Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Internamentos 'disparam'. Reabrir? Discotecas "preparadas"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Internamentos 'disparam'. Reabrir? Discotecas "preparadas"

Portugal registou 3.009 novos casos de Covid-19 e mais dez mortes em 24 horas, de acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Em termos globais, são contabilizados 963.446 contágios, 17.330 óbitos e 894.555 recuperados.

O país está num momento de viragem da quarta vaga da pandemia e deve conhecer hoje um alívio de restrições nas decisões do Conselho de Ministros, após um mês de julho em que a vacinação atenuou o impacto.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

16h00 - Este registo chega ao fim, mas pode continuar a acompanhar-nos aqui.

15h52 - Mercadona (também) vai vender testes rápidos. A Mercadona anunciou que vai vender a partir de sexta-feira, dia 30 de julho, testes rápidos à Covid-19, depois de o Governo ter permitido que estes sejam comercializados nos supermercados. A marca espanhola adianta que cada um vai custar 2,10 euros. Os testes em questão são fabricados pela Genrui Biotech e vão poder ser adquiridos em todos os supermercados da Mercadona em Portugal.

14h46 - Escolas de Cabo Verde voltam à normalidade em setembro. Cabo Verde prevê o regresso à normalidade das escolas dos ensinos básico e secundário em setembro, com aulas e tempos letivos completos, garantindo o respeito pelas normas para evitar a propagação da covid-19, disse hoje fonte oficial. 

14h29 - Açores intensificam vacinação nas ilhas Terceira e São Miguel. Os Açores vão intensificar a vacinação contra a covid-19 nas ilhas Terceira e São Miguel a partir da próxima semana, alargado os horários e o número de inoculações diárias, anunciou hoje o secretário regional da Saúde.  

14h23 - Austrália poderá manter confinamentos mesmo com sua população vacinada. A Austrália, um dos países com menos casos do novo coronavírus no mundo, poderá manter a sua política de confinamentos rígidos mesmo quando tiver toda a população vacinada, disse hoje o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison.

14h15 - Açores com 73 novos casos positivos e uma morte. Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 73 novos casos positivos de covid-19, dos quais 43 em São Miguel, 29 na Terceira, um em São Jorge, registando-se um óbito, informa hoje a Autoridade de Saúde.

14h11 - AHRESP pede ao Governo pagamento do incentivo à atividade empresarial. A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) pediu ao Governo o pagamento das candidaturas aprovadas no âmbito da primeira fase do incentivo à normalização da atividade empresarial, notando que existem várias queixas sobre os atrasos.

14h03 - Mais 3.009 infetados e dez mortes no país. Internamentos voltam a subir. Acaba de ser divulgado o relatório epidemiológico da DGS e que indica que, nas últimas horas, o país reportou mais 3.009 contágios (1.156 na região de LVT e 1.032 na região Norte) e mais dez óbitos. 

  • Destaque para os internamentos. Há, neste momento, 954 doentes hospitalizados (mais 20 do que ontem), dos quais 208 em unidades de Cuidados Intensivos (mais oito). Quanto a recuperações, mais 2.868 pessoas foram declaradas curadas da doença nas últimas horas.

13h18 - Banguecoque instala hospital de campanha em aeroporto. As autoridades sanitárias da Tailândia vão instalar um hospital de campanha de grandes dimensões numa zona de mercadorias num aeroporto de Banguecoque, face ao aumento exponencial de casos de infeções e mortes por Covid-19 no país. 

13h01 - Faturas em PDF aceites até 31 de dezembro para efeitos fiscais. As empresas podem usar faturas em papel (PDF) por mais três meses, depois de o Governo adiar de 30 de setembro para 31 de dezembro a data para deixar de as considerar faturas eletrónicas, revela um despacho hoje divulgado.

12h37 - África precisa de 700 milhões de doses para 30% da vacinação este ano. A diretora regional para África da Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou hoje que o continente precisa de 700 milhões de doses da vacina contra a covid-19 para atingir a meta de 30% de cobertura até ao final do ano.

12h13 - Ronaldo e restantes companheiros da Juventus em isolamento. Hamza Rafia testou positivo à Covid-19 e todo o plantel da Juventus encontra-se agora em isolamento. Em comunicado, o clube de Turim, que já conta com Cristiano Ronaldo que regressou na segunda-feira, informou que o plantel principal dos bianconeri não pode agora ter contacto com pessoas do exterior.

12h09 - Israel autoriza vacinação de crianças entre 5 e 11 anos de grupo de risco. O ministério da Saúde israelita autorizou que as crianças com entre 5 e 11 anos que apresentem "riscos significativos de doenças graves ou de morte por uma infeção com o coronavírus" sejam vacinadas. Segundo as autoridades de saúde a vacinação decorrerá a partir de 1 de agosto.

11h58 - Pandemia já matou pelo menos 4,19 milhões de pessoas no mundo. A pandemia de covid-19 matou, até hoje, pelo menos 4.190.383 pessoas no mundo desde o final de dezembro de 2019, segundo um levantamento realizado pela agência de notícias francesa AFP com base em fontes oficiais. Mais de 195.893.120 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia.  

11h25 - "Se for decidido hoje que as discotecas poderão abrir, estão preparadas". O presidente da Associação Nacional de Bares e Discotecas defende que já há condições para a abertura de discotecas ao ar livre, pelo menos até às duas da manhã. Em declarações à RTP3, José Gouveia disse esperar que, no Conselho de Ministros de hoje, seja dada luz verde à reabertura das discotecas ao ar livre e que seja determinado o apoio financeiro para as discotecas 'indoor'.

11h15 - Transportes recebem reforço extraordinário de 30 milhões de euros. O Governo vai dar um reforço extraordinário de 30 milhões de euros aos serviços públicos de transporte de passageiros para os compensar do "cenário severo" causado pela pandémia no primeiro trimestre, segundo um despacho publicado em Diário da República.

10h39 - Tóquio regista recorde de 3.865 novos casos num dia. Tóquio registou 3.865 casos do coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, um novo recorde pelo terceiro dia consecutivo e praticamente o dobro em relação à semana anterior, quando decorrem na capital japonesa os Jogos Olímpicos.

10h14 - África com perto de um milhar de mortos nas últimas 24 horas. África registou nas últimas 24 horas quase um milhar de mortos (949) associados à covid-19, acrescentando 43.852 novos casos, num total de 6.587.734 infetados desde o início da pandemia, segundo os mais recentes dados oficiais.

10h02 - Figueira de Castelo Rodrigo disponibiliza testes a emigrantes. O município de Figueira de Castelo Rodrigo, no distrito da Guarda, está a disponibilizar testes gratuitos à covid-19 aos emigrantes e aos visitantes do concelho, disse hoje à agência Lusa o seu presidente.

09h51 - Comparticipação de testes à Covid-19 vai manter-se até ao final de agosto. O Governo vai manter a comparticipação dos testes rápidos de antigénio (TRAg) de uso profissional à Covid-19, pelo menos, até ao final de agosto, de acordo com uma portaria publicada, esta quinta-feira, em Diário da República. Quando foi criada esta medida a previsão era que estivesse em vigor até ao dia 31 de julho, mas o Governo já admitia uma "eventual prorrogação", à semelhança do diploma agora publicado. 

09h49 - Netflix. Atores e membros de produção terão de ser vacinados nos EUA. Depois da Google e o Facebook também a empresa responsável pelo serviço de streaming exigirá que todas as pessoas envolvidas nas suas produções nos EUA estejam vacinadas contra a Covid-19. De notar que esta medida diz respeito não só aos elencos de atores envolvidos como também aos elementos de produção que trabalhem diretamente com eles.

09h26 - Governo gastou mais em apoios Covid-19 em seis meses do que em 2020. O Governo gastou mais em apoios dirigidos às famílias e empresas, no âmbito da pandemia, nos primeiros seis meses deste ano do que no total de 2020, de acordo com os dados da execução orçamental, divulgados na segunda-feira. 

09h19 - AstraZeneca lucrou 1,17 mil milhões de dólares com vacinas. O laboratório farmacêutico AstraZeneca anunciou hoje que as vendas de vacinas contra o covid-19 atingiram os 1,17 mil milhões de dólares, cerca de 860 milhões de euros, em 2021. 

09h14 - Google e Facebook exigem vacina no regresso aos escritórios. Com os casos de Covid-19 a aumentarem nos EUA e a administração Biden a estudar voltar a implementar medidas de contenção da pandemia, as grandes tecnológicas estão a repensar os planos de regresso aos respetivos escritórios. A Google e o Facebook não querem correr riscos e já adiantaram que os trabalhadores terão de estar vacinados.

08h35 - China deteta 24 novos casos locais. A China anunciou hoje ter identificado 49 novos casos de covid-19, dos quais 24 por contágio local, a maioria na província de Jiangsu, no leste do país. Os outros quatro casos locais distribuíram-se entre a província de Sichuan (três) e Pequim (um), indicou a Comissão de Saúde da China.

07h54 - França restabelece urgência sanitária e reconfina regiões ultramarinas. França restabeleceu o estado de urgência sanitária na Guadalupe, Saint-Martin e Saint-Barthélemy, já a Martinica vai voltar a confinar durante três semanas para tentar travar o vírus.

07h50 - Alemanha com mais 3.520 casos e 10 mortes em 24 horas. A Alemanha registou, nas últimas 24 horas, mais 3.520 casos de Covid-19 e 10 mortes associadas à doença. Em termos acumulados, o país soma agora 3.769.608 casos e 91.702 mortes desde o início da pandemia.

07h34 - Blinken apoia investigação sobre origem do vírus em reunião com OMS. O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, demonstrou hoje apoio à investigação sobre a origem da pandemia na China, após reunir-se com o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, no Kuwait.  

07h29 - Marcelo confiante na situação do país. Vacinação avança "muitíssimo bem". O Presidente da República afirmou na quarta-feira à noite esperar que o Governo, a partir de hoje, abra caminho a "um discurso de transição da pandemia para o pós-pandemia", "um discurso pela positiva, da esperança". Marcelo Rebelo de Sousa declarou ter "uma visão favorável quanto à situação sanitária" em Portugal, considerando que "a vacinação tem avançado muitíssimo bem".

07h03 - Conselho de Ministros discute eventual atualização de medidas. O Conselho de Ministros reúne-se hoje para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a taxa de vacinação contra a covid-19.

07h00 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior através deste link.

Leia Também: AO MINUTO: Novo discurso "não pode ser o do medo", frisa Marcelo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório