe. “Quando falamos que o vírus é endémico, ou seja, que estará em todos os lugares, mas com menos risco, acredito que a cada inverno haverá uma explosão de infeções. Inevitavelmente, terão que ser tomadas medidas, como uma vacinação anual”, indicou. 

Na primavera e verão, o especialista afirma que “haverão menos problemas relacionados com a Covid, desde que não existam (novas) variantes”, mas assume ser importante pensar no próximo inverno. Peter Pior anteviu ainda que até ao verão de 2022 “estaremos bastante calmos”.

Este virologista publicou mais de 600 artigos científicos e 17 livros, sendo também um “pioneiro” nas investigações sobre HIV e SIDA e saúde da mulher em relação às doenças infeciosas, especialmente em  África.

Risco de hospitalização ou morte reduz 25% com Ómicron

A infeção com a nova variante da covid-19 Ómicron causa uma doença menos grave e reduz em 25% o risco de hospitalização ou morte, em comparação com a Delta, revelou um estudo desenvolvido na África do Sul.

O trabalho realizado por cientistas sul-africanos aponta, ainda assim, que a gravidade dos casos com a nova variante é atenuada sobretudo devido às vacinas e infeções anteriores.

Leia Também: Imunidade contra a Ómicron só com vacina de reforço, revela estudo

  

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório