Meteorologia

  • 07 MARçO 2021
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

AO MINUTO: Fronteiras mantêm-se abertas; Voos com Reino Unido suspensos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Fronteiras mantêm-se abertas; Voos com Reino Unido suspensos

A Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgou o boletim epidemiológico desta quinta-feira, que deu conta de 13.544 novos casos de Covid-19 e 221 mortes, um novo recorde. Em termos globais, Portugal contabiliza 595.149 casos de infeção e 9.686 óbitos. O número de recuperados fixa-se em 434 mil. Os casos ativos superam agora os 150 mil.

Mais de 5.600 pessoas estão internadas nos hospitais (mais de 700 nas unidades de cuidados intensivos).

O Ministério da Saúde esclareceu hoje que Portugal já assegurou mais de 31 milhões de doses de vacinas, o que corresponde "a doses suficientes para se vacinar mais de 18 milhões de pessoas".

Após muitas críticas pelo facto de as escolas permanecerem abertas, António Costa anunciou que as escolas vão fechar por um período de 15 dias. "Quisemos evitar, mas não podemos evitar face à alteração do vírus porque, apesar de os especialistas dizerem que este vírus não afeta mais a saúde, parece ter maior carga viral", justificou o primeiro-ministro.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

00h00 - Termina aqui o registo desta quinta-feira. De manhã publicaremos um novo artigo no qual vai poder continuar a acompanhar os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no resto do mundo. E, não se esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

23h54 - Marcelo Rebelo de Sousa promulgou hoje o decreto do Governo que procede à alteração da regulamentação do Estado de Emergência, devido ao contexto pandémico, depois de terem sido apresentadas novas medidas restritivas, como o encerramento das escolas.

23h49 - O governo francês está agora a recomendar o uso de máscaras cirúrgicas em público, pois oferecem melhor proteção do que as máscaras de tecido.

"A recomendação que eu faço ao povo francês é para não usarem máscaras de tecido", disse o ministro da Saúde, Olivier Véran, em declarações à TF1.

23h38 - A Casa Branca retomou hoje as atualizações da evolução da pandemia de Covid-19, com o infecciologista Anthony Fauci, que havia sido relegado para segundo plano pela administração do ex-presidente Donald Trump.

"Poder vir aqui, falar daquilo que conheço, das provas, da ciência, faz-me sentir de certa forma uma libertação", disse Fauci, que reconheceu ter enfrentado "situações desconfortáveis" com a anterior administração.

No futuro, adiantou Fauci, a regra será "se não sabes a resposta, não tentes adivinhar".

23h32 - O presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou esta noite que os passageiros europeus que se desloquem a França para viagens não essenciais vão ter de apresentar um teste PCR negativo realizado no máximo 72 horas antes.

23h10 - Os líderes da União Europeia não chegaram hoje a acordo sobre certificados de vacinação para facilitar viagens no espaço comunitário, anunciou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, apontando "questões em aberto" que serão respondidas na "altura certa".

22h41 - O primeiro-ministro, António Costa, salientou hoje que os líderes europeus chegaram a um acordo para o reconhecimento mútuo dos testes rápidos da Covid-19, adiantando que este passo facilitará "a confiança" na liberdade de circulação no espaço europeu.

22h18 -O Ministério da Saúde brasileiro notificou, esta quinta-feira, mais 59.119 casos de infeção por novo coronavírus. O número total de casos confirmados no país, desde 26 de fevereiro, é agora de 8.697.368, segundo o site do Ministério da Saúde.

A tutela reporta ainda mais 1.316 mortos nas últimas 24 horas, o terceiro dia consecutivo com um número diário acima dos mil óbitos. O total de vítimas mortais acumuladas, por motivo do vírus SARS-CoV-2, é de 214.147.

22h06 - A Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve anunciou hoje o aumento de 50 camas para internamento de doentes não-covid com a contratualização de duas unidades hospitalares privadas que estavam desativadas em Faro e Lagos.

21h47 - O candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa passou hoje o dia no distrito do Porto, entre o Centro de Saúde da Batalha e o Centro Hospitalar de Gaia/Espinho, onde elogiou o esforço no combate à Covid-19.

"Este hospital está a receber doentes da área de Lisboa, de hospitais tão diversos como o Amadora-Sintra ou Santa Maria, conseguiu pôr de pé em 90 dias uma unidade de cuidados intensivos, abriu concurso com inúmeras empresas, com transparência e com eficácia construiu", salientou Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações à comunicação social, ao fim do dia.

21h45 - O Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (STEPH) defendeu hoje uma "reação rápida e eficaz" do INEM para minimizar a "enorme pressão que alguns hospitais estão sujeitos" devido ao aumento de casos de Covid-19.

21h37 - O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, alertou hoje, no Parlamento, que já há hospitais a fazer medicina de catástrofe, segundo testemunhos de profissionais de saúde.

"Este é o testemunho dos médicos e dos outros profissionais de saúde sobre o que está a acontecer no terreno", afirmou Miguel Guimarães.

21h25 - No final do Conselho Europeu, António Costa anunciou que Portugal vai suspender os voos com o Reino Unido.

A exceção são os voos de natureza humanitária para repatriar cidadãos portugueses e britânicos.

"O Governo decidiu interromper totalmente o voos para o Reino Unido e do Reino Unido para Portugal das 00h00 do próximo sábado", indicou esta noite o primeiro-ministro.

No entanto, as fronteiras vão manter-se abertas.

21h22 - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou hoje que agora será obrigatória a quarentena para todos os que chegam de avião aos Estados Unidos.

21h15 - A Madeira registou hoje 156 novos casos de Covid-19, um novo máximo, 90 recuperações e 271 situações suspeitas, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 1.831.

20h49 - O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, está esta noite no Jornal da Noite da TVI para, disse, desde logo "dar a cara" também "nos maus momentos". Saliente-se que hoje foi o dia com mais vítimas mortais desde o início da pandemia no país - 221 óbitos.

Nesse sentido, vingou, "este confinamento é mesmo muito importante", afirmou o governante garantindo que "faremos todo o esforço para ir ao limite máximo", revelando que "cerca de 10% dos infetados" estão internados.

20h20 - O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, explica através do Twitter as regras hoje aprovadas em Conselho de Ministros e que visam o encerramento das escolas, e a suspensão das aulas, a partir de amanhã e durante os próximos 15 dias.

20h04 - A Fenprof quer que esta pausa letiva anunciada pelo Governo sirva para preparar o "tempo seguinte", tendo em conta as duas realidades: o ensino presencial e o ensino remoto.

"Os quinze dias que temos pela frente terão de ser aproveitados por Ministério da Educação e Governo para preparação do tempo seguinte, sendo que ninguém consegue hoje dizer se as condições sanitárias, dentro de duas semanas, já permitirão o retorno à atividade letiva presencial", assinala a Fenprof.

19h55 - O governo sul-africano vai pagar mais do que os países europeus pelas primeiras vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas pela AstraZeneca na Índia, noticiou a imprensa sul-africana.

De acordo com o diretor-geral adjunto do Ministério da Saúde, Anban Pillay, citado pelo jornal sul-africano Business Day, a África do Sul irá pagar 5,25 dólares (4,32 euros) por cada dose da vacina da AstraZeneca produzida pelo Instituto Serum da Índia (SII, na sigla em inglês).

Alguns países europeus como a Itália, Alemanha, Holanda e França negociaram, em junho, a compra de 300 milhões de doses à AstraZeneca por cerca de 2,50 dólares (2,05 euros) por injeção, como parte de um acordo europeu para o fornecimento daquela vacina.

19h41 - Durante o período em que as escolas vão estar encerradas, o município de Oeiras vai assegurar a distribuição de refeições aos alunos carenciados.

Num comunicado, a autarquia refere que também vai disponibilizar apoio psicológico para os alunos e famílias, assim como um serviço de acolhimento para os filhos de profissionais de funções essenciais.

19h35 - A primeira fase de vacinação contra a Covid-19 em São Tomé e Príncipe poderá ocorrer entre meados de março e princípios de abril, prevendo-se que numa primeira fase seja vacinada 20% da população, segundo fonte oficial.

19h33 - A cidade brasileira do Rio de Janeiro só deverá voltar a celebrar o carnaval em 2022, após a decisão da prefeitura de cancelar as festividades previstas para julho deste ano, devido ao agravamento da pandemia.

19h32 - A vacinação contra a Covid-19 em Manaus, no Brasil, foi hoje suspensa após denúncias de irregularidades na aplicação das doses, estando a ser investigada a receção do imunizante por pessoas não prioritárias.

19h30 - Os Estados-membros da União Europeia acordaram hoje por unanimidade uma recomendação que estabelece um quadro comum para a utilização de testes rápidos de antigénio para a Covid-19 e reconhecimento mútuo dos resultados por toda a União.

19h29 - O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), sediado em Penafiel, vai abrir um novo espaço com quatro camas, para colmatar a "ocupação praticamente esgotada" em cuidados intensivos, informou hoje fonte hospitalar.

19h27 - Um novo surto de Covid-19 com pelo menos 40 infetados, entre residentes e funcionários, foi detetado no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Grândola (Setúbal), revelou hoje a Autoridade de Saúde Pública local.

19h08 -A França registou esta quinta-feira mais 22.848 novas infeções por novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo as autoridades sanitárias. No total, já foram identificados 2.987.965 casos positivos.

O número total de mortes aumentou esta terça-feira para 71.998, com mais 358 óbitos registados no último dia.

18h40 - Rui Rio está a falar sobre a decisão do Governo de encerrar as escolas por um período de 15 dias. "Temos de lamentar que agora fechem as escolas e os alunos fiquem numa situação pior do que em abril, porque agora não vão ter as aulas à distância. O Governo teve meses para se preparar para isso", criticou Rio.

O presidente do PSD sublinhou que é importante a "união da nação" face à "situação dramática" causada pela pandemia e apelou ao cumprimento das regras em vigor.

Rio considerou ainda que o "Governo tem de entrar na linha".

18h32 -O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta quinta-feira, um acréscimo de 44.357 casos positivos ao balanço total, um novo máximo diário. O número total de casos de pessoas com diagnóstico positivo confirmado pelo teste PCR é agora de 2.456.675.

As autoridades sanitárias registaram, ainda, a morte de 404 pessoas nas últimas 24 horas.Em termos globais, Espanha já contabiliza 55.041 mortes desde o início da crise pandémica.

18h18 - O diretor regional da Saúde do Governo dos Açores, Berto Cabral, estimou hoje que, "depois do verão", toda a população do arquipélago esteja vacinada contra o novo coranovírus, apesar dos "avanços e recuos" no processo.

17h51 - A bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, Ana Paula Martins, alertou hoje que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) necessitam entre 200 e 250 profissionais desta área, que desempenham "funções determinantes" como a vacinação contra a Covid-19.

17h33 - Dois médicos morreram com Covid-19 nos últimos dois dias, revelou hoje o bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, durante uma audição no Parlamento.

"Desde há muito tempo que não é dada qualquer informação sobre os profissionais de saúde", disse Miguel Guimarães.

"Só nos últimos dois dias faleceram dois médicos com Covid-19, que estavam obviamente a trabalhar. Esta é uma realidade que nos começa a escapar. O número de infetados médicos, as necessidades que estão a acontecer no terreno e o impacto na vida das pessoas", sublinhou Miguel Guimarães.

17h32 - O conteúdo e a forma como o governo e a Direção-Geral da Saúde estão a comunicar sobre a Covid-19 no quadro do atual agravamento da pandemia em Portugal devem mudar, defendem especialistas de comunicação em saúde.

17h21 - O principal responsável da central na comunicação da resposta do governo sul-africano à pandemia de Covid-19, Jackson Mthembu, morreu de complicações associadas ao novo coronavírus, anunciou hoje o presidente, Cyril Ramaphosa.

17h19 - Marcelo Rebelo de Sousa considerou hoje "muito sensata" a decisão anunciada pela Conferência Episcopal Portuguesa de suspender missas e catequeses a partir de sábado, face à gravidade da propagação da Covid-19 em Portugal.

17h18 - O Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC) alertou hoje para o risco "muito elevado" de contágio das novas "e preocupantes" variantes do SARS-CoV-2, pedindo restrições mais rigorosas e rapidez na vacinação dos grupos de risco.

17h16 - O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, defendeu hoje que os 140 mil cidadãos que vão estar nas mesas de voto nas eleições presidenciais, no domingo, deviam fazer testes rápidos à Covid-19 para garantir uma proteção adicional.

17h13 -A Proteção Civil italiana notificou esta quinta-feira o registo de mais 14.078 novos casos de infeção por novo coronavírus. Itália contabiliza agora um total de 2.428.221 casos positivos confirmados desde o início da pandemia no país, a 21 de fevereiro.

As autoridades de Saúde italianas notificam ainda mais 521 óbitos referentes às últimas 24 horas. O número total de mortes associadas à doença causada pelo vírus SARS-CoV-2 é agora de 84.202.

17h08 -O Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico reporta esta quinta-feira mais 1.290 mortes associadas à Covid-19.O total de óbitos com teste positivo nos 28 dias anteriores é agora de 94.580.

Foram contabilizados, ainda, mais 37.892 novos casos de contágio. Até ao momento, 3.543.646 pessoas obtiveram diagnóstico positivo no Reino Unido.

16h59 - O CDS reagiu esta tarde à decisão do Governo de encerrar as escolas durante 15 dias. Telmo Correia considerou que a "decisão pode ser tardia" e que "podia ter sido tomada, no mínimo, há 15 dias".

"Esta incapacidade de reação, de antevisão, não deixa de ser preocupante", afirmou num tom crítico o líder parlamentar do CDS.

16h32 - Numa publicação na sua conta de Twitter, o Governo chama a atenção para as medidas mais recentes que visam reforçar o combate à pandemia.

16h23 - O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, não perdeu tempo e divulgou hoje o seu plano de combate à pandemia, que inclui 10 decretos e o envolvimento do Pentágono.

O plano de Biden visa acelerar o ritmo de vacinação dos norte-americanos contra a Covid-19 , distribuindo mais financiamento para as administrações estaduais e locais, criando mais pontos de vacinação e avançando com uma campanha nacional de educação sanitária.

De acordo com a CNN, ao chegar à Casa Branca, a equipa de Biden constatou que o governo de Donald Trump não tinha preparado nenhum plano de distribuição de vacinas contra a Covid-19.

16h11 - A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, afirmou hoje que "a pandemia continua a criar riscos sérios para a saúde pública e para as economias da zona euro e mundial".

16h02 - O Presidente da República e recandidato ao cargo defendeu hoje que novas circunstâncias justificam a decisão do Governo de encerrar as escolas, apontando como fator decisivo a propagação da "variante britânica" do novo coronavírus.

15h56 - Milhares de profissionais de saúde e de segurança social manifestaram-se hoje em França para denunciar as suas condições de trabalho em plena pandemia de Covid-19 e exigir aumentos salariais.

15h41 - O primeiro-ministro declarou hoje que até ao momento nenhum dos epidemiologistas em contacto com o Governo foi capaz de estimar quando se inverterá a atual trajetória de aumento do número de contágios com o novo coronavírus.

"Até agora, nenhum dos epidemiologistas identificou qual é o ponto estimado para inversão [do crescimento de contágios] desta nova estirpe", afirmou António Costa no final do Conselho de Ministros, após ter anunciado "medidas suplementares" de combate à Covid-19.

Leia Também: AO MINUTO: Escolas fecham 15 dias; Governo dá apoio "idêntico" a abril

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório