Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 4º MÁX 14º

Edição

AO MINUTO: Fim de semana prolongado com restrições apertadas já arrancou

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Fim de semana prolongado com restrições apertadas já arrancou

Portugal notificou esta sexta-feira mais 5.444 casos de infeção pelo novo coronavírus  e 67 mortes relacionadas com a Covid-19. Assim, desde o início da pandemia, o país acumula 285.838 infeções e 4.276 óbitos.

O boletim epidemiológico desta sexta-feira indica que estão mais 16 pessoas internadas, sendo agora o total de 3.208, dos quais 526 em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), mais 10 face ao dia anterior e um novo máximo desde o início da pandemia no país.

Nas últimas 24 horas recuperaram da doença 5.502 pessoas (um número superior aos novos casos), sendo agora o número de casos ativos da doença de 82.116, menos 125 em relação aos dados de ontem. 

Esta sexta-feira, a partir das 23 horas e até à próxima quarta-feira, dia 2 de dezembro, é proibido circular entre concelhos do território continental. Na semana seguinte, sucederá o mesmo entre sexta e quarta-feira. 

Pode acompanhar nestes mapas interativos a evolução da pandemia em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 -  Boa noite! Este registo chegou ao fim, mas será retomado um novo na manhã de sábado. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h40 - Arrancou o fim de semana prolongado de restrições apertadas. Desde as 23 horas desta sexta-feira até às 5 horas de quarta-feira, dia 2, é proibido circular entre concelhos. Eis as imagens do cenário nas principais saídas da capital esta tarde. 

Notícias ao MinutoTrânsito na Ponte 25 de Abril© Global Imagens

23h25 - Novos casos diminuem em 43 concelhos do Norte e aumentam 30% em 12. O número de novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2 diminuiu em 43 concelhos da região Norte e aumentou mais de 30% em 12 concelhos, revela o relatório da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N).

23h20 - A Madeira tem hoje mais 26 casos de covid-19, um importado e 25 de transmissão local, elevando para 752 as notificações confirmadas, das quais 189 são casos ativos, revelou hoje a Direção Regional de Saúde.

22h54 - Ponto de situação com vacina ao fundo do túnel. Um balanço sobre o ponto de situação da pandemia na Europa: Os preparativos para a produção de uma vacina contra a covid-19 estão a acelerar, no dia em que a Alemanha ultrapassou o milhão de infetados e a Rússia começou a vacinar os militares.

22h00 - Número de mortos do lar de Minde sobe para 10. O número de mortos por covid-19 do Centro de Bem Estar Social de Minde subiu para 10, havendo 102 utentes e 47 funcionários infetados, disse hoje a presidente da Câmara de Alcanena, distrito de Santarém

21h35 - Atualização no Brasil. O Brasil atualizou esta sexta-feira o número de infeções e de mortes relacionadas com o novo coronavírus, somando mais 34.130 novos contágios e 514 óbitos. No total, desde o início da pandemia, o país reportou  6.238.350 casos de infeção e 171.974 mortes. 

Os números de hoje representam uma ligeira descida face aos dados de quinta-feira, dia em que foram confirmados 37.614 novos casos de Covid-19 e 691 mortes.

21h15 - Movimento A Pão e Água pede apoio a Presidente e inicia greve de fome. O Movimento Sobreviver a Pão e Água, que junta empresários e trabalhadores da restauração e similares, apelou hoje a que o Presidente da República "interceda urgentemente a favor do setor", tendo alguns membros iniciado uma greve de fome.

A partir de hoje, em tendas instaladas em frente à Assembleia da República, alguns membros do movimento estarão em greve de fome, "como forma de protesto e em solidariedade por todos aqueles que, neste momento, não têm já o que comer".

21h00 - Dupla testagem na Madeira a emigrantes tem "período experimental". A resolução do Governo da Madeira que obriga à realização de um duplo teste de despiste à Covid-19 a todos os viajantes residentes na região, emigrantes e estudantes entrou hoje em vigor, tendo um "período experimental" até 11 de dezembro.

20h55 - O candidato à prefeitura da maior cidade do Brasil, São Paulo, e líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, testou hoje positivo à Covid-19, a dois dias de disputar a segunda volta das eleições municipais.

20h45 - Como será o Natal? O Presidente da República afirmou hoje que o processo de decisão sobre a renovação do estado de emergência decorrerá até sexta-feira da próxima semana e que os portugueses saberão com antecedência como poderão passar o Natal.

"Para a semana haverá notícias sobre isso, haverá uma sessão epidemiológica, haverá a audição dos partidos políticos, haverá, naturalmente, o parecer do Governo, haverá a autorização da Assembleia da República e, depois haverá a decisão do Presidente da República", adiantou o chefe de Estado.

20h35 - Estado de Emergência. A CP vai reduzir a circulação dos alfa, intercidades, inter-regionais, regionais e urbanos este fim de semana e nos dias 1 de dezembro e de 5 a 8, na sequência das restrições impostas no âmbito do Estado de Emergência

20h30 - Casos entre reclusos baixa para 184. O número de reclusos infetados com o novo coronavírus baixou hoje para 184, mantendo-se inalterados os casos ativos entre trabalhadores do quadro dos Serviços Prisionais e de Reinserção (67) e trabalhadores de empresas externas de serviços à instituição (10).

20h00 - Bélgica reabre comércios não essenciais a partir de 1 de dezembroA Bélgica vai reabrir comércios não essenciais, museus e piscinas devido à melhoria dos dados da covid-19 nas últimas semanas, anunciou hoje o primeiro-ministro, depois de um mês com estes estabelecimentos encerrados para impedir a propagação do vírus.

19h20 - Atualização em Angola. Angola registou nas últimas 24 horas 88 novos casos de covid-19, uma morte e 80 pessoas recuperadas da doença, anunciou hoje o secretário de Estado angolano para a Saúde Pública.

19h15- Atualização em Cabo Verde. Cabo Verde reportou mais 56 novos casos de covid-19, elevando a 10.626 infeções acumuladas desde 19 de março, e mais 132 novos casos considerados recuperados da doença, informou hoje o Ministério da Saúde.

19h00 - Trabalhadores da saúde e idosos "devem ser prioritários" nas vacinas. O secretário-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou hoje que quando começarem a ser distribuídas vacinas contra a covid-19 "os trabalhadores da saúde, os idosos e outros grupos de risco serão considerados prioritários para a vacinação".

18h50 - Atualização em França. França reportou esta sexta-feira 953 mortos associados à Covid-19, somando os dados das mortes nos lares desde terça-feira, indicam os dados mais recentes sobre a evolução da pandemia. Nas últimas 24h, o país somou mais 12.459 infetados com o novo coronavírus

18h25 - Nunca esquecer! Se sentir sintomas como tosse, febre, perda ou diminuição de olfato, mantenha-se em autoisolamento e ligue para a linha de Saúde 24 (808 24 24 24), recorda o Ministério da Saúde. 

18h15 - Assistência a filhos e dependentes considerada no apoio à retoma. As faltas por assistência "inadiável" aos filhos e dependentes com menos de 12 anos ou com deficiência ou doença crónica passam a ser consideradas justificadas no âmbito do apoio à retoma da atividade, determinou hoje o Governo.

17h40 -  Comissão alerta que mulheres são mais afetadas pela pandemiaA presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG) alertou hoje que a pandemia tem afetado mais as mulheres do que os homens, seja por terem um maior risco de infeção seja pela perda de emprego.

"Não é por acaso que há mais mulheres infetadas do que homens. É natural, porque tem a ver com a sua exposição ao risco a que o trabalho de grande parte das mulheres obriga", afirmou Sandra Ribeiro, que falava no webinar "Pilar Europeu dos Direitos Sociais", organizado pelo Centro de Informação Europe Direct da região de Coimbra.

17h30 - Atualização em Espanha. Espanha registou hoje 10.853 novos casos de Covid-19, elevando para 1.628.208 o total de infetados no país desde o início da pandemia. As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 294 mortes, desde quinta-feira, atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 44.668.

17h10 - A Rússia já começou a vacinar militares contra Covid-19 com a  Sputnik V, refere a France Press. No total, mais de 400 mil soldados serão vacinados, sendo que 80 mil até o final deste ano. 

17h00 - Hospital de Santarém com 14 profissionais infetadosO Hospital Distrital de Santarém (HDS) tem atualmente 14 profissionais infetados, entre os quais três médicos e seis enfermeiros, de acordo com informação hoje divulgada pela unidade de saúde.

16h30- Atualização em Itália.  Itália somou, nas últimas 24 horas, mais 28.352 novos diagnósticos positivos de SARS-CoV-2 e 827 mortes associadas à Covid-19, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério de Saúde. Na véspera, o país tinha registado 29.003 infeções e 822 mortos.

16h15 - Atualização no Reino Unido. O Reino Unido notificou mais 16.022 casos de infeção pelo novo coronavírus e 521 mortes relacionadas com a Covid-19, de acordo com os dados atualizados pelo Ministério da Saúde britânico esta sexta-feira.

Com estes dados, um total de 1.589.301 pessoas já contraíram o novo coronavírus no Reino Unido. Destas, 57.551 morreram.

16h00 - Professores querem ser vacinados a seguir aos profissionais de saúde. Os professores querem fazer parte do grupo prioritário no acesso à vacina contra a covid-19 e ser vacinados logo após os profissionais de saúde, tendo pedido ao Governo para também serem considerados profissionais de risco.

A decisão foi tomada pela direção da Associação Sindical de Professores Licenciados (ASPL) tendo em conta as notícias mais recentes que dão conta do processo de elaboração do plano de vacinação para a covid-19, que está a definir todos os procedimentos para que um grupo de pessoas possa ser vacinadas assim que a vacina chegue a Portugal.

15h45 - Novo máximo de doentes em cuidados intensivos. Portugal tem hoje 526 doentes com Covid-19 internados em unidades de cuidados intensivos (UCI), um novo máximo desde o início da pandemia, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

15h35 - Há 16 infetados no Centro de Orientação de Doentes Urgentes de Lisboa. O secretário de Estado Adjunto e da Saúde disse hoje que foi detetado um surto de covid-19 no Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) de Lisboa, que infetou com 16 profissionais, mas que está "controlado".

15h30 - Portugal registou, nas últimas 24 horas, 67 vítimas mortais e mais 5.444 infetados pelo novo coronavírus. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado, esta sexta-feira, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), já foram contabilizados, desde o início da pandemia, 4.276 óbitos e 285.838 casos confirmados de Covid-19. 

15h15 -  Proposta para que os mais idosos não seja prioritários "é ideia tonta". O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje "uma ideia tonta" a proposta para que os mais idosos não seja prioritários na vacinação contra a Covid-19, sublinhando que ainda "não há plano nenhum aprovado".

Antes, António Costa já havia manifestado desagrado perante a ideia de os idosos não serem prioritários  na vacinação contra a Covid-19. "Há critérios técnicos que nunca poderão ser aceites pelos responsáveis políticos. Não é admissível desistir de proteger a vida em função da idade. As vidas não têm prazo de validade", escreveu o primeiro-ministro no Twitter. 

De recordar que o Governo esclareceu, na manhã desta sexta-feira, que "a estratégia de vacinação contra a Covid 19, em preparação pela DGS, ainda não foi discutida com o Ministério da Saúde nem validada politicamente". "As informações vindas a público estão incluídas num documento meramente técnico e são parcelares e desatualizadas", sublinhou a tutela. 

15h00 - Boa tarde! Siga AO MINUTO todos os desenvolvimentos sobre a pandemia em Portugal e no Mundo. Recorde-se que esta sexta-feira, a partir das 23 horas de hoje, até à próxima quarta-feira, dia 2 de dezembro, é proibido circular entre concelhos. Na semana seguinte,  sucederá o mesmo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório