Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2021
Tempo
26º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

"Se for decidido hoje que as discotecas poderão abrir, estão preparadas"

Presidente da Associação Nacional de Bares e Discotecas considera que as discotecas ao ar livre estão em condições de abrir já em agosto.

"Se for decidido hoje que as discotecas poderão abrir, estão preparadas"

O presidente da Associação Nacional de Bares e Discotecas defende que já há condições para a abertura de discotecas ao ar livre, pelo menos até às duas da manhã.

Em declarações à RTP3, José Gouveia disse esperar que, no Conselho de Ministros de hoje, seja dada luz verde à reabertura das discotecas ao ar livre e que seja determinado o apoio financeiro para as discotecas 'indoor'.

"As discotecas ao ar livre estão em condições de abrir já em agosto", garantiu. "Se hoje, no Conselho de Ministros, for decidido que as discotecas poderão abrir já neste fim de semana, estão preparadas para isso. É evidente que não vai haver grande programação nas mesmas, mas haverá certamente muita gente com vontade pelo menos até às duas da manhã."

O presidente da Associação Nacional de Bares e Discotecas defende uma extensão gradual dos horários, já que, frisa, "fechar às 23h00 ou meia-noite não faz qualquer sentido".

Sobre a eventual apresentação do certificado digital para aceder a estes espaços, José Gouveia considera que devem ser aplicadas as mesmas regras que aos restaurantes.

Neste caso, não seria necessário certificado para entrar em discotecas ao ar livre, até porque "não vai haver pista de dança, mas mesas", "as pessoas vão ter de cumprir o distanciamento" e o uso de máscara será exigido nos acessos comuns e nas idas à casa de banho.

O Conselho de Ministros reúne-se hoje para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a taxa de vacinação contra a Covid-19.

Após a 22.ª sessão sobre a evolução da Covid-19 em Portugal, no Infarmed, na quarta-feira, o primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Governo está a preparar os próximos passos no processo de abertura do país, procurando obter o máximo possível de informação científica sobre a evolução da pandemia antes de decidir.

Leia Também: Bares e discotecas na origem de focos de Covid-19 em França

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório