Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

CDS interpela Governo sobre gestão da pandemia pós-Estado de Emergência

O Parlamento debate hoje a gestão da pandemia no pós-estado de emergência, numa interpelação suscitada pelo CDS-PP, que quer fazer a avaliação do processo de vacinanação e dos apoios à recuperação económica e social.

CDS interpela Governo sobre gestão da pandemia pós-Estado de Emergência
Notícias ao Minuto

07:34 - 18/06/21 por Lusa

Política Parlamento

O debate, que começa às 10:00, contará com a presença de três secretários de Estado: Adjunto e da Economia, João Neves, Adjunto e da Saúde, António Sales e da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes.

O líder parlamentar do CDS-PP, Telmo Correia, defendeu, em declarações à Lusa, que o parlamento discutiu e votou durante meses as declarações de estado de emergência e os respetivos relatórios, mas há "uma avaliação que tem de ser feita" no pós-estados de emergência.

"Do que é que foi feito de então para cá, do que é que está a acontecer, do que é que correu mal e está a correr muito mal e também de um ou outro aspeto que esteja a correr bem, como é evidente. Desde o fim do estado de emergência não temos este tipo de debates e achamos que este debate faz todo o sentido, designadamente no fecho do ano parlamentar", sustentou.

Um outro aspeto que o CDS-PP quer ver explicado pelo Governo será a situação pandémica de Lisboa, um dia depois de o Governo ter imposto novas restrições neste território, devido à subida de casos covid-19, disse

"Nós temos ouvido várias explicações, desde os festejos futebolísticos, à questão dos jovens e dos eventos, há um conjunto de explicações. (...) Isto é uma interpelação ao Governo portanto nós queremos que o Governo nos explique na perspetiva do Governo exatamente o que é que falhou, e depois obviamente saber o que é que se vai fazer daqui para a frente", adiantou.

Outro dos temas que estará em debate é o funcionamento dos certificados digitais de vacinação contra a covid-19, que Portugal começou a emitir esta semana.

"Por outro lado, um caso que é estranho e sobre o qual também não há dados que é estão a aparecer muitos casos com pessoas vacinadas e nalguns casos vacinadas com as duas doses. Menos letalidade, é certo, e isso é positivo, mas o que é que explica isso e se há ou não estatística sobre isso. Nós sabemos que a cobertura da vacina, nenhuma delas é total, mas a impressão que temos é que existem muitos casos de vacinados", apontou.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.835.238 mortos no mundo, resultantes de mais de 176,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.057 pessoas dos 861.628 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Leia Também: CDS quer debater pandemia no pós-Emergência e a situação em Lisboa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório