Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

AO MINUTO: Lisboa com Rt mais elevado no país. Brasil com 98 mil casos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Lisboa com Rt mais elevado no país. Brasil com 98 mil casos

Portugal registou nas últimas horas 1.298 novos casos confirmados de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, mais quatro mortes associadas à Covid-19 e mais 27 pessoas internadas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). A maior parte dos novos casos de infeção (862) foi mais uma vez diagnosticada na região de Lisboa e Vale do Tejo.

A incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal ultrapassou os 100 casos por 100.000 habitantes e o índice nacional de transmissibilidade (Rt) subiu de 1,12 para 1,14.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de sábado. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h56 - ASAE abre 4 processos em fiscalização sobre desconfinamento em Lisboa. A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou quatro processos de contraordenação numa ação de fiscalização às regras de desconfinamento, direcionada a cafés, restaurantes e outros estabelecimentos em Lisboa, segundo dados provisórios.

23h44 - Variante delta inquieta autoridades de saúde em França. Mesmo com os números a estabilizarem nos mínimos desde o início da pandemia, a variante indiana ou delta tem aparecido em cada vez mais cidades diferentes em França levando as autoridades a inquietarem-se com esta nova variante.

23h03 - Universidade de Aveiro com 25 casos ativos de Covid-19. Numa nota enviada à comunidade académica, a que a Lusa teve acesso, o reitor da UA, Paulo Jorge Ferreira, refere que entre os dias 15 e 18 de junho, as autoridades de saúde confirmaram 17 infeções por SARS-CoV-2 na comunidade UA e a recuperação de um dos casos positivos.

22h41 - Portugal ultrapassou hoje as 7 milhões de doses de vacinas administradas. Portugal continental ultrapassou hoje a marca dos sete milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 administradas, anunciaram hoje as autoridades de saúde. Quatro milhões e meio correspondem a primeiras doses e cerca de dois milhões e quatrocentas mil a segundas doses.

22h30 - Brasil com mais de 98 mil casos, o segundo maior registo diário de sempre. As autoridades de Saúde brasileiras reportam, esta sexta-feira, mais 98.832 casos de infeção por novo coronavírus, uma subida em relação ao dia anterior (74.042) e o segundo maior registo diário desde o início da pandemia (o pico foi de mais de 100 mil casos a 25 de março e depois 95.601 a 2 de junho). São ainda confirmadas mais 2.495 mortes associadas à doença, também uma subida em relação à véspera (2.311).

21h55 - Angola regista 178 novos casos positivos e dois óbitos no último dia. Angola registou 178 novas infeções, dois óbitos e 464 recuperados da doença, nas últimas 24 horas, somando 37.467 casos positivos, 853 mortes e 31.569 recuperações, anunciou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública.

21h40 - Merkel e Macron pedem "máxima vigilância" face às mutações no Reino Unido. A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, apelaram hoje à manutenção da "vigilância" face às variantes mais agressivas do Covid-19, apesar dos progressos face à pandemia nos dois países.

21h37 - Bloco diz que discutir medidas na AML interessa pouco e quer mais testes. A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou hoje que o aumento da testagem, o reforço da vacinação e garantia de fixação dos profissionais de saúde no Serviço Nacional de Saúde, são essenciais para controlar a pandemia.

21h33 - Madeira regista seis novos casos e 52 situações suspeitas. A Madeira registou hoje seis novos casos de covid-19, quatro recuperações e 52 situações suspeitas, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o arquipélago assinala agora 68 infeções ativas, com dois doentes hospitalizados.

19h52 - Autocarros vão andar no concelho de Cascais a testar a população. A Câmara de Cascais vai ter, a partir de segunda-feira, cinco autocarros a percorrer o concelho para fazer testes rápidos e gratuitos a residentes e não residentes, dando prioridade a pessoas não vacinadas, anunciou hoje a autarquia.

19h45 - Rt passa de 1,12 para 1,20 em Lisboa e Vale do Tejo. É, aliás, a região do país que apresenta o índice de transmissibilidade mais elevado, anunciou hoje o INSA

19h32 - França notifica 56 óbitos e 2.439 casos de coronavírus no último dia. A pandemia do novo coronavírus provocou em França 56 mortos em meio hospitalar e 2.439 novos infetados,  nas últimas 24 horas, aumentado o número total desde o início da pandemia no país para 110.731 mortos e 5.752.872 milhões de casos, segundo as autoridades sanitárias.

19h11 - Infarmed registou mais de 7.500 suspeitas de reações adversas à vacina. Mais de 7.500 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a Covid-19 foram notificadas em Portugal, entre as quais 51 casos de morte em idosos, segundo um relatório do Infarmed hoje divulgado. "Os casos de morte ocorreram num grupo com uma mediana de idades de 78,5 anos e não pressupõem necessariamente a existência de uma relação causal com a vacina administrada, uma vez que podem também decorrer dos padrões normais de morbilidade e mortalidade da população portuguesa", salienta o 'Relatório de Farmacovigilância - Monotorização da Segurança das Vacinas contra a covid-19 em Portugal'.

18h51 - Automobilistas cumprem regras de circulação de e para a AML. Grande parte dos automobilistas está a cumprir as regras de proibição de circulação de e para Área Metropolitana de Lisboa (AML), mostrando justificação válida para entrar e sair daquele território, disse hoje a GNR à agência Lusa.

18h27 - Hotéis do Alentejo com "alguns cancelamentos" por restrições em Lisboa. Vários hotéis do Alentejo registaram "alguns cancelamentos" de reservas para este fim de semana, devido às restrições de circulação impostas à Área Metropolitana de Lisboa, constatou hoje a Lusa numa ronda por unidades da região.

18h07 - Variante Delta "deverá sobrepor-se" à britânica nas próximas semanas. A variante Delta, associada à Índia, deverá sobrepor-se à variante britânica, em Portugal, nas próximas semanas, conforme indica o relatório das 'Linhas Vermelhas' publicado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA). De acordo com o relatório, foram identificados, até quarta-feira, 157 casos desta variante, ou seja, mais 65 do que no último boletim de monitorização das linhas vermelhas da Covid-19.

17h55 - Itália notifica 1.147 casos e 35 óbitos, taxa de positividade desce. As autoridades de Saúde italianas notificaram esta sexta-feira o registo de mais 1.147 novos casos de infeção por novo coronavírus, uma descida em relação ao dia anterior (1.325). As autoridades notificam ainda mais 35 óbitos referentes às últimas 24 horas, também uma descida em relação à véspera (37).

17h34 - OMS preocupada com disseminação de variante Delta. A Organização Mundial da Saúde (OMS) revelou-se hoje preocupada com a disseminação da variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2, mais transmissível e que se está a tornar cada vez "mais proeminente". A variante Delta do SARS-CoV-2 é apontada como sendo 60% mais contagiosa do que o vírus original.

17h20 - Euro2020? Boris Johnson reafirma que "saúde pública" está primeiro. O Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, reafirmou hoje que a sua prioridade é a "saúde pública", mais do que a manutenção em Wembley das meias-finais e final do Euro2020 de futebol.

17h18 - Vacinados com 1.ª dose da AstraZeneca devem esperar por convocação. As pessoas que tomaram a primeira dose da vacina AstraZeneca deverão aguardar pela receção de um SMS ou telefonema de agendamento da segunda dose, disse hoje à Lusa uma fonte da 'task force'. A agência Lusa questionou hoje a 'task force' para o plano de vacinação sobre se já começaram a chamar as pessoas para receber a segunda dose desta vacina, depois de a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, ter anunciado na quinta-feira que iam iniciar a convocação destas pessoas devido ao encurtamento do intervalo entre as duas tomas de 12 para oito semanas.

17h06 - Espanha regista 4.214 novos casos e 18 mortes nas últimas 24 horas. A Espanha registou 4.214 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 3.757.442 o total de infetados até agora, segundo avançou hoje o Ministério da Saúde espanhol.

16h59 - Itália volta a impor quarentena a viajantes do Reino Unido. Itália anunciou hoje que os passageiros procedentes do Reino Unido deverão cumprir novamente uma breve quarentena, enquanto os de outros países poderão entrar livremente se possuírem o passe sanitário anti-Covid. A quarentena obrigatória de cinco dias para os passageiros procedentes do Reino Unido entrará em vigor na próxima segunda-feira, 21 de junho, precisou o Ministério da Saúde italiano.

16h56 - Reino Unido notifica mais de 10 mil casos pelo segundo dia consecutivo. O Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico reporta esta sexta-feira mais 11 mortes associadas à Covid-19, uma descida em relação à véspera (19). São ainda notificados mais 10.476 novos casos de contágios, também uma descida em relação ao dia anterior (11.007), mas o segundo dia consecutivo acima dos 10 mil casos, depois de se ter mantido abaixo desta fasquia desde final de fevereiro.

16h23 - Variante Delta representa quase 90% dos novos casos em Moscovo. Quase 90% dos novos casos registados de Covid-19 em Moscovo devem-se à variante Delta do coronavírus, anunciou hoje o presidente da câmara da capital russa para justificar algumas restrições adotadas, que não são ainda medidas de confinamento severas.

15h58 - Teletrabalho e direito a desligar em 7 das 169 convenções coletivas. O teletrabalho e o direito a desligar estão previstos em apenas sete das 169 convenções coletivas publicadas em 2020, ano em que o trabalho à distância foi massificado devido à pandemia, segundo um relatório publicado hoje.

15h52 - Presidente da República afasta "um recuo" no Estado de Emergência. O Presidente da República defendeu hoje que o Governo "agiu de acordo com a sua competência" nas medidas para a Área Metropolitana de Lisboa devido à pandemia, sublinhando afastar "um recuo" quanto ao Estado de Emergência. "A minha posição é a mesma, cabe-me a mim a declaração do estado de emergência, e eu não vejo razões para haver um recuo quanto ao estado de emergência, por aquilo que já disse várias vezes: número de mortos, número de cuidados intensivos, número de internados, que continua muito, muito abaixo do limite que justificou o estado de emergência no tempo em que ele durou", defendeu Marcelo Rebelo de Sousa.

15h48 - Um terço dos casos no Algarve são estrangeiros residentes ou de férias. Um terço dos casos de Covid-19 no Algarve são de estrangeiros, na sua maioria turistas, disse hoje a delegada de Saúde regional, pedindo que a fórmula de cálculo da taxa de incidência seja revista.

15h47 - Temos de "evitar a todo o custo" ficar no vermelho no ECDC. O primeiro-ministro, António Costa, considerou hoje "fundamental" conter o aumento de casos de Covid-19 na região de Lisboa e evitar a sua propagação ao resto do país, para que Portugal não caia no "vermelho" em pleno verão.

15h36 - Algarve: Restrições desmotivam e têm efeito depressivo no turismo. As limitações de circulação impostas à Área Metropolitana de Lisboa devido à pandemia de Covid-19, terão um efeito depressivo no turismo, ao desmotivar quem planeava passar uns dias no Algarve, disse o presidente da associação de hoteleiros algarvios.

15h35 - Incidência passa 100 casos por 100 mil habitantes e Rt sobe para 1,14. A incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal ultrapassou os 100 casos por 100.000 habitantes e o índice nacional de transmissibilidade (Rt) subiu de 1,12 para 1,14, revelam dados oficiais divulgados hoje.

15h03 - Internados sobem consecutivamente há seis dias. O boletim epidemiológico de hoje regista um total de 391 pessoas internadas, das quais 94 em unidades de cuidados intensivos, onde entraram mais seis doentes. O número de pessoas internadas em enfermaria está a subir consecutivamente há seis dias.

15h02 - Há 40 concelhos acima do limite, Lisboa com incidência de 306 casos. Há 40 concelhos com mais de 120 novos casos da Covid-19 por 100 mil habitantes, o limite de incidência estabelecido pelo Governo como máximo a aplicar a nível nacional. A região da capital portuguesa tem sido uma das que mais preocupa as autoridades de saúde - sendo que até já há medidas específicas para a Área Metropolitana de Lisboa (AML) - e o concelho de Lisboa conta já com uma incidência de 306 casos por 100 mil habitantes

15h01 - Portugal soma mais quatro mortes e 1.298 casos de Covid-19. Portugal contabiliza, esta sexta-feira, mais quatro óbitos (variação de 0,02%) e 1.298 infetados com Covid-19 (variação de 0,15%), indica a Direção-Geral da Saúde (DGS) no mais recente boletim epidemiológico. Em termos acumulados, desde que foi diagnosticado o primeiro caso de SARS-CoV-2 em território nacional, foram registadas 17.061 vítimas mortais e 862.926 infeções. 

15h00 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Incidência, R(t) e internamentos voltam a aumentar em Portugal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório