Meteorologia

  • 12 MAIO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 22º

Edição

Construção do terminal de cruzeiros na ilha de São Vicente avança em março

O primeiro-ministro cabo-verdiano anunciou hoje que as obras de construção do terminal de cruzeiros de São Vicente arrancam em março, com a adjudicação da empreitada, uma das maiores obras públicas dos últimos anos no país.

Construção do terminal de cruzeiros na ilha de São Vicente avança em março

algo que está em processo e vai ser concretizado", afirmou Ulisses Correia e Silva, durante a inauguração da sede da Autoridade da Zona Económica Especial Marítima em São Vicente, um "projeto estruturante" para a ilha e cujo "conceito" está apoiado igualmente no terminal de cruzeiros.

"Em princípios de março estaremos a fazer o ato de adjudicação", anunciou o governante, embora sem revelar o consórcio de empresas selecionado.

Segundo uma nota da Enapor, empresa estatal que gere os portos do país, a primeira fase do concurso público para esta empreitada terminou em agosto do ano passado com a pré-seleção de cinco grupos empreiteiros: Afcons Infrastructures (Índia), Conduril Engenharia (Portugal), consórcio Mota-Engil/Empreitel Figueiredo (Portugal/Cabo Verde), consórcio Sogea-Satom/Dumez Maroc (França/Marrocos) e Soletanche Bachy International (França).

O ministro da Economia Marítima cabo-verdiano, Paulo Veiga, disse no final de janeiro que já foi escolhida a empresa para construir o terminal de cruzeiros e que o contrato vai ser assinado em breve após aprovação dos financiadores.

"Brevemente vamos assinar o contrato da obra do terminal de cruzeiros", perspetivou o governante, lembrando que Portugal é um dos países que presta apoio para o desenvolvimento das competências para a gestão do terminal de cruzeiros.

Questionado sobre o nome do consórcio vencedor, o ministro disse que prefere esperar pela manifestação dos financiadores para não criar expectativas.

O terminal de cruzeiros da ilha de São Vicente será um dos maiores investimentos públicos recentes no arquipélago, que deveria arrancar em 2019, mas sofreu sucessivos atrasos, devido à pandemia de covid-19.

Deverá receber anualmente 200.000 turistas de cruzeiro, prevê a construção de dois pontões para atracação de navios com mais de 400 metros de extensão e de uma vila turística.

A obra é cofinanciada pela Fundo Orio, dos Países Baixos, e pelo Fundo OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) para o Desenvolvimento Internacional, que têm de se pronunciar sobre esta fase do concurso.

Os trabalhos vão envolver a reivindicação de uma área de terra, denominada "Ponte Terrestre", com 2.700 metros quadrados (m2), e a dragagem de aproximadamente 124.000 metros cúbicos na bacia portuária e no canal de acesso.

Entre outras características, o projeto prevê ainda a construção de um pontão de atracação de 400 metros de extensão com 11 metros de profundidade e outro de 450 metros com 9,5 metros de profundidade, além de um cais com uma largura de 12 metros, uma gare de passageiros, uma vila turística e uma zona imobiliária.

Prevê também a construção de um edifício de receção aos turistas com cerca de 900 m2, e instalações com 6.150 m2 para estacionamento de táxis e autocarros de apoio.

Oito portos de Cabo Verde receberam em 2020 mais de 18 mil turistas em navios de cruzeiro, número que a pandemia de covid-19 reduziu em 63,4% face a 2019.

De acordo com o relatório de tráfego anual elaborado pela Enapor, foram movimentados 40 navios de cruzeiro em todo o ano de 2020, metade dos quais -- e 10.690 turistas - no Porto Grande, cidade do Mindelo, ilha de São Vicente, construído em 1962.

No total, oito portos de Cabo Verde receberam, essencialmente no primeiro trimestre de 2020 - tendo o país limitado o acesso no resto do ano devido à pandemia - 18.872 passageiros.

Cerca de 48.500 turistas em viagens de cruzeiro visitaram Cabo Verde em 2019, um novo recorde anual, com 149 navios de cruzeiro, segundo a Enapor.

Leia Também: Cabo Verde e Portugal retratam em teatro obra de cientista João Vário

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório