Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2021
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Mais de 1.200 migrantes expulsos de Argélia para o Níger em duas semanas

Mais de 1.200 migrantes da África Ocidental foram expulsos da Argélia para o Níger desde o anúncio da reabertura da fronteira terrestre entre os dois países, em 14 de julho, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Mais de 1.200 migrantes expulsos de Argélia para o Níger em duas semanas
Notícias ao Minuto

19:35 - 27/07/21 por Lusa

Mundo Organização Internacional para as Migrações

"Em 18 de julho, chegou da Argélia uma caravana oficial de 515 repatriados nigerinos. Em 16 de julho, 752 migrantes originários da África Ocidental chegaram a pé a Assamaka, cidade [nigerina] próxima da fronteira argelina", escreveu na segunda-feira o escritório da OIM no Níger na sua página na rede social Facebook.

"Após a sua perigosa e difícil viagem", os migrantes "receberam todos os bens não alimentares [kits de higiene, cobertores, tapetes] graças ao financiamento do Ministério do Interior italiano", acrescenta-se no texto, citado hoje pela agência France-Presse (AFP).

Segundo as Nações Unidas, a Argélia expulsou dezenas de milhares de migrantes e refugiados da África Ocidental e Central desde 2014.

Alguns destes tentam sobreviver na Argélia, mas outros procuram chegar à Europa.

As organizações não-governamentais (ONG) argelinas e internacionais acusam as autoridades de Argel de prenderem e deportarem arbitrária e coletivamente cidadãos da África subsaariana, deixando-os, por vezes, sem comida ou água no meio do deserto.

A Argélia, que não tem legislação sobre asilo, negou de forma regular estas acusações, dizendo tratar-se de uma "campanha maliciosa".

A reabertura da fronteira terrestre entre Argélia e Níger, encerrada por 16 meses devido à pandemia de covid-19, foi reaberta para facilitar o comércio bilateral, segundo o anunciado pelo Presidente argelino, Abdelamadjid Tebboune, durante uma visita ao homólogo nigerino, Mohamed Bazoum.

Leia Também: Quase mil mortes de migrantes no Mediterrâneo desde o início deste ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório