Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

AO MINUTO: Incidência, R(t) e internamentos voltam a aumentar em Portugal

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Incidência, R(t) e internamentos voltam a aumentar em Portugal

A partir das 15h00 desta sexta-feira está proibida a circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa (AML) aos fins de semana, devido à subida dos casos de Covid-19 na região. 

As restrições de circulação, anunciadas ontem pelo Governo,  aplicam-se aos 18 municípios da AML e estendem-se até às 6h00 da manhã de segunda-feira. Mas, há 18 exceções, como por exemplo deslocações para desempenho de funções profissionais ou deslocações de menores e os seus acompanhantes para estabelecimentos escolares, creches e atividades de tempos livres.

Quanto ao processo de vacinação no país, a Direção Geral da Saúde (DGS) revelou que em dois milhões de pessoas com esquema vacinal completo há mais de 14 dias em Portugal, 1.231 contraíram a infeção por SARS-CoV-2, 43 foram internadas e cinco morreram. Relativamente ao ritmo da vacinação, a autoridade destacou que Portugal tem feito um "excelente caminho" e, ainda durante o dia de ontem, anunciou que o intervalo entre as tomas da vacina da AstraZeneca foi reduzido.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

16h00 - Este registo terminou. Continue acompanhar aqui os principais desenvolvimentos, desta sexta-feira, sobre a pandemia em Portugal e no resto do Mundo. 

15h56 - Primeira campanha da sociedade civil de Macau apela à vacinação. Um conjunto de personalidades da sociedade civil de Macau associou-se à campanha de apelo à vacinação contra a Covid-19 lançada hoje pela plataforma digital de notícias e em inglês The Macao News.

15h50 - Teletrabalho e direito a desligar em 7 das 169 convenções coletivas. O teletrabalho e o direito a desligar estão previstos em apenas sete das 169 convenções coletivas publicadas em 2020, ano em que o trabalho à distância foi massificado devido à pandemia, segundo um relatório publicado hoje.

15h46 - Um terço dos casos no Algarve são estrangeiros residentes ou de férias. Um terço dos casos de Covid-19 no Algarve são de estrangeiros, na sua maioria turistas, disse hoje a delegada de Saúde regional, pedindo que a fórmula de cálculo da taxa de incidência seja revista.

15h41 - OMS alerta para aumento de infeções e mortes em África. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou hoje para o aumento de infeções e mortes por covid-19 em África, onde apenas 1% da população está vacinada. Segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, que falava na videoconferência de imprensa regular sobre a evolução da pandemia, os casos de infeção aumentaram em África 52% na semana passada e as mortes 32%.

15h39 - Presidente português elogia coragem de emigrantes portugueses nos EUA. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou hoje, em Nova Iorque, a coragem das comunidades portuguesas nos Estados Unidos durante a pandemia de covid-19 e as ajudas preciosas que prestaram às famílias em Portugal.

15h34 - Pandemia impediu realização de quase 3 mil julgamentos na região Norte. As perturbações causadas pela pandemia de Covid-19 "motivaram que não se realizassem quase três mil julgamentos em 2020" na área da Procuradoria-Geral Regional do Porto (PGR-P), revela o relatório anual deste organismo divulgado hoje.

15h31 - Há 40 concelhos acima do limite. Lisboa com incidência de 306 casos. Há 40 concelhos com mais de 120 novos casos da Covid-19 por 100 mil habitantes, o limite de incidência estabelecido pelo Governo como máximo a aplicar a nível nacional. O concelho de Lisboa conta já com uma incidência de 306 casos por 100 mil habitantes. Os dados constam do boletim epidemiológico desta sexta-feira.

15h24 - Marcha do orgulho LGBTI+ mantém evento. A marcha do orgulho LGBTI+ volta à rua em Lisboa, no sábado, após um ano de interregno devido à pandemia de Covid-19. "Depois da articulação com todas as entidades competentes, e depois de apresentados vários argumentos e diferentes posicionamentos por várias entidades, a Comissão Organizadora deliberou em reunião manter a realização da mesma", informou esta tarde a ILGA, em comunicado. 

A Comissão organizadora decidiu que, ainda assim, irá "diminuir a sua representação formal, nomeadamente reduzindo largamente o número de materiais, não portando o bandeirão ao longo do percurso e abdicando do discurso final". 

15h19 - Algarve. Restrições desmotivam e têm efeito depressivo no turismo. As limitações de circulação impostas à Área Metropolitana de Lisboa devido à pandemia de Covid, terão um efeito depressivo no turismo, ao desmotivar quem planeava passar uns dias no Algarve, disse o presidente da associação de hoteleiros algarvios.

15h09 - Mais 100 mil candidaturas ao programa Apoiar já aprovadas. O secretário de Estado Adjunto e da Economia anunciou hoje que já foram aprovadas mais de 100 mil candidaturas no âmbito do programa Apoiar, que visa ajudar as empresas dos setores mais afetados pela pandemia da Covid-19.

14h53 - Portugal regista mais 4 óbitos e perto de 1.300 novos casos. Portugal reportou, nas últimas 24, mais 1.298 infetados por Covid-19 e quatro vítimas mortais associadas à doença, informou esta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS).

A incidência do novo vírus voltou a aumentar, encontrando-se, neste momento, a nível nacional e no continente, a 100,2 casos de infeção por 100 mil habitantes. O R(t) também subiu para 1,14, a nível nacional, e 1,15, no continente. No que diz respeito aos internamentos, a tendência é a mesma, havendo hoje mais 27 pessoas hospitalizadas no país, mais 6 nos cuidados intensivos. 

14h42 - Temos de "evitar a todo o custo" ficar no vermelho no ECDC. O primeiro-ministro, António Costa, considerou hoje "fundamental" conter o aumento de casos de Covid-19 na região de Lisboa e evitar a sua propagação ao resto do país, para que Portugal não caia no "vermelho" em pleno verão.

Segundo o chefe de Governo, que falava aos jornalistas na cidade belga de Bruges, há que "reverter rapidamente a situação" e delimitá-la à região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se registam atualmente cerca de dois terços dos novos casos positivos, de modo a que Portugal não fique no vermelho na tabela do Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC), aquela que os turistas consultam ao planear as suas férias.

14h31 - OMS lamenta resultados de eficácia da vacina da CureVac. A Organização Mundial de Saúde (OMS) lamentou, esta sexta-feira, a fraca eficácia da vacina da CureVac (47%), na sequência da divulgação dos resultados dos testes preliminares da vacina. “Foi dececionante ver os resultados da CureVac", afirmou Soumya Swaminathan, cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde, em conferência de imprensa. 

14h27 - Açores com 30 novos casos positivos. Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 30 novos casos positivos de Covid-19, sendo um em São Jorge, cinco no Faial e 24 em São Miguel, após 2.417 análises realizadas nos laboratórios de referência da Região.

14h20 - PCP em frontal oposição às medidas restritivas na AML.  O PCP manifestou-se hoje frontalmente contra as medidas restritivas aplicadas pelo Governo na Área Metropolitana de Lisboa (AML), considerando que as soluções passam antes pela aceleração da vacinação, pelo reforço dos rastreios e testagem

"O que o Governo devia antes estar a fazer era a reforçar as medidas que permitissem a retoma da normalidade da vida nacional dos pontos de vista económico, social, cultural ou desportivo" (João Oliveira)14h15 - Ano letivo "não foi perfeito". Quem o diz é o ministro da Educação que apesar de admitir que o atual e o anterior anos letivos "não foram perfeitos", por causa da pandemia, elogiou as escolas por terem dado as "melhores respostas" em tempos de crise

14h07 - Tribunal obriga AstraZeneca a entregar 50 milhões de doses à UE. A justiça belga ordenou hoje à farmacêutica AstraZeneca que entregue as doses da vacina para a Covid-19 à União Europeia até 27 de setembro - menos do que a Comissão, em nome do bloco, exigia.

13h58 - Madeira ainda não identificou casos de infeção pela variante Delta. As autoridades regionais estão, porém, a aguardar o resultado de amostras enviadas para análise no Instituto Nacional de Saúde (INSA), indicou hoje o secretário da Saúde, Pedro Ramos

13h50 - Público regressa às competições futebolísticas no fim de semana. O público vai poder regressar às competições futebolísticas no fim de semana, confirmou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), em comunicado, após adequação da regulamentação definida pela Direção-Geral da Saúde (DGS) face à pandemia de covid-19.

13h40 - No início da semana estiveram 500 pessoas numa festa, 90 estavam infetadas. O primeiro-ministro, António Costa, reiterou a importância da consciência coletiva para controlar a pandemia. "Se as pessoas não têm consciência daquilo que têm de fazer, é impossível". As forças de segurança "têm estado a atuar na via pública", mas "todas as indicações que temos é que a grande parte das contaminações são em festas particulares ou comemorações familiares e aí o estado não pode fiscalizar. Sabemos que [no âmbito de] uma festa de anos onde estiveram 500 pessoas, no início da semana já estavam 90 infetadas. As pessoas têm de ter responsabilidades".

13h30 - Parlamento aprova prorrogação das moratórias bancárias até ao fim do ano. O Parlamento aprovou hoje a prorrogação e alargamento das moratórias bancárias, que terminavam no final de setembro, até 31 de dezembro, na componente de reembolso de capital, para particulares e empresas de setores especialmente afetados pela pandemia de Covid-19.

13h20 - Costa justifica 'travão' em Lisboa. É preciso "evitar a expansão". À margem da Sessão de Encerramento do Ano Académico do Colégio da Europa, em Bruges, Bélgica, António Costa justificou o 'travão' que o Conselho de Ministros decidiu, na quinta-feira, aplicar a Lisboa

"Quando olho para realidade e percebo que dois terços do problema estão concentrados na Área Metropolitana de Lisboa (AML) e o resto do país está essencialmente tranquilo, qual é a primeira medida que tenho de tomar? É evitar a expansão para o resto do país".

13h08 - CDS e PS lamentam arraial liberal, IL rejeita críticas de "negacionismo". O CDS-PP e o PS lamentaram hoje a realização do arraial da Iniciativa Liberal, em Lisboa, críticas às quais se juntou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, com Cotrim de Figueiredo a rejeitar negacionismo.

12h54 - Sesimbra com mais restrições por ser o único em risco muito elevado. Dos 10 concelhos de Portugal Continental com medidas mais restritivas para combater a pandemia, Sesimbra é o único em risco muito elevado de transmissibilidade da Covid-19, enquanto os restantes registam risco elevado, segundo a resolução do Conselho de Ministros.

12h50 - Governo confirma cerca de mil infeções e cinco óbitos após toma da vacina. As mais de seis milhões de doses de vacinas contra a covid-19 já administradas em Portugal traduziram-se em cerca de 1.000 reinfeções com o vírus SARS-CoV-2 e em cinco mortes, adiantou hoje o Governo.

Numa intervenção na Assembleia da República, na sequência de uma interpelação do CDS-PP ao Governo sobre a gestão da pandemia pós-estado de emergência, o secretário de Estado Adjunto da Saúde reconheceu que o tema é uma "preocupação", mas fez questão de relativizar o impacto desses números no quadro da pandemia a nível nacional.

"Temos cerca de 1.000 infetados e cerca de cinco mortes em 6,6 milhões de pessoas vacinadas. Diria que o número de infetados é menos de 0,1% e em número de mortes é menos de 0,08%. São números ínfimos. De qualquer forma, todos os números nos preocupam e, garantidamente, estamos a monitorizar juntamente com a Direção-Geral da Saúde e sempre preocupados, porque uma vida é uma vida", disse António Lacerda Sales.

12h23 - Cerca de metade da população alemã recebeu uma dose da vacina. Cerca de metade da população da Alemanha recebeu pelo menos uma primeira dose da vacina contra a Covid-19, anunciou hoje o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, lançando ainda um alerta sobre a variante Delta do vírus.

12h06 - GNR vai controlar movimentos na Área Metropolitana de Lisboa. A GNR informou, esta sexta-feira, que irá realizar uma operação de controlo de movimentos de e para a Área Metropolitana de Lisboa, durante o fim de semana. 

"A Guarda apela a que sejam evitadas deslocações desnecessárias, indo exercer um esforço de fiscalização por forma a garantir o cumprimento das regras em vigor", afirma a força militar numa nota divulgada nas redes. 

11h58 - Israel troca com palestinianos um milhão de doses de vacinas. Israel anunciou hoje que vai enviar à Autoridade Palestiniana um milhão de doses de vacinas anti-Covid cujo prazo está prestes a expirar, em troca de um número semelhante de vacinas que os palestinianos esperam receber mais tarde.

11h44 - AHRESP defende a prorrogação das moratórias até ao final de março. Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defende a prorrogação das moratórias bancárias até ao final de março de 2022, de forma a "garantir a sustentabilidade dos negócios e a manutenção dos postos de trabalho". 

11h43 - Infeção anterior pode não oferecer proteção a longo prazo. Uma infeção prévia com o vírus SARS-CoV-2 não protege necessariamente contra a Covid-19 a longo prazo, especialmente quando causada por novas variantes, sugere um estudo de investigadores da Universidade de Oxford, conduzido com o UK Coronavirus Immunology Consortium. 

11h31 - Reino Unido reporta mais de 33 mil novos casos da variante Delta numa semana. O Reino Unido contabilizou, na semana passada, 33.630 casos da variante Delta, também conhecida como estirpe indiana, informou esta manhã o Ministério da Saúde britânico. 

De acordo com os dados, desde 14 de junho, 806 pessoas diagnosticadas com esta variante foram hospitalizadas, no Reino Unido, o que representa um aumento de 423 internamentos, em comparação com a semana anterior. Ou seja, segundo a tutela, estes dados revelam que 195 cidadãos que tinham recebido uma dose da vacina foram hospitalizados. Contudo, o estudo não revela há quanto tempo que estes doentes tinham sido vacinados contra o novo vírus. 

11h22 - "Solidariedade que crise pôs em evidência deve ser o fundamento da UE". O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje que "a solidariedade" deve ser o fundamento da União Europeia, que a tem demonstrado nesta crise pandémica, e alertando para a necessidade de a Europa dar aos cidadãos "esperança e confiança no futuro".

11h13 - UE dá luz verde a turistas dos EUA e começa a levantar restrições a Macau. O Conselho da União Europeia (UE) acrescentou hoje os Estados Unidos à lista de países e territórios cujos cidadãos podem fazer viagens não-essenciais para território comunitário e levantar gradualmente as restrições a Macau, no âmbito das medidas anti-Covid-19.

11h02 - Uso de máscara deixa de ser obrigatório em Espanha ainda este mês. O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou hoje que deixará de ser obrigatório o uso de máscaras no exterior a partir de 26 de junho, avança o El País. Após França, Espanha torna-se assim o segundo país europeu a aliviar o uso de máscara. 

10h57 - CDS critica "infelicidade" de PR e "comunicação desastrosa" de Governo. O CDS criticou hoje as declarações do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, quando disse que no que depender dele não haverá "volta atrás" no desconfinamento, considerando-as de "uma enorme infelicidade", lamentando também a "comunicação desastrosa" do Governo.

"Se a frase do senhor Presidente da República segundo a qual 'não há volta atrás' é, no mínimo, de uma enorme infelicidade, porque contraditória com tudo o que tinha sido dito antes, o 'ping pong' que se seguiu entre PR e primeiro-ministro do tipo 'quem manda sou eu, quem manda és tu' foi absurdo. Digo-o nos mesmos termos em que no passado critiquei o excesso de 'Dupond e Dupont' entre ambos", criticou Telmo Correia, no arranque da interpelação ao Governo requerida pelo CDS, no Parlamento, sobre a gestão da covid-19 pós-Estado de Emergência.

10h49 - Loulé quer contabilizar dormidas em hotéis para cálculo da incidência. A Câmara de Loulé quer contabilizar as dormidas diárias em hotéis para que os hóspedes sejam adicionados aos residentes e o cálculo da taxa de incidência de Covid-19 seja proporcional ao número real de pessoas que estão num local.

10h41 - Governo recusa inconstitucionalidade nos limites à circulação na AML. O Governo recusou hoje a existência de qualquer inconstitucionalidade na medida que impõe limites à circulação na Área Metropolitana de Lisboa (AML), alegando que essas restrições estão "expressamente previstas" na Lei de Bases da Proteção Civil.

10h33 - Espanha prolonga restrições para voos do Brasil e da África do Sul. O Governo espanhol prolongou até 6 de julho as restrições em vigor aos voos diretos provenientes do Brasil e da África do Sul, devido ao "impacto das variantes autóctones", que são "de particular preocupação".

10h15 - Vacinas mRNA não afetam contagem de espermatozoides, revela novo estudo. A contagem e a qualidade dos espermatozoides não diminuíram em homens jovens saudáveis ​​após receberem a vacina da Pfizer ou da Moderna, diz um novo estudo publicado esta quinta-feira no JAMA e citado pela CNN.

Para chegar a esta conclusão foram utilizadas amostras de sémen de 45 homens com idades entre os 25 e 31 anos, que foram pré-selecionados para garantir que não tinham problemas de fertilidade. As amostras foram recolhidas antes da primeira injeção de uma vacina de mRNA e, em seguida, 70 dias após a segunda dose. O sémen foi então analisado para determinar o volume, concentração, motilidade e contagem total de espermatozoides.

10h04 - Baucau torna-se maior foco da Covid-19 em Timor-Leste. A segunda cidade timorense, Baucau, registou hoje o maior número de casos em Timor-Leste, com o município a ter atualmente a maior taxa de incidência no país, segundo os dados atualizados. Em comunicado, o Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC) explica que nas últimas 24 horas se registaram 60 novos casos em Baucau, quase metade dos 139 testes realizados na região, com a taxa de incidência a subir para 12,6 casos por 100 mil pessoas na região.

9h58 - Rússia reporta mais de 17 mil novos casos e 453 mortos. A Rússia reportou, nas últimas 24 horas, 17,262 contágios e 453 óbitos associados à Covid-19, verificando-se um significativo agravamento da pandemia no país. Em Moscovo, a previsão do presidente da capital confirmou-se, sendo que, de ontem para hoje, foram registados 9,056 novos casos. 

9h55 - Ordem presta homenagem a profissionais que morreram devido à pandemia. O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) assinala hoje o Dia do Médico com uma homenagem simbólica aos profissionais que perderam a vida devido à pandemia de Covid-19, fazendo um minuto de silêncio em sua memória.

9h45 - Busquets testou negativo e está de volta à seleção de Espanha. Sergio Busquets superou a Covid-19 e está de regresso à seleção espanhola. O anúncio foi feito, esta sexta-feira, pela seleção La Roja que adianta, também, que o médio do Barcelona vai juntar-se, de imediato, aos restantes convocados e viajar para Sevilha, onde amanhã, sábado, Espanha mede forças com a Polónia de Paulo Sousa em mais um jogo do Euro'2020. 

9h39 - Moscovo enfrenta nova vaga devido a variante Delta. O presidente de Moscovo Sergei Sobyanin alertou, esta sexta-feira, que a capital russa está a enfrentar uma nova vaga devido à variante Delta, também conhecida como estirpe indiana, e que a situação está a agravar-se rapidamente. 

Segundo Sergei Sobyanin, citado pela Reuters, a cidade poderá atingir hoje mais de nove mil casos diários, um recorde para Moscovo. Até ao início de junho, a capital contava com menos de três mil contágios por dia, durante um mês. 

9h23 - Heidi Ferrer morre aos 50 anos de Covid-19. Heidi Ferrer, escritora e guionista de séries como 'Dawson's Creek', morreu a 26 de maio depois de uma batalha de 13 meses contra a Covid-19. Heidi Ferrer contraiu o coronavírus em abril de 2020, tendo sido acamada meses depois. A notícia foi avançada hoje pelo marido, que explicou que só fez agora a comunicação pública, numa tentativa de proteger o filho, de 13 anos, da cobertura mediática. 

9h18 - Menos de 25% dos estrangeiros na China vacinados. Menos de 25% dos estrangeiros residentes na China - 200 mil de um total de 845 mil - foram vacinados contra a Covid-19, até ao início de junho, informou hoje o jornal de Hong Kong South China Morning Post.

8h52 - Pandemia. Portugal foi o melhor país da UE, agora está em contraciclo. Segundo os dados divulgados ontem pelo Centro Europeu de Controlo de Doenças, analisados pelo jornal Público, Portugal foi o país da União Europeia (UE) com a menor taxa de incidência de Covid-19, durante mais de um mês, entre meados de março e o fim de abril.

Contudo, a situação epidemiológica do país tem vindo a piorar nos últimos 14 dias, com 81 casos por 100 mil habitantes, valor acima da média europeia, o que levou Portugal a ficar no 13.º lugar da lista país da UE com a incidência mais alta. Portugal não acompanha, assim, a descida da incidência que tem sido verificado nos 27 Estados-membros da União Europeia.

8h43 - Restrições em Lisboa? É "uma solução de equilíbrio". O Presidente da República defendeu que o Governo tentou encontrar uma "solução de equilíbrio" com a restrição das saídas e entradas na Área Metropolitana de Lisboa, durante o fim de semana.

"É uma decisão nacional num contexto muito específico, tentando encontrar uma solução de equilíbrio. (...) Eu tive ocasião de dizer que não voltaria atrás no que depende de mim, que é no estado de emergência. Em relação ao resto, a competência é do Governo", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, ontem à noite, em declarações á Antena 1, à chegada a Nova Iorque, onde vai assistir à tomada de posse de António Guterres para o segundo mandato como secretário-geral das Nações Unidas.

8h29 - EUA autorizam algumas atividades para Venezuela responder à pandemia. Os Estados Unidos emitiram, quinta-feira, uma licença geral que autoriza o Governo da Venezuela a reunir os recursos necessários para realizar algumas atividades relacionadas com a prevenção e combate da Covid-19 no país.

8h04 - Província chinesa de Guangdong deteta um caso local. A província chinesa de Guangdong, que faz fronteira com Macau e Hong Kong, detetou um caso local de Covid-19, nas últimas 24 horas, anunciou hoje a Comissão de Saúde da China.

7h52 - Aulas acabam hoje apenas para alguns alunos mas há aprendizagens perdidas. O ano letivo termina hoje para os 9.º, 10.º e 11.º anos com "alunos e professores exaustos" e diretores a admitirem que a pandemia e o ensino remoto voltaram a impedir que todas as aprendizagens se realizassem.

Em declarações à Lusa, o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), Filinto Lima, reconheceu que "as aprendizagens não se realizaram completamente", apesar de considerar que este ano foi "melhor que o anterior, com menos aprendizagens perdidas".

7h41 - CDS interpela Governo sobre gestão da pandemia pós-Estado de Emergência. O Parlamento debate hoje a gestão da pandemia no pós-Estado de Emergência, numa interpelação suscitada pelo CDS, que quer fazer a avaliação do processo de vacinação e dos apoios à recuperação económica e social.

7h39 - Bolsonaro diz que infeção é mais eficaz do que vacina. O Presidente brasileiro afirmou na quinta-feira, perante milhares de espetadores, que a infeção pelo novo coronavírus confere uma imunização mais eficaz do que a vacina e que "todos os que contraíram o vírus estão vacinados".

7h22 - Alemanha reporta mais 91 óbitos e 1.076 novos casos. A Situação epidemiológica continua a desagravar na Alemanha. De acordo com dados divulgados esta sexta-feira pelo o Instituto Robert Koch, o país registou, nas últimas 24 horas, mais 1.076 infetados por Covid-19 e 91 mortos associados à doença. A Alemanha soma, desde o início da pandemia, 3.720.031 casos confirmados e 90.270 vítimas mortais associadas ao novo coronavírus. 

7h08 - EUA registam 317 mortos e 11.336 casos. Os Estados Unidos registaram 317 mortos por Covid-19 e 11.336 casos nas últimas 24 horas, segundo a contagem independente da Universidade Johns Hopkins. O país contabiliza 33.507.963 infetados e 600.941 óbitos desde o início da pandemia.

7h04 - Eventos de natureza corporativa também alvo de testagem. Os testes à Covid-19 devem realizar-se também em eventos de natureza corporativa, nos mesmos moldes dos eventos culturais e desportivos, com mais de mil participantes ao ar livre, ou mais de 500 em espaços fechados, foi anunciado.

7h03 - Macau regista 53.º caso importado em turista. Macau identificou na quinta-feira o 53.º caso importado de Covid-19 num turista oriundo de Taiwan, anunciaram hoje de madrugada os Serviços de Saúde do território. Macau não registou qualquer morte por covid-19 desde o início da pandemia. Nenhum profissional de saúde foi infetado e não foi detetado qualquer surto comunitário.

7h03 - Bom dia! Recorde aqui os principais desenvolvimentos, que ocorreram durante o dia de ontem, sobre a pandemia em Portugal e no Mundo. 

Leia Também: AO MINUTO: Medidas para AML "inconstitucionais". CML proíbe ecrãs no Euro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório