Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 8º MÁX 19º

AO MINUTO: Portugal com número de mortos mais baixo desde 6 setembro

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Portugal com número de mortos mais baixo desde 6 setembro

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulga hoje, e de forma oficial, o relatório sobre as origens do novo coronavírus que, desde finais de 2019, está na origem da pandemia mundial de Covid-19.

Esta segunda-feira, as agências noticiosas France-Presse (AFP) e Associated Press (AP) revelaram o conteúdo do relatório, segundo o qual a transmissão do SARS-CoV-2 de morcegos para humanos através de outro animal é o cenário mais provável para explicar o início da pandemia.

Entretanto, por Portugal, registaram-se esta segunda-feira  mais 306 novos contágios e seis óbitos, tendo o índice de transmissibilidade (Rt) subido novamente para 0,94.

O plano de vacinação prossegue e 1.618.399 de doses de vacinas já foram administradas. O coordenador da task force, o vice-almirante Gouveia e Melo, admitiu na noite de segunda-feira que há muitos profissionais que deveriam estar na lista de doentes prioritários para a vacina, mas que não o estão por escassez de doses, admitindo mesmo algumas injustiças. Questionado sobre a viabilidade do plano do Governo de vacinar 100 mil pessoas por dia, em abril, o responsável garantiu que este é um objetivo alcançável, desde que se aloque 2.500 enfermeiros por dia nesta missão.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h45 - Este registo termina aqui. Mas pode continuar a acompanhar-nos neste novo link.

15h30 - O mayor de Nova Iorque, nos EUA, Bill de Blasio, disse que até hoje mais de 3 milhões de nova-iorquinos já foram vacinados.

15h20 - Luísa Castel-Branco recebe primeira dose da vacina contra a Covid-19. Por ser uma doente de risco, a escritora, de 66 anos, recebeu hoje a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e não podia estar mais satisfeita com todo o processo. Nas redes sociais, documentou o momento e elogiou a equipa que a acompanhou.

14h55 - "O impacto imediato do mercado imobiliário em 2021 continua a ser a escassez do produto. Em tempos de pandemia, o fator 'estar fechado em casa', contribui bastante para que as pessoas não coloquem à venda os seus imóveis. Observa-se um receio permanente de colocar a casa à venda e ter contacto direto com a pessoa. Como é óbvio, isto afeta diretamente o mercado imobiliário, ao concluirmos facilmente que a oferta diminui", afirma Nuno Silva, especialista em Mediação Imobiliária.

14h41 - Áustria negoceia compra de um milhão de doses de vacina russa Sputnik V. O governo austríaco está a negociar com Moscovo "a entrega" de um milhão de doses da vacina contra o covid-19 Sputnik V, cuja utilização ainda não foi aprovada pelas autoridades de saúde da União Europeia (UE), informou a agência austríaca APA.

14h30 - Restauração: Estudo aponta para quebra de faturação superior a 40%. As restrições à mobilidade e à atividade dos estabelecimentos, bem como a perda do poder de compra e o "colapso" da atividade turística são os principais motivos. 

14h17 - Portugal regista, nas últimas 24 horas, mais duas mortes e 388 casos de Covid-19.  No total, desde o início da pandemia, o nosso país somou 16.845 óbitos e 821.104 casos confirmados. Desde dia 6 de setembro que não se registavam tão poucos óbitos em Portugal, dia em que também se contabilizaram dois. 

14h10 - Páscoa nas redes sociais. A Irmandade dos Clérigos, no Porto, vai celebrar a Páscoa com um conjunto de três concertos com transmissão online da Igreja dos Clérigos através da sua página na rede social Facebook, anunciou hoje.

14h05 - Visitas a lares na Madeira. Os lares de idosos públicos da Madeira têm hoje 40 inscrições para visitas aos seus utentes, no primeiro dia da reabertura destas entidades aos familiares dos residentes, informou a secretária da Inclusão e Cidadania.

14h02 - Almada dá apoio de um milhão à restauração e comércio local. A Câmara Municipal de Almada vai atribuir um apoio financeiro de um milhão de euros a fundo perdido à restauração e comércio local, que abrange empresas e empresários individuais com uma faturação até 500.000 euros em 2019.

13h56 - Liga dos Campeões vai (mesmo) jogar-se na vizinha Espanha. FC Porto confirma duplo confronto com Chelsea em Sevilha

13h48 - IBM quer "prevenir o próximo Covid-19". A empresa tecnológica anunciou uma parceria com o centro médico sem fins lucrativos Cleveland Clinic

13h43 - Região de Berlim suspende vacina AstraZeneca após nove mortes no país. As autoridades alemãs detetaram 31 casos de trombose em pessoas que receberam a vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca, das quais nove morreram, e o estado alemão de Berlim voltou a suspender o fármaco para maiores de 60 anos

13h38 - Mais de 46 mil vacinas administradas na Madeira. Os serviços de Saúde do arquipélago administraram mais de 46 mil vacinas contra a Covid-19 na região entre 31 de dezembro de 2020 e domingo, informou hoje o Governo Regional

13h32 - O laboratório alemão BioNTech vai fabricar este ano até 2,5 mil milhões de doses da sua vacina desenvolvida com a norte-americana Pfizer, mais 25% do que o iniciamente anunciado.

13h30 - O tratado internacional sobre pandemias, proposto pela União Europeia e subscrito por mais de 20 chefes de Estado e de Governo, pode estar pronto para ser assinado já em maio, anunciou esta terça-feira o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde. Entre os chefes de Estado e de Governo que assinaram a petição para criação de um tratado internacional contra as pandemias estão o primeiro-ministro português, António Costa, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, e o Presidente do Chile.

13h23 - A Direção-Geral da Saúde garante que as pessoas que já tiveram covid-19 e recuperaram da doença também vão ser alvo de vacinação. Num esclarecimento enviado hoje à agência Lusa, na sequência da denúncia da Ordem dos Médicos, que destacou Portugal e Islândia como os únicos países a não incluírem atualmente na vacinação as pessoas anteriormente infetadas pelo vírus SARS-CoV-2, a autoridade de saúde nacional justifica a exclusão dessas pessoas da primeira fase com a escassez de vacinas.

13h18 - A Covid-19 já infetou mais de 127 milhões e meio de pessoas em todo o mundo, desde que a doença foi identificada em dezembro de 2019 na China. Daquele total de infetados, 2.792.586 morreram desde o início da pandemia. A grande maioria dos doentes recupera, mas uma parte ainda mal avaliada continua com sintomas durante semanas ou até meses.

12h50 - Os hospitais estatais de Berlim, na Alemanha, suspenderam a administração da vacina AstraZeneca em mulheres com menos de 55 anos. A decisão acontece após relatos da ocorrência de coágulos de sangue raros e graves, hemorragias e em alguns casos morte após a vacinação, principalmente em mulheres jovens, refere o grupo hospitalar  Charite and Vivantes.

12h42 - Agências de viagens pedem continuação dos apoios e regras para reabertura. O presidente Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), Pedro Costa Ferreira, defendeu hoje a continuação dos apoios às empresas no momento da retoma, que será "crítico" e pediu regras claras para a reabertura.

12h30 - Segundo Eduardo Cabrita, o país nunca registou níveis de criminalidade tão baixos. O ministro da Administração Interna falou aos jornalistas no final  da reunião do Conselho Superior de Segurança Interna, e onde se analisou os dados de segurança no país, no último ano.

"Neste contexto muito especial registamos os mais baixos índices de criminalidade", começou por afirmar, referindo que "a criminalidade em geral teve uma redução de 11%" e a "criminalidade violenta e grave uma redução superior a 13%". Cabrita manifestou satisfação por estas conclusões, que contradizem aquilo que se registou noutros países, onde se registou um agravamento da ordem pública e da segurança. Em contrapartida, saliente-se, a pandemia aumentou os crimes associados à "utilização de meios digitais", disse.

12h25 - Alemanha reforça fronteiras. A Alemanha vai reforçar os controlos das suas fronteiras terrestres, em particular com a França, a Dinamarca e a Polónia, para lutar contra a pandemia do novo coronavírus, anunciou esta terça-feira o ministro do Interior alemão.
  

12h15 - Espanha decreta uso obrigatório de máscara nas praias e piscinas. O Diário da República espanhol publicou, esta terça-feira, uma nova lei sobre as medidas de prevenção e contenção da Covid-19, a qual impõe a utilização de máscaras em qualquer espaço público, independentemente da distância interpessoal que possa existir.

11h54 - Vendas do retalho alimentar e especializado caem. As vendas do retalho alimentar e especializado caíram 1,5% no ano passado, face a 2019, para 22.653 milhões de euros, de acordo com o Barómetro da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED).

11h45 - Francês de 63 anos morreu 10 dias depois de receber vacina da AstraZeneca. Joël Crochet morreu no hospital de Annecy, em França, na quinta-feira 17 de março, vítima de múltiplas tromboses nos seus órgãos vitais. A sua morte acontece dez dias depois de ter recebido a primeiro dose da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19.

11h40 - Apple lança medidas para incentivar trabalhadores a vacinarem-se. A Apple quer incentivar os trabalhadores e colabores a vacinarem-se contra a Covid-19, motivo que levou a empresa a oferecer licenças pagas para marcações e até baixas médicas para quem tiver efeitos secundários. 

11h23 - Pandemia diminui atividade sexual e satisfação.  Investigadores do Laboratório de Investigação em Sexualidade Humana (SexLab) da Universidade do Porto concluíram, num estudo que envolveu mais de 3.000 pessoas, que "grande parte" dos participantes viu reduzida a sua atividade sexual e satisfação como consequência da covid-19.

11h19 - Moçambique vai vacinar professores do ensino primário. Moçambique vai vacinar 70 mil professores do ensino primário na segunda fase de vacinação contra o novo coronavírus, anunciou o Ministério da Saúde.

11h15 - A Itália vai exigir um teste à Covid-19 com resultado negativo a todos os viajantes de outros países da UE. A Itália vai impor, ainda, uma quarentena de cinco dias e testes aos viajantes dos Estados-membros da União Europeia tal como já acontece com aqueles que são de países terceiros, anunciaram esta terça-feira fontes do Ministério italiano da Saúde.

11h10 - Portugal é um dos raros países identificados pelo Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) por não administrar vacinas contra a Covid-19 a quem já teve a infeção. Em declarações à TSF, a DGS refer que a vacinação de pessoas recuperadas só "poderá vir a ocorrer logo que a disponibilização de vacinas aumente".

10h50 - Timor regista segundo maior número diário de casos de Covid-19 de sempre. Timor-Leste registou nas últimas 24 horas um total de 50 novos casos de infeções com o novo coronavírus, segundo dados oficiais divulgados pelo Centro Integrado de Gestão de Crise (CIGC).

10h40 - Charles Michel e OMS defendem que Tratado para pandemias é um "dever". O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, e o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, defenderam hoje que um Tratado Internacional sobre Pandemias é um "legado" que os líderes atuais têm o dever de deixar após a experiência da covid-19.

10h35 - África com mais 319 mortos e 7.971 infetados. África registou mais 319 mortes associadas à Covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 112.238 desde o início da pandemia, e 7.971 novos casos de infeção, segundo os dados oficiais mais recentes no continente.

10h14 - Portugal e outros 22 países pedem tratado para combater futuras pandemias. António Costa junta-se aos representantes de outros 22 países e da OMS para defender a criação de um tratado internacional para dar resposta a futuras emergências sanitárias. A ideia partiu do presidente do Conselho Europeu, mas é defendida por países extra-UE.

10h05 - O Equador fecha as suas praias para as férias da Páscoa. O Equador vai fechar as suas praias de sexta-feira a domingo, na sequência de um acordo entre as autoridades locais e o governo para reforçar as restrições perante uma nova vaga de Covid-19, anunciou o ministro do Interior, Gabriel Martinez.

09h46 - Com desconfinamento, confiança dos consumidores e clima económico crescem. Os indicadores de confiança dos consumidores e de clima económico aumentaram em março, mês em que se iniciou o plano de desconfinamento traçado pelo Governo, de acordo com os dados divulgados pelo INE, esta terça-feira. 

09h40 - Decorre a conferência de imprensa da OMS sobre a evolução da pandemia. Acompanhe aqui:

09h32 - Pedir apoio à família de períodos anteriores? Tem até hoje para o fazer.  O apoio à família abrange os trabalhadores com filhos até 12 anos que tenham de faltar ao trabalho devido ao encerramento das escolas por causa da pandemia de Covid-19 e esteve em vigor em 2020, tendo sido reativado este ano pelo Governo com o atual confinamento

09h25 - Mario Draghi foi vacinado com vacina da AstraZeneca. O primeiro-ministro italiano Mario Draghi, de 73 anos, e a sua mulher, Maria Serenella Cappello, foram hoje vacinados com a vacina da AstraZeneca, como previsto no calendário de vacinação da região de Lazio, segundo fontes governamentais. Draghi dirigiu-se à estação ferroviária central de Roma, Termini, onde foi instalado um centro de vacinação.

09h20 - "Manifestamente difícil" encontrar origem do vírus. O enviado especial ao Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Covid-19, David Nabarro, admitiu hoje que é "manifestamente difícil" encontrar a origem do vírus que causou a pandemia, mas que se trabalha com várias hipóteses.

08h56 - Lisboa inicia amanhã Programa de Testagem. Que freguesias envolvidas? Começa esta quarta-feira, dia 31 de março, o Programa Municipal de Testagem à Covid-19 da Câmara de Lisboa, no âmbito do qual todos os munícipes a partir dos 16 anos das freguesias com mais de 120 casos por 100 mil habitantes poderão fazer dois testes gratuitos por mês nas farmácias aderentes, mediante marcação prévia, para monitorizarem se estão ou não infetados com o novo coronavírus.

08h47 - Parlamento discute redução do número de alunos por turma e provas finais.  O Parlamento vai discutir na quarta-feira sete diplomas que preveem a redução do número de alunos por turma e mudanças nos exames e provas finais deste ano, medidas que os proponentes consideram urgentes devido à pandemia de Covid-19.

08h40 - Mais de 400 profissionais da saúde morreram na Venezuela. A organização não-governamental Médicos Unidos da Venezuela (MUV) disse hoje que 408 médicos e profissionais de saúde morreram desde o início da pandemia de Covid-19 no país, em março de 2020, 15 só este mês.

08h30 - Prolongamento de apoios é crucial para as salas de programação musical.  As salas de programação musical de Lisboa, sem data prevista de reabertura, só vislumbram um futuro para lá deste ano se os apoios que têm recebido forem prolongados, caso contrário, será o fim de um Circuito.

08h20 - Laboratório chinês desenvolve vacina contra variante brasileira.  
Numa conferência de imprensa do Mecanismo Conjunto de Prevenção e Controlo do Conselho de Estado da China, o diretor-geral da Sinovac Biotech, Gao Qiang, disse que o laboratório arrancou já com a pesquisa e desenvolvimento de novas vacinas.

08h00 - Polícias sentem-se "exaustos" um ano após fiscalizações sucessivas.  A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) alertou hoje para a situação em que se encontram os polícias que fiscalizam as regras do estado de emergência, afirmando que se sentem "exaustos" e "maltratados".

07h50 - Pfizer e Moderna altamente eficazes. As vacinas da Pfizer e da Moderna contra a Covid-19 são altamente eficazes após a primeira injeção, mostra estudo no "mundo real", realizado pelo Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC). Os resultados validam números de ensaios clínicos anteriores.

07h29 - Covid-19: 55% dos sobreviventes de AVC ainda não retomou tratamentos. Mais de metade dos doentes que sobreviveram a um AVC inquiridos num estudo disseram que devido à pandemia ainda não conseguiram retomar os tratamentos de reabilitação e apenas um terço teve as consultas médicas de seguimento de "forma habitual".

07h22 - Candidato à presidência do Peru quer tratar Covid-19 com aguardente.  O candidato do centro-esquerda à presidência do Peru Yonhy Lescano, pertencente ao partido Ação Popular, insistiu em tratar os sintomas da Covid-19 com sal e aguardente de cana-de-açúcar, uma "receita" que carece de qualquer evidência científica.

07h19 - Argentina confirma presença de variante brasileira. A Argentina registou na segunda-feira 14.014 novos casos de covid-19, o pior registo desde final de outubro, no mesmo dia em que um relatório confirmou a circulação das variantes detetadas no Brasil e Califórnia.

07h15 - A Índia contabilizou 271 mortes provocadas por Covid-19 e 56.211 casos nas últimas 24 horas, quase menos 12 mil que na véspera, quando foram diagnosticadas 68.020 infeções, de acordo com os dados oficiais.

07h10 - OMS divulga oficialmente relatório sobre origem da pandemia. A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulga hoje oficialmente o relatório sobre as origens do novo coronavírus que, desde dezembro de 2019, está na origem da pandemia mundial de Covid-19. O relatório conjunto da OMS e especialistas chineses concluiu que a transmissão do vírus SARS-CoV-2 para humanos a partir de um animal intermediário é uma hipótese "provável a muito provável" 

07h08 - Anseia-se por turistas.  Os empresários do Algarve anseiam por turistas e antecipando mais um verão fraco face às restrições para conter a pandemia de Covid-19 temem que muitas empresas não consigam aguentar o inverno e abram falência.

07h05 - Situação da pandemia está no momento mais grave. O presidente da República timorense considerou que a situação da pandemia de Covid-19 em Timor-Leste é hoje mais preocupante que nunca, com o número de casos a alcançarem novos máximos, obrigando a prolongar o estado de emergência.

07h02 - Enquanto dormia:

07h00 - Bom dia! Damos início ao acompanhamento da Covid-19 ao MINUTO. Pode recordar os acontecimentos anteriores aqui.

Leia Também: Covid-19. Marcelo promulga teletrabalho obrigatório até ao fim do ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório