Meteorologia

  • 20 MAIO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 34º

África regista mais 696 mortes e 19.663 novos casos nas últimas 24 horas

África registou mais 696 mortes associadas covid-19 nas últimas 24 horas, o que eleva para 200.741 o total de óbitos causados pela pandemia neste continente, e mais 19.663 novos casos de infeção, segundo dados oficiais.

África regista mais 696 mortes e 19.663 novos casos nas últimas 24 horas
Notícias ao Minuto

11:28 - 08/09/21 por Lusa

Mundo Covid-19

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de casos no continente é de 7.946.662 e o de recuperados é de 7.177.892.

A África Austral mantém-se como a região mais afetada do continente, com 3.767.826 casos e 104,715 óbitos associados à covid-19. Nesta região, encontra-se o país mais atingido pela pandemia, a África do Sul, que contabiliza 2.829.435 casos e 83.899 mortes.

O Norte de África, que sucede à África Austral, atingindo hoje 2.411.500 infetados com o vírus SARS-CoV-2 e 64.671 mortes associadas à doença.

A África Oriental contabiliza 927.920 infeções e 19.117 mortos, enquanto a região da África Ocidental regista 617.310 casos de infeção e ultrapassou hoje as nove mil mortes passando para um total de 9.011 óbitos.

A África Central é a menos afetada pela pandemia com um total acumulado de 222.106 casos de infeção e 3.227 mortes.

A Tunísia é o segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, registando um total de 23.993 mortes e 678.363 infetados, seguindo-se o Egito, com 16.811 óbitos e 290.773 casos, e Marrocos, que contabiliza o segundo maior número de infeções em todo o continente, 889.532, mas menos mortes do que os dois países anteriores, 13.224 óbitos associados à doença.

Entre os países mais afetados estão também a Argélia, com 5.471 óbitos e 198.654 pessoas infetadas, o Quénia, com 4.800 mortes associadas à doença e 241.134 contágio,s e a Etiópia, com 4.804 vítimas mortais e 317,572 infeções.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique é o mais atingido, contabilizando 1.885 mortes associadas à doença e 148.444 casos acumulados desde o início da pandemia, seguindo-se Angola com 1.299 óbitos e 49.114 pessoas infetadas pela doença.

Já Cabo Verde regista 317 mortes e 36.086 infeções, a Guiné Equatorial 129 óbitos e 9.939 casos, a Guiné-Bissau 5.934 infetados e 122 mortes e São Tomé e Príncipe tem 38 óbitos e 2.697 infeções.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A covid-19 provocou pelo menos 4.574.225 mortes em todo o mundo, entre mais de 221,13 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru

Leia Também: AO MINUTO: DGS recomenda máscara nos recreios; Novo vírus mais mortal

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório