Meteorologia

  • 28 JUNHO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

AO MINUTO: Curso da GNR à distância; Milhares nas ruas contra Bolsonaro

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no mundo.

AO MINUTO: Curso da GNR à distância; Milhares nas ruas contra Bolsonaro
Notícias ao Minuto

08:09 - 03/07/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

Esta foi a primeira noite em que 45 cidades regressaram ao recolher entre as 23h e as 5h. A medida tinha sido anunciada na quinta-feira pelo executivo e aplica-se aos concelhos de risco elevado ou muito elevado. O recolher afeta quase quatro milhões de portugueses.

Portugal voltou a estar, na sexta-feira, acima dos dois mil casos diários. Foram diagnosticados cinco óbitos e 2.449 novos casos de infeção, sendo que mais de 1.300 contágios foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo. 

Com o Rt e a incidência a subir, o país pode mesmo atingir 240 casos por 100 mil habitantes dentro de 6 dias, como revelou ontem o relatório das linhas vermelhas da pandemia da Direção-Geral da Saúde e do Insa, que adiantou também que a variante delta já é responsável por 70% dos casos de Covid-19 em Portugal.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Boa noite! Este registo chegou ao fim, mas o acompanhamento será retomado na manhã deste sábado. Já sabe, acompanhe as comunicações das autoridades competentes e, caso tenha sintomas, contacte:

  • SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24
  • SNS24 da Madeira: 800 24 24 20
  • SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h14 - Brasil regista mais 1.635 mortes e 54.556 casos de Covid-19. O Brasil registou, nas últimas 24 horas, mais 1.635 mortes e 54.556 casos relacionados com o novo coronavírus. Os dados foram revelados esta sexta-feira pelas autoridades de Saúde. No total, foram contabilizados no país, desde o início da pandemia, 523.587 óbitos e 18.742.025 contágios

23h05 - Centenas de 'swingers' em festival de sexo em Inglaterra. Centenas de pessoas começaram a chegar esta sexta-feira ao Festival de sexo 'Swingathon', na localidade de Grantham, em Lincolnshire, Inglaterra. De acordo com a imprensa local, em plena pandemia, perto de 400 bilhetes, com um custo de 200 libras por casal (cerca de 230 euros), foram vendidos para o evento de quatro dias de 'swing' -  uma prática sexual em que casais trocam de parceiros.

22h37 - Utentes deslocados de centros provocaram filas para a vacinação em Lisboa. Dois dos maiores centros de vacinação contra a Covid-19 em Lisboa - Templo Hindu e Cidade Universitária - foram encerrados inesperadamente durante a tarde deste sábado, avança a RTP. De acordo com o canal da estação pública, cerca de 600 pessoas foram reencaminhadas para o centro reservado, até agora, como de atendimento livre e de porta aberta, ou seja, de administração de vacinas sem marcação de agendamento. 

22h15 - França com número mais baixo de hospitalizados desde outubro. O número de pessoas hospitalizadas com Covid-19 em França continuou hoje a descer, ficando abaixo das 8 mil, algo que não acontecia desde 10 de outubro. Nas últimas 24 horas, registaram-se 17 mortos, comparando com os 24 óbitos ocorridos no período homólogo anterior, o que elevou para 111.181 as mortes associadas à doença em França desde março de 2020.

21h22 - Curso da GNR com seis casos passa para ensino à distância. Os quase 300 guardas provisórios do 44.º Curso de Formação da GNR, em Portalegre, vão passar para o ensino à distância, depois de terem sido detetados seis casos de Covid-19, informou hoje a força de segurança. 

20h45 - Guiné-Bissau regista mais um caso. A Guiné-Bissau registou mais um caso de infeção pelo novo coronavírus, segundo dados hoje divulgados pelo Alto Comissariado para a Covid-19. Segundo o boletim diário, 12 pessoas estão internadas devido à doença.

19h58 - Madeira registou seis novos casos e tem 78 situações ativas. As autoridades da Madeira diagnosticaram seis novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, registando 78 situações ativas, e o Hospital do Funchal continua sem doentes internados nas unidades dedicadas à doença, foi hoje anunciado.

19h47 - Milhares de brasileiros manifestaram-se em todo o país contra Bolsonaro. Milhares de brasileiros manifestaram-se hoje em todo o país contra o Presidente Jair Bolsonaro, que está sob investigação desde sexta-feira por suspeita de não comunicar uma tentativa de suborno num contrato de compra de vacinas.

Notícias ao Minuto [Milhares de brasileiros contra Bolsonaro]© Getty Images

19h21 - Reino Unido reporta mais de 24.800 novos casos e 18 óbitos. O Ministério da Saúde britânico informou, este sábado, que, nas últimas 24 horas, foram registados 24.855 novos casos de Covid-19 e 18 vítimas mortais associadas à doença. Mais de 33,4 milhões de residentes encontram-se totalmente vacinado contra o novo vírus.

19h18 - Angola com 83 novas infeções e quatro mortes nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, o país registou casos positivos em Luanda, (41), Huambo (11), Benguela (9), Cunene (8), Huíla (5), Cuando Cubango (3), Cabinda (3), Bué (2) e Lunda Sul (1), com idades entre oito meses e 83 anos, sendo 47 do sexo masculino e 36 feminino.

18h10 - LVT e Algarve "são preocupantes, mas ainda não chegámos ao limite". Alexandre Valentim Lourenço, presidente do Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos, alertou que Lisboa e Vale do Tejo e o Algarve são, neste momento, as regiões mais afetadas pela pandemia e que são as zonas onde há uma menor percentagem de pessoas vacinadas contra o novo vírus. "Lisboa e Vale do Tejo e Algarve são preocupantes pelo número de casos, mas ainda não chegámos ao limite, e não queremos chegar", advertiu o responsável, em declarações à TVI24.

17h48 - Mais nove óbitos e 1.139 casos de infeção em Moçambique. Moçambique registou nove mortes devido ao novo coronavírus e 1.139 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

17h34 - Guterres lamenta falta de solidariedade mundial para combater vírus. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse hoje, em Lisboa, que "o que sobrou em capacidade científica faltou em solidariedade" na resposta ao vírus que pôs o mundo "de joelhos".

17h29 - Task-force quer vacinar 850 mil pessoas por semana. Face à rápida disseminação da nova Delta e considerando que se verificou uma disponibilidade acrescida de vacinas, a task-force anunciou, este sábado, que tomou a decisão de "efetuar um esforço de vacinação" contra a Covid-19.

"Dessa forma, conjugando a capacidade de agendamento central, a capacidade de agendamento local, o auto agendamento e a modalidade 'Casa aberta', estima-se que será possível vacinar cerca de 850 mil utentes por semana", revelou a task-force esta tarde, em comunicado. 

16h46 - Profissionais de saúde em Itália agem contra a obrigação de vacinação. Trezentos profissionais de saúde italianos intentaram uma ação judicial para que seja levantada a obrigação de serem vacinados contra a Covid-19, segundo a imprensa italiana.

16h24 - Itália regista mais 932 casos e 22 mortes. A Itália contabilizou, nas últimas horas, mais 932 casos e 22 mortes relacionadas com a Covid-19. No total, desde o início da pandemia, o país já somou 4.262.511 contágios e 127.637 óbitos.

15h21 - Instauradas 205 contra-ordenações a superfícies de distribuição alimentar. A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou nos últimos seis meses 205 processos de contra-ordenação a superfícies de distribuição alimentar, por incumprimento dos requisitos de higiene e das regras de prevenção da Covid-19.

14h55 - Portugal aproxima-se das 9 milhões de doses da vacina administradas. Já foram inoculadas 8.922.053 doses de vacinas contra a Covid-19 no país. Mais de cinco milhões e quinhentos mil são primeiras doses e 3.332.199 correspondem já a segundas tomas.

14h30 - O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA deixou alguns conselhos à população para a época de furacões que se avizinha e aconselhou a "receber uma vacina contra a Covid-19" assim que for possível. 

14h22 - Jerónimo de Sousa quer "outra urgência e outro ritmo" na vacinação. O secretário-geral do PCP defendeu hoje, na Guarda, que, na área da saúde, "a resposta falta com determinação e a amplitude que se impunha para garantir a saúde das populações e levar de vencida o combate à Covid-19".

14h05 - Há mais 2.605 casos e quatro mortes por Covid-19 em Portugal, indica o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral de Saúde (DGS), este sábado. O número de internados voltou a aumentar, quer em enfermaria quer em unidades de cuidados intensivos (UCI). Há 543 pessoas hospitalizadas com Covid-19 (mais 11 do que ontem) e 122 em UCI (mais quatro do que na véspera).

13h38 - Açores com 29 casos e 22 recuperações. Há a registar 22 recuperações e quatro internamentos, segundo o boletim diário da Autoridade Regional de Saúde.

13h08 - Grávidas podem vacinar-se a partir das 21 semanas de gestação. As grávidas com 16 ou mais anos podem ser vacinadas contra a Covid-19 a partir das 21 semanas de gestação, depois de fazerem a ecografia morfológica, e respeitando um intervalo de 14 dias de qualquer outra vacina.  

12h45 - Rede vendia certificados de vacinação na Dark Web. A polícia italiana desmantelou uma rede que vendia certificados de vacinação europeus falsos e frascos de vacinas contra a Covid-19 na Dark Web. O preço variava entre os cem e os 130 euros.

12h25 - Recolher obrigatório decorreu sem incidentes. De acordo com fontes da PSP e da GNR, o recolher obrigatório que entrou em vigor às 23h00 de sexta-feira em 45 concelhos do país de risco elevado e muito elevado devido à pandemia decorreu sem registo de qualquer incumprimento.

11h55 - Três casos positivos detetados no navio de cruzeiro MSC Grandiosa, que atracou neste sábado no porto de Barcelona, ​​testaram positivo para a Covid-19. Fontes do porto confirmaram à agência Efe que estes casos foram diagnosticados na sexta-feira, no quarto e último dos controlos a que estão sujeitos todos os passageiros.

11h14 - Irão teme uma quinta vaga ligada à variante Delta. O Presidente do Irão, Hassan Rouhani, apelou aos cidadãos para cumprirem integralmente as instruções sanitárias.

10h45 - A Austrália do Sul registou um novo caso de Covid-19. Trata-se de um jovem na casa dos 20 anos que tinha regressado do estrangeiro e, no final da quarentena, verificou-se que estava positivo. 

10h35 - Rússia regista recorde diário de mortes pelo quinto dia consecutivo. A Rússia registou 697 mortes associadas à Covid-19 nas últimas 24 horas, um recorde que se regista pelo quinto dia consecutivo no país, duramente atingido pela variante Delta, foi hoje anunciado.

10h04 - Vacina indiana Covaxin oferece 77,8% de eficácia, assegurou o laboratório indiano Bharat Biotech. A vacina foi desenvolvida em conjunto com o Conselho Indiano de Investigação Médica (ICMR) e demonstrou uma eficácia média de 77,8%, após os resultados finais do estudo clínico.

09h55 - Duas mulheres detidas em Albufeira por violarem confinamento obrigatório. Duas mulheres de 30 e 33 anos foram detidas na sexta-feira pela GNR por violarem o confinamento obrigatório a que estavam sujeitas, no âmbito da pandemia da Covid-19, no concelho de Albufeira, foi hoje anunciado.

08h30 - Farmácias venderam mais de um milhão de testes rápidos. Mais de um milhão de testes rápidos de antigénio para deteção do SARS-CoV-2 já foram vendidos nas farmácias, sendo a maioria autotestes, segundo dados da Associação Nacional das Farmácias (ANF) avançados hoje à agência Lusa.

07h55 - A Alemanha registou 671 novos casos de Covid-19 e 16 mortes relacionadas com a doença nas últimas 24 horas, de acordo com os dados atualizados do Instituto Robert Koch.

07h50 - Infarmed registou quase 8.500 suspeitas de reações adversas às vacinas, entre as quais 55 casos de morte em idosos. Destas, 3.290 (39%) foram classificadas como "graves" e 5.180 (61%) como "não graves".

07h48 - Norte e LVT concentram 80% dos casos desde o início do ano. Portugal continental regista, desde o início do ano, mais de 868 mil casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, com o Norte e Lisboa e Vale do Tejo a concentrarem quase 80% desse total.

07h37 - Indonésia sob confinamento parcial até dia 20, devido à expansão da variante Delta. A medida vai afetar especialmente as ilhas de Java, onde vivem mais de 50% dos 270 milhões de habitantes do país, e a estância turística de Bali.

07h30 - A Tailândia registou 61 óbitos e 6.087 casos de Covid-19 na sexta-feira, um aumento pelo segundo dia consecutivo, disseram as autoridades de Saúde.

07h25 - O México registou 5.879 casos e 177 mortos por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 233.425, disse na sexta-feira o Ministério da Saúde.

07h20 - A China detetou 23 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, todos oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país.

07h15 - Prefeituras brasileiras negam vacinas aplicadas fora do prazo. Várias prefeituras brasileiras negaram na sexta-feira terem aplicado vacinas contra a Covid-19 fora do prazo de validade, alegando tratar-se de falhas na inclusão de dados no sistema informático do Sistema Único de Saúde (SUS).

07h10 - Bom dia! Iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Recolher? "Com pedagogia"; Doses fora no prazo dadas no Brasil

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório