Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Alemanha regista 64 mortos e 5.412 novos infetados em 24 horas

A incidência semanal é de 83,1. Recorde-se que este valor atingiu o seu pico durante esta terceira vaga em 26 de abril, quando chegou aos 169,3.

Alemanha regista 64 mortos e 5.412 novos infetados em 24 horas

A Alemanha registou, nas últimas 24 horas, mais 64 mortos e 5.412 novos casos de Covid-19.

Em termos acumulados, o país soma agora 86.160 vítimas mortais da doença e 3.598.846 infetados, desde que a pandemia teve início.

Segundo os dados do Instituto Robert Koch, o número de novas infeções por cada 100.000 habitantes, comunicadas no prazo de sete dias, foi de 83,1 em todo o país, valor igual ao do dia de ontem.

No país, há registo de 3.300.700 doentes recuperados e há, atualmente, 212 mil casos ativos.

O recorde de infeções foi registado em 18 de dezembro com 33.777 novos casos do novo coronavírus num dia e o registo de óbitos, em 14 de janeiro, com 1.244 mortes.

O fator de reprodução semanal é de 0,82, o que significa que a cada 100 infetados contagiam uma média de 82 outras pessoas.

A Alemanha acumula 3.598.846 casos positivos e 86.160 mortes pela covid-19 desde o início da pandemia.

No domingo, 4.123 pacientes com covid-19 estavam internados nas unidades cuidados intensivos (mais 34 num dia) e entre estes 2.526 (61% e menos 64 em relação ao sábado) necessitam de respiração assistida, segundo a Associação Alemã Interdisciplinar para Terapia Intensiva e Medicina de Emergência (DIVI).

Até a sexta-feira, 9.060.934 pessoas (10,9% da população alemã) já tinham recebido as duas doses da vacina contra a covid-19 e 30.392.841 (36,5%) receberam a primeira dose da vacina.

[Notícia atualizada às 09h08]

Leia Também: Alemanha regista mais 71 óbitos e 8.500 novos casos em 24 horas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório