Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

AO MINUTO: Desconfinamento 'a sair'. Testagem em todas as escolas

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Desconfinamento 'a sair'. Testagem em todas as escolas

Depois de ouvir os especialistas na reunião do Infarmed, de consultar o Governo e os nove partidos com assento parlamentar, o Presidente da República enviou para a Assembleia da República o decreto presidencial para a renovação, por mais 15 dias, do Estado de Emergência. As audiências começaram de manhã pelas 11h e decorram até às 17h, por esta ordem: CDS-PP, Chega, PEV, PAN, Iniciativa Liberal, PCP, BE, PSD e PS.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou, esta manhã, a norma relativa à vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca, de forma a permitir a sua utilização sem reservas a partir dos 18 anos. Pessoas com trissomia 21 e professores entram no grupo dos prioritários.

Portugal somou, esta quarta-feira, mais 642 novos casos e 22 mortes relacionados com a Covid-19, indicou o boletim epidemiológico da DGS. Este número de mortos é o mais baixo desde 25 de outubro, dia em que 19 pessoas perderam a vida.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Boa noite, este registo fica por aqui, mas pode continuar a acompanhar-nos na manhã de quinta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes.

Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24
SNS24 da Madeira: 800 24 24 20
SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h53 - A Jordânia anunciou hoje a extensão do recolher obrigatório em vigor, bem como o encerramento dos jardins públicos e clubes desportivos, perante o avanço da pandemia do novo coronavirus no país. O ministro da Informação e porta-voz do governo, Sakhar Douddine, que anunciou as medidas na televisão do Estado, indicou que também era suprimida a autorização de uma hora dada aos fiéis para irem à mesquita à sexta-feira.  

22h44 - O Conselho de Ministros reúne-se na quinta-feira para aprovar um plano do Governo de desconfinamento do país, o qual será gradual, diferenciado em termos de abertura de atividades e flexível em função de indicadores de risco. Este plano deverá apresentado pelo primeiro-ministro, António Costa, em conferência de imprensa, no final da reunião do Governo, após a Assembleia da Republicar votar a proposta de decreto presidencial para a renovação do estado de emergência a partir de 17 de março.

22h07 - O Brasil ultrapassou hoje, pela primeira vez, a barreira das duas mil mortes diárias devido à covid-19 (2.286), um novo recorde pelo segundo dia consecutivo, informou o Ministério da Saúde brasileiro. Com o número de óbitos hoje registado, o país sul-americano totaliza 270.656 vítimas mortais, sendo a segunda nação em todo o mundo com mais mortes pelo novo coronavírus, apenas atrás dos Estados Unidos. Além disso, o Brasil contabilizou ainda 79.876 novos casos, o terceiro dia com mais diagnósticos positivos desde que a covid-19 chegou ao país, em fevereiro do ano passado, segundo o último boletim epidemiológico da tutela da Saúde, num total de 11.202.305 infetados.

21h44 - O Governo anunciou, esta quarta-feira, que o Ministério da Educação e o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social irão implementar o processo de testagem "em todos os estabelecimentos de ensino e respostas sociais de apoio à infância". Creches e escolas privadas estão incluídas na implementação desta medida.

21h36 - O desenvolvimento de uma vacina portuguesa contra a Covid-19 custaria cerca de 45 milhões de euros, sendo necessário investir mais 100 milhões numa infraestrutura para passar à fase de produção, estimou hoje a investigadora Teresa Summavielle. A fase inicial de desenvolvimento do fármaco contra o SARS-CoV-2 está estimada num montante entre os 500 mil euros e um milhão de euros, avançou a cientista, ao assegurar que Portugal tem "absoluta capacidade de desenvolver" este trabalho de investigação.  

21h30 - O chefe do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, deu hoje parecer favorável à renovação da declaração do estado de emergência até 31 de março devido à pandemia de Covid-19, foi hoje anunciado. "O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, deu hoje parecer favorável à declaração do estado de emergência, na sequência de parecer solicitado pela Presidência da Assembleia da República ao pedido de autorização do Senhor Presidente da República para renovação da declaração do Estado de Emergência", é referido numa nota do gabinete do líder do executivo madeirense. 

21h24 - A Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel (USISM) vai abrir, na quinta-feira, um novo posto de vacinação contra a Covid-19 em Ponta Delgada, nas Portas do Mar, que permite "dar continuidade" à 1.ª fase. De acordo com uma nota enviada hoje pelo Governo Regional, a criação deste posto de vacinação, que entra em funcionamento na quinta-feira, "vai permitir dar continuidade, de imediato, à 1.ª fase de vacinação, abrangendo agora profissionais de saúde do privado e forças de segurança".  

21h04 - O ex-bastonário da Ordem dos Farmacêuticos, Aranda da Silva, garantiu hoje que o setor farmacêutico europeu e mundial apresenta capacidade excedentária de produção, numa altura em que vários países se debatem com escassez de vacinas da Covid-19. "Como é que é possível falar-se em dificuldades na produção [de vacinas], quando se sabe que há capacidade excedentária, ao nível europeu e mundial", questionou o antigo bastonário num debate sobre as vacinas contra o vírus SARS-CoV-2 promovido pelos eurodeputados do Bloco de Esquerda (BE), Marisa Matias e José Gusmão.

20h59 - A Madeira tem hoje 48 novos casos de covid-19, elevando para 7.719 casos de infeção na região desde março de 2020, revelou a Direção Regional da Saúde. Segundo a autoridade de saúde regional, entre os novos casos um é importado da região de Lisboa e Vale do Tejo e 47 são de transmissão local.  

20h56 - O projeto de decreto presidencial que renova o estado de emergência mantém que deve ser definido um "plano faseado de reabertura das escolas" e prevê agora que seja articulado com "testagem, rastreamento e vacinação". "Deverá ser definido um plano faseado de reabertura com base em critérios objetivos e respeitando os desígnios de saúde pública, designadamente articulando com testagem, rastreamento e vacinação", lê-se no artigo do decreto que limita a liberdade de aprender e ensinar.  

20h33 - Já está na Assembleia da República o projeto de decreto presidencial para a renovação do atual Estado de Emergência. Tal como previsto, e à semelhança da última renovação, não há alterações. Depois de ouvir os especialistas na reunião do Infarmed, de consultar o Governo e os nove partidos com assento parlamentar, o Presidente da República enviou para a Assembleia da República o decreto presidencial para a renovação, por mais 15 dias, do Estado de Emergência.  

20h26 - A Espanha registou hoje 13.459 novos casos de Covid-19, elevando para 3.178.442 o total de infetados até agora no país, no dia em que Governo e regiões chegaram a acordo sobre as medidas mínimas a aplicar na Páscoa. O Ministério da Saúde espanhol também contabilizou mais 234 mortes desde terça-feira atribuídas à Covid-19, passando o total de óbitos para 71.961.  

20h00 -  A França registou mais de 30 mil novos casos nas últimas 24 horas e o país vai prolongar o confinamento em cidades como Nice e Dunquerque devido ao contínuo aumento de casos que chegam aos hospitais. O número de casos está progressivamente a aumentar com 30 mil novos casos registados hoje, face aos 26.788 na véspera, com o total de casos positivos no país a subir para 3.963.165 desde o início da pandemia.

19h56 - Angola registou 47 novos casos de Covid-19 em 24 horas, assim como 84 recuperações da doença nas últimas 24 horas, anunciou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda. Dos novos casos, 43 foram registados na província de Luanda, dois em Benguela e dois no Namibe, com idades entre os 02 e os 69 anos, sendo 20 do sexo masculino e 27 do sexo feminino. De acordo com as autoridades de saúde angolanas não foi registada qualquer morte devido à doença.  

19h44 - A CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o brasileiro Instituto Butantan, é eficaz contra as três novas estirpes do coronavírus em circulação no Brasil, informou hoje o governo de São Paulo. A informação foi avançada pelo governador de São Paulo, João Doria, referindo-se a uma investigação realizada por cientistas do Instituto Butantan e do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP).  

19h33 - Ilha do Corvo a uma dose de atingir a imunidade de grupo. Em breve, a ilha açoriana fará história ao tornar-se no primeiro território nacional a atingir a imunidade de grupo

19h22 - Apoio à retoma prolongado até setembro e com mais descontos de TSU. "Tomámos uma decisão de prolongar o regime do apoio à retoma progressiva até setembro deste ano, eventualmente mantendo até níveis mais intensos de redução da TSU para as empresas que estão neste regime", referiu o ministro Pedro Siza Vieira durante um debate 'online' sobre a retoma da economia, as medidas de apoio às empresas e a estratégia económica para o período pós-pandemia organizado pela CCIP - Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa

19h10 - Guiné-Bissau aprova três vacinas. "Trata-se das vacinas da Pfizer/BioNTech, Astrazeneca/Oxford e AstraZeneca do Serum Institute da Índia, as quais serão integradas no Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19, submetido ao Mecanismo de Acesso Global para Vacinas Covid-19 (COVAX) a 9 de fevereiro do corrente ano e já aprovado", refere o comunicado do Alto Comissariado para a Covid-19 da Guiné-Bissau

18h57 - Variante detetada no Reino Unido é 64% mais fatal.  A variante do coronavírus detetada inicialmente no Reino Unido é não só mais contagiosa, como também 64% mais mortal do que o coronavírus 'clássico', conclui um estudo publicado hoje. Para mil casos detetados, a variante do Reino Unido provoca 4,1 mortes, contra 2,5 no caso do SARS-CoV-2 clássico, concluíram os autores do trabalho publicado na revista médica BMJ e que confirma primeiras observações feitas no final de janeiro..

"Há uma elevada possibilidade de o risco de mortalidade ser aumentado por uma infeção" pela variante detetada no Reino Unido, escreveram os investigadores das universidades britânicas de Exeter e de Bristol.

18h44 - Segurança Social pagou, no último ano, mais de três milhões em apoios extraordinários para atenuar os impactos económicos da pandemia, abrangendo 2,7 milhões de pessoas e 166 mil empresas, anunciou hoje a ministra da tutela

18h12 - O que os nove partidos ouviram (e disseram) ao Presidente Marcelo? O chefe de Estado ouviu esta quarta-feira os nove partidos com assento parlamentar sobre a possível renovação do Estado de Emergência, que a confirmar-se será já o 13º desde o início da pandemia no país. Mas, desta vez, foi o plano de desconfinamento que 'dominou'

18h06 - Terminaram as reuniões em Belém. O porta-voz do PS já fala aos jornalistas, tendo afirmado que o desconfinamento que se avizinha "deve ter flexibilidade para corrigir e retificar medidas", assim como "recuar caso seja necessário"

17h50 - Na véspera da realização do voo - o segundo deste ano - de repatriamento de portugueses no Brasil, o Governo acaba de anunciar mais um voo TAP que irá realizar-se na próxima semana, dia 16

"Informa-se que será realizado no dia 16 de março um novo voo, operado pela TAP Air Portugal, entre S. Paulo (Aeroporto Internacional de Guarulhos) e Lisboa, autorizado pelo Governo português e pelas autoridades competentes em matéria de aviação civil", lê-se no comunicado da embaixada.

17h45 - Itália regista 22.409 novos casos e 332 mortes nas últimas 24 horas, números em linha com o agravamento dos últimos dias, o que levou o governo a preparar novas medidas de contenção

O país tem três regiões confinadas, a Campânia, Basilicata e Molise, enquanto a maioria está no nível "laranja", de risco intermédio. No entanto, o governo do primeiro-ministro Mario Draghi está a estudar novas medidas de contenção e reuniu-se hoje à tarde com colaboradores e assessores técnico-científicos em Roma.

17h12 - O líder do PSD disse estar "preocupado" com o facto de ter sido informado, durante a reunião com o chefe de Estado, de que o valor do "Rt estará já acima de 0,9, o que é preocupante". Quanto à reabertura das escolas, disse não ter qualquer informação, mas vincou desde já que o PSD não percebe "que se façam testes aos professores do ensino público e não se façam testes aos professores do ensino privado"

17h05 - Reino Unido reforça testes em Londres por causa de variante. Nas últimas 24 horas, o país registou 190 mortes e 5.926 casos, divulgou o Governo britânico, que hoje reforçou a realização de testes no sul de Londres para travar a transmissão de uma variante considerada preocupante

16h48 - A televisão SIC está a avançar com a informação de que as creches e os estabelecimentos do pré-escolar vão reabrir na próxima terça-feira, dia 16, e que será também possível a venda ao postigo.

Além disso, revela ainda a estação, que o Governo está a estudar a possibilidade de reabrir também na próxima semana cabeleireiros e livrarias.

16h33 - Montenegro pede ajuda urgente. O governo de Montenegro, o país dos Balcãs mais afetado pela doença Covid-19, pediu à União Europeia e Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) ajuda urgente em pessoal médico

16h30 - "Desconfinamento tem de se iniciar com cautela, mas este é o tempo". Após a reunião, por videoconferência com o Presidente, a coordenador do Bloco de Esquerda defendeu que a situação epidemiológica no país já permite o arranque do desconfinamento, ainda que de forma gradual.

"O desconfinamento tem de se iniciar de uma forma cautelosa, mas este é o tempo. Há uma descida consistente do número de pessoas infetadas, bem como do número de pessoas internadas e em cuidados intensivos", argumentou Catarina Martins. 

16h21 - Resposta dos hospitais de Coimbra à primeira vaga vai ser contada em livro. "Foram os profissionais do CHUC, com o seu saber e experiência, com o seu profissionalismo e sentido humano e de pertença, que fizeram acontecer a resposta pronta e adequada, que este livro reflete, no combate à Covid-19", afirma o coordenador da edição, Fernando Regateiro, na obra 'CHUC e a pandemia Covid-19'.

Editado pela Diário de Bordo, o livro, com 321 páginas, "congrega contributos de mais de 60 profissionais do CHUC e do Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde do Centro que, no terreno, planearam e fizeram acontecer a resposta à primeira vaga", disse hoje Fernando Regateiro à agência Lusa.

16h15 - Ordem dos Médicos quer relatório da IGAS sobre lar com "caráter de urgência". Miguel Guimarães pediu "com urgência" o relatório da IGAS sobre o surto de Covid-19 no lar de Reguengos de Monsaraz e criticou este órgão por falar em questões deontológicas e disciplinares que "não são da sua competência"

16h11 - EUA compram mais 100 milhões de doses da vacina da Johnson & Johnson, duplicando o pedido inicial, anunciou hoje o Governo norte-americano

16h07 - Testes nas escolas privadas? Vacinação e testagem "não é comparável". O secretário de Estado da Saúde considera que a vacinação do pessoal docente e não docente das escolas, incluindo privadas, não é comparável à realização de rastreios apenas nos estabelecimentos de ensino públicos.

"A primeira comunicação que fizemos sobre a vacinação [contra a Covid-19] foi que era universal, voluntária e gratuita. Portanto, não está em causa, nem nunca estaria em causa, qualquer questão relativamente a este tema. Não é comparável", disse Diogo Serras Lopes

15h56 - O ministro da Economia admitiu hoje que algumas áreas podem começar a desconfinar antes da Páscoa, mas disse que o Governo ainda não sabe quais, porque quer decidir de forma segura e informada, com base nas auscultações que tem feito.

"Os especialistas disseram que há condições para se fazer alguma coisa antes da Páscoa. O quê e a que ritmo, é que é uma decisão que ainda não foi tomada" (Pedro Siza Vieira)Sem avançar com datas, nem especificar os setores que abrirão primeiro, o ministro Adjunto e da Economia afirmou que o processo de desconfinamento será "gradual e progressivo", dependendo da evolução geográfica da pandemia da Covid-19, e que o Executivo vai ter em conta as recomendações epidemiológicas, económicas e sociais que tem recebido nas auscultações que fez aos especialistas, partidos políticos e hoje aos parceiros sociais.

"Estamos a ouvir o mais possível para recolher opiniões, para tomar uma decisão, que, em última análise, será política", afirmou o ministro, vincando que este "é um exercício difícil" e que "a grande dificuldade tem a ver com o facto de que não há regras e certezas absolutas para agir".

15h35 - O Governo revela, na rede social Twitter, que já foram administradas, até à data, 1.055.085 vacinas contra a Covid-19 em Portugal. Das vacinas já administradas, 757.663 dizem respeito a primeiras doses e 297.422 a segundas inoculações, pode ler-se na página 'Covid 19 estamos ON'. 

15h24 - Pelo menos 300 casas foram destruídas e o principal laboratório de testes à Covid-19 fortemente danificado, após as explosões de domingo na cidade equato-guineense de Bata, segundo um relatório das Nações Unidas hoje divulgado. De acordo com documento do gabinete das Nações Unidas para a Coordenação dos Assuntos Humanitários (OCHA), as imagens de satélite mostram que as explosões causaram "danos consideráveis" num raio de 800 metros.  

15h17 - O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, foi hoje de manhã transferido para a Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de S. Teotónio, devido à Covid-19, informou a autarquia. "O agravamento da insuficiência respiratória levou à necessidade de entubação e ventilação mecânica", explica a autarquia, em comunicado.  

15h03 - Recorde que Portugal somou mais 642 novos casos e 22 mortes relacionados com a Covid-19, indicou o boletim epidemiológico da DGS. Este número de mortos é o mais baixo desde 25 de outubro, dia em que 19 pessoas perderam a vida. O relatório de hoje dá ainda conta de 3.961 recuperados nas últimas 24 horas, subindo o total para 738.179.

15h00 - Boa tarde, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia no país e no mundo. Pode recordar o anterior aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Número de mortos em Portugal é o baixo desde 25 de outubro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório