Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Exército tunisino mata um casal de supostos terroristas

A Guarda Nacional tunisina abateu hoje dois supostos terroristas no monte Salloum, na região de Kasserine, perto da Argélia, após uma das pessoas, uma mulher asiática, ter ativado um cinturão de explosivos que transportava, segundo a imprensa local.

Exército tunisino mata um casal de supostos terroristas
Notícias ao Minuto

22:58 - 01/04/21 por Lusa

Mundo Tunísia

De acordo com os relatos noticiados pela agência Efe, os presumíveis atacantes são um casal que se tinha juntado recentemente a grupos terroristas instalados na zona montanhosa.

Durante a operação antiterrorista, a filha do casal, uma menor de três anos que os acompanhava, ficou ferida, pelo que teve de ser transferida para o hospital regional, apesar do seu estado de saúde estar estável.

Desde 2011, o grupo jiadista Jund al-Khalifa (Soldados do Califado), afeto ao autoproclamado Estado Islâmico (EI), e a brigada Okba Ibn Nafaa, ramo local da organização terrorista Al Qaeda, instalaram-se na zona montanhosa, uma área de exclusão militar.

As autoridades tunisinas desarticularam, em 2020, pelo menos 33 células de ideologia takfirista e detiveram um total de 1.020 indivíduos por pertencerem a organizações terroristas.

De acordo com o grupo de análise The Soufian Group, a Rússia é o principal país de procedência dos combatentes estrangeiros que se juntaram ao Estado Islâmico, seguida da Arábia Saudita, Jordânia e Tunísia.

A Tunísia sofreu em 2015 uma série de atentados jiadistas que mataramm 72 pessoas, 60 das quais turistas estrangeiros, e nos últimos dois anos multiplicaram-se os ataques à Guarda Nacional.

O país magrebino está debaixo de Estado de Emergência desde novembro de 2015, já que foi declarado depois do atentado que tirou a vida a doze membros da Guarda Presidencial na capital.

Leia Também: Ativistas na Tunísia exigem devolução de lixo doméstico a Itália

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório