Meteorologia

  • 11 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 10º MÁX 19º

Edição

Eleições em Madrid com taxa de participação histórica com mais de 80%

A taxa de participação nas eleições regionais de hoje na Comunidade de Madrid atingiu uma dimensão histórica, com 80,73%, apesar de se terem realizado no contexto da pandemia de covid-19, indicam os dados oficiais da votação.

Eleições em Madrid com taxa de participação histórica com mais de 80%
Notícias ao Minuto

20:31 - 04/05/21 por Lusa

Mundo Eleições Madrid

A percentagem supera em 16,46 pontos percentuais a participação registada nas eleições de maio de 2019 e mais 10,37 pontos percentuais dos que nas realizadas em 1995, votação que, com uma participação de 70,36%, era que mais votantes se apresentaram para exercer o direito de voto.

Segundo os dados da Comunidade de Madrid, desde as 09:00 até às 20:00 locais (entre as 08:00 e as 19:00 em Lisboa) votaram 80,73% dos eleitores, com uma abstenção de 19,27%.

Entretanto, os seis principais candidatos às eleições autonómicas da Comunidade de Madrid já chegaram às sedes dos respetivos partidos, onde irão aguardar pelos resultados da votação, à exceção de Ángel Gabilondo (do Partido Socialista -- PSOE), que montou a sede de campanha numa unidade hoteleira da capital espanhola.

A candidata de direita Isabel Díaz Ayuso, do Partido Popular, deverá ganhar a votação, depois de ter consolidado a sua imagem como adversária inflexível do Governo nacional de esquerda, dirigido por Pedro Sánchez.

As sondagens divulgadas nos últimos dias indicam que a sua lista poderá ter o apoio de 40% dos votos, contra pouco mais de 22%, que obteve há dois anos, e duplicar assim o número de lugares que o Partido Popular tem na assembleia regional da comunidade mais rica de Espanha.

Sem maioria absoluta, Diaz Ayuso poderá necessitar do apoio do partido de extrema-direita Vox para se manter na presidência da Comunidade de Madrid, o que foi muito criticado por todos os partidos de esquerda durante a campanha eleitoral.

Apesar de, nas eleições de maio 2019, o Partido Socialista (PSOE) ter sido o mais votado, Díaz Ayuso - na altura desconhecida a nível nacional - tornou-se presidente da região de Madrid, à frente de uma coligação que formou com o Cidadãos (direita-liberal) com o apoio parlamentar do Vox.

Quando, em meados de março, dissolveu o parlamento regional e pôs fim à aliança com o Cidadãos, convocando eleições antecipadas, parece ter procurado capitalizar a popularidade que esta política lhe deu entre uma parte da população de Madrid.

O Cidadãos, que nas eleições anteriores conseguiu quase 20% de votos (terceiro lugar), vê agora os seus apoiantes transferirem-se quase na sua totalidade para o PP e tenta desesperadamente chegar aos 5% da votação, limite abaixo do qual um partido fica sem representantes na assembleia regional.

Acontece o mesmo com o Unidas Podemos (extrema-esquerda), que tem como candidato Pablo Iglesias, que abandonou a vice-presidência do Governo nacional para tentar salvar o partido de desaparecer na região, com os eleitores a serem atraídos pelas outras duas formações de esquerda (PSOE e Mais Madrid).

Leia Também: PP deverá ganhar as eleições em Madrid perto da maioria absoluta

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório