Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 14º

Edição

Setenta detidos fugiram de centro de detenção no Líbano

Perto de 70 detidos evadiram-se hoje de um centro de detenção próximo da capital libanesa, tendo cinco deles morrido num acidente de carro, anunciou a polícia em comunicado.

Setenta detidos fugiram de centro de detenção no Líbano
Notícias ao Minuto

13:09 - 21/11/20 por Lusa

Mundo Líbano

Segundo as forças de segurança libanesas, evadiram-se um total de 69 detidos, 15 dos quais foram, entretanto, capturados e quatro entregaram-se às autoridades, prosseguindo as operações de busca para encontrar os que ainda se encontram em fuga.

Cinco dos fugitivos morreram e um sexto ficou ferido quando a viatura que haviam furtado embateu numa árvore, acrescenta o comunicado.

Os detidos conseguiram escapar ao início da manhã do centro de detenção, anexo a um tribunal, situado perto do palácio presidencial em Babada, disse fonte judicial.

As autoridades locais apelaram aos habitantes da zona para se manterem vigilantes, já que dezenas de detidos permanecem escondidos, e foram mobilizadas as forças de segurança para percorrerem o local.

A procuradora Ghada Aoun confirmou a fuga, sem, contudo, fornecer números exatos, e declarou que ordenou a abertura de um inquérito.

A procuradora, citada pela AFP, não descartou a possibilidade de um "conluio entre os detidos e guardas responsáveis pela vigilância das celas".

Esta fuga acontece numa altura em que os detidos no Líbano apelam ao parlamento para aprovar um projeto de lei controverso de amnistia geral, que permitiria a libertação de milhares de prisioneiros, devido ao aumento de casos da covid-19 nas prisões.

O Líbano regista 113.614 casos de infeção pelo novo coronavírus, 884 dos quais morreram.

O país está em confinamento total até ao final do mês.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.373.381 mortos resultantes de mais de 57,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.762 pessoas dos 249.498 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório