Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 15º

Edição

Mais um óbito e 88 casos levam Angola a ultrapassar 15 mil infetados

Angola registou nas últimas 24 horas 88 novos casos de covid-19, uma morte e 80 pessoas recuperadas da doença, anunciou hoje o secretário de Estado angolano para a Saúde Pública.

Mais um óbito e 88 casos levam Angola a ultrapassar 15 mil infetados
Notícias ao Minuto

19:11 - 27/11/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Segundo Franco Mufinda, das novas infeções 15 verificaram-se em Luanda, 53 na Lunda Norte, oito no Huambo, cinco no Cuando Cubango, três em Cabinda, dois no Uíje, um no Moxico e um em Malanje.

As idades variam entre 14 e 66 anos, sendo 75 do sexo masculino e 13 do sexo feminino.

Registou-se também uma morte por covid-19, um angolano de 61 anos, residente em Luanda.

No entanto, 80 pessoas recuperaram da doença, destacou o responsável da Saúde.

Angola contabiliza 15.008 casos, dos quais 342 óbitos, 7.697 considerados recuperados e 6.969 ativos, incluindo seis doentes em estado crítico, 13 graves e 176 moderados e outros tantos leves.

Os laboratórios angolanos processaram 2.716 amostras nas últimas 24 horas, num cumulativo de 229.361 testes.

Franco Mufinda informou que foi inaugurado o Centro de Diagnóstico Laboratorial do Dundo, na província da Lunda Norte, com uma capacidade para processar mil testes diários RT-PCR e mais mil serológicos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.433.378 mortos resultantes de mais de 60,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 4.276 pessoas dos 285.838 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Em África, há 50.924 mortos confirmados em mais de 2,1 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

Angola regista 342 óbitos e 15.008 casos, seguindo-se Moçambique (128 mortos e 15.508 casos), Cabo Verde (105 mortos e 10.570 casos), Guiné Equatorial (85 mortos e 5.146 casos), Guiné-Bissau (43 mortos e 2.422 casos) e São Tomé e Príncipe (17 mortos e 985 casos).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório