Meteorologia

  • 06 MARçO 2021
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

Ataque aéreo atribuído a Israel faz quatro mortos na Síria

Aviões de combate israelitas dispararam vários mísseis na zona central da Síria provocando a morte de quatro pessoas da mesma família, incluindo duas crianças, indica a agência oficial de Damasco.

Ataque aéreo atribuído a Israel faz quatro mortos na Síria
Notícias ao Minuto

10:13 - 22/01/21 por Lusa

Mundo Síria

A agência de notícias do regime sírio, SANA, cita fontes militares que referem que o ataque ocorreu"nofinal da madrugada" tendo os aviões israelitas sobrevoado primeiro território libanês.

O gabinete do primeiro-ministro de Israel declinou qualquer comentário sobre a notícia da SANA.

Israel lançoucentenasataques contra as forças iranianas que apoiam Damasco na Síria, nos últimos anos mas raramente reconhece ou comenta as operações aéreas ou de artilharia de campanha.

De acordo com os militares sírios, o ataque desta madrugada atingiu vários alvos na província de Hama tendo o sistema antiaéreo disparado vários mísseis contra os aviões.

A mesma fonte disse que o ataque matou quatro pessoas da mesma família: um casal e os dois filhos menores.

No mesmo ataque ficaram feridosquatro civis e três casas foram destruídas.

Trata-se do primeiro ataque aéreo israelita contra a Síria após a tomada de posse de Joe Biden como 46.º presidente dos Estados Unidos.

As tensões no Médio Oriente têm-se acentuado no Médio Oriente numa altura em que se assinala o primeiro ano sobre a morte do comandante da Guarda Revolucionária do Irão, em Bagdade, pelas forças dos Estados Unidos.

No passado dia 13 de janeiro, aviões de combate israelitas lançaram um ataque no leste da Síria, aparentemente contra posições das forças iranianas aliadas de Damasco.

Pelo menos 57 combatentes do Irão morreram e dezenas ficaram feridos, segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, com sede em Londres, e que dispõem de uma vasta rede de informadores no país.

A organização não-governamental registou 39 ataques de Israel contra a Síria em 2020, atingindo 135 alvos incluindo postos militares, armazéns e veículos.

Israel considera a presença de iranianos junto à fronteira norte "linha vermelha" e lança ataques contra os comboios de veículos militares que abastecem o Hezbollah (Partido de Deus) no Líbano.

Paralelamente intensificam-se os voos militares de baixa altitude sobre território libanês por parte da aviação israelita aumentando os receios da população civil.

Leia Também: UE acrescenta MNE sírio a sanções contra regime de Bashar Al-Assad

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório