Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 16º

Edição

AO MINUTO: Casos sobem no Brasil. Escolas encerradas em Borba e V. Viçosa

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Casos sobem no Brasil. Escolas encerradas em Borba e V. Viçosa

Esta quinta-feira, o Governo decidiu pela proibição da circulação entre concelhos do continente entre os dias 30 de outubro e 3 de novembro, ou seja, durante o fim de semana correspondente ao Dia de Finados, uma medida tomada tendo em conta o crescimento dos novos casos de infeção nos últimos dias, numa tentativa de mitigar a propagação num fim de semana onde se espera bastante movimentação de pessoas.

"Cada cidadão não pode circular entre concelhos, como aconteceu no passado", revelou a ministra. Há também medidas específicas para os concelhos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, onde há dever de permanência em casa já a partir de sexta-feira.

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 16 óbitos e 3.270 novos casos de Covid-19 - um  novo recorde de infeções diárias. No total, desde o início da pandemia, já se contabilizaram 2.245 óbitos e 109.541 testes 'positivos'.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de quinta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h48Jair Bolsonaro sem máscara junto a ministro da Saúde infetado. O presidente do Brasil publicou esta quinta-feira um vídeo na sua página oficial de Facebook onde está ladeado pelo ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello, que está infetado pelo novo coroanvírus, segundo confirmou quarta-feira à Lusa a assessoria de comunicação da tutela. Ambos os governantes estão sem máscara e sem observar qualquer regra de distanciamento social.

23h04 - Covid-19 leva ao encerramento de todas as escolas em Borba e Vila Viçosa. Covid-19 levou ao encerramento de todos os estabelecimentos de ensino do Agrupamento de Escolas de Borba "até uma nova avaliação". A informação, tornada pública pelo Município de Borba no Facebook, consta de um parecer emitido pelas Autoridades de Saúde. A mesma medida será tomada pelo Agrupamento de Escolas de Vila Viçosa.

22h42 Estados Unidos dão autorização total ao antiviral remdesivir. A agência norte-americana do medicamento (FDA, em inglês) concedeu hoje a autorização plena para a utilização do medicamento antiviral remdesivir para pacientes hospitalizados com Covid-19. A Gilead anunciou ter recebido aprovação para o medicamento, comercializado com a marca Veklury, sublinhando que é o único tratamento específico contra a Covid-19 com este tipo de autorização após um procedimento de verificação mais rigoroso e definitivo.

22h40 Brasil com menos óbitos, mas mais casos. O número de casos de infeção relacionados com o vírus SARS-CoV-2 voltou a subir, esta quinta-feira, no Brasil, reportando o Ministério da Saúde brasileiro mais 33.862 novos contágios referentes às últimas 24 horas, quando na véspera foram notificados 24.818 casos. O número total de casos confirmados no país, desde 26 de fevereiro, é agora de 5.332.634. A tutela indica, ainda, que foram notificadas no último dia mais 497 mortes associadas ao novo coronavírus (na véspera foram reportadas 566), fixando o total acumulado em 155.900 óbitos desde o início da pandemia no país. 

22h10 - Governo investe mais 7 milhões em máscaras para o segundo período letivo. O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, anunciou hoje um investimento adicional de cerca de sete milhões de euros para garantir máscaras e outros equipamentos de proteção individual às escolas no segundo período letivo.

21h51 "Não faz sentido" e "não vale a pena" fechar fronteiras na UE. Na segunda fase da pandemia "não faz sentido" e "não vale a pena" voltar a fechar fronteiras na União Europeia, mas antes apostar na coordenação e na cooperação, defendeu hoje a secretária de Estado dos Assuntos Europeus.

21h21 Estado já pagou apoio a 29.562 sócios-gerentes num total de 25,3 milhões. O Governo já pagou 25,3 milhões de euros em apoios a 29.562 membros de órgãos sociais de empresas (sócios-gerentes), disse hoje o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, no Parlamento. 

21h01 "Contido" surto detetado no Hospital da Prelada no Porto. O Hospital da Prelada, no Porto, garantiu hoje que o surto de Covid-19 detetado na última semana e que envolvia 11 colaboradores e cinco doentes está "contido", mantendo-se a "normal operação" nesta unidade hospitalar.

20h35 Regras (e proibições) para os três concelhos do Norte e para todo o país. O Governo aprovou esta quinta-feira, dia 22, novas medidas e restrições para o fim de semana do Dia de Finados (2 de novembro) em todo o território continental e já a partir das 00h desta sexta-feira para os concelhos de Felgueiras, Paços de Ferreira e Lousada. Saiba o que aí vem devido ao novo agravamento da situação epidemiológica no país, que hoje registou um novo recorde de infeções ultrapassando a 'barreira' dos três mil.

20h19 Confirmada morte de infetado nas Águas do Porto, 40 funcionários isolados. A Câmara do Porto disse hoje que morreu um trabalhador da empresa municipal Águas do Porto com teste positivo à Covid-19, mas que a causa da morte ainda está por apurar, e que há 40 funcionários em isolamento profilático.

20h18Apenas 5% dos 11.080 casos na LVT estão internados em enfermaria. Apenas 5% dos 11.080 casos ativos de Covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo necessitam de internamento e menos de 1% de cuidados intensivos, avançou hoje à Lusa o presidente da ARSLVT, Luís Pisco.

20h15Quase 86% das camas de enfermaria e 76,5% de UCI ocupadas na LVT. Quase 86% das camas de enfermaria para Covid-19 e 76,5% das camas de cuidados intensivos na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) estão ocupadas, avançou à Lusa o presidente da ARS, assegurando que ainda há "margem de progressão".

20h14 Madeira prorroga situação de calamidade até 30 de novembro. A situação de calamidade na Região Autónoma da Madeira vai prolongar-se até 30 de novembro, indicou hoje o Governo regional, vincando que a medida visa prevenir o contágio e a propagação da Covid-19 no arquipélago.

20h13 ONU com mais 507 milhões para apoiar refugiados rohingya no Bangladesh. Os doadores comprometeram-se hoje, durante uma reunião internacional organizada em Genebra sob a égide das Nações Unidas, a contribuir com 600 milhões de dólares (507 milhões de euros) suplementares para ajudar os refugiados rohingya no Bangladesh.

20h09OMS e Wikipedia anunciam parceria para combater desinformação. A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou hoje uma colaboração com a Wikipedia, uma enciclopédia 'online' de livre acesso e participação comunitária, para difusão de informação fidedigna e atualizada sobre a Covid-19, contra uma "pandemia de desinformação".

19h11 Registado surto com 11 infetados na Misericórdia de Grândola. Um surto com 11 infetados pelo vírus que provoca a doença Covid-19 foi identificado na Santa Casa da Misericórdia de Grândola, no distrito de Setúbal, revelou hoje a Autoridade de Saúde Pública local.

19h10 Primeiro-ministro grego anuncia recolher em cidades mais afetadas. O primeiro-ministro grego anunciou hoje o toque de recolher a partir de sábado em algumas cidades, incluindo Atenas, depois de o país ter registado 882 novos contágios e 15 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas.

19h02 - França com 165 óbitos e 41 mil casos num dia, quase o dobro da véspera. A França registou esta quinta-feira mais 41.622 novas infeções por novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo as autoridades sanitárias, quase o dobro do reportado na véspera (26.676) e um recorde desde que a pandemia chegou ao país, no início de março. No total, já foram identificados 999.043 casos positivo, aproximando-se o país do milhão de casos. O número total de mortes aumentou esta quinta-feira para 34.210, com mais 165 óbitos registados no último dia. Estes números são revelados depois do primeiro-ministro anunciar o recolher obrigatório para 54 departamentos franceses, avisando que as "próximas semanas serão duras".

18h26 Espanha com novo recorde de infeções, mais 20.986 casos num único dia. O Ministério da Saúde espanhol reporta, esta quinta-feira, um acréscimo de 20.986 casos de contágio ao balanço total, o número mais alto reportado num único dia (sem ser a uma segunda-feira, quando são reportados os casos confirmados na sexta-feira, sábado e domingo). As autoridades sanitárias registaram, ainda, a morte de 155 pessoas, segundo o reportado pelas comunidades. Em termos globais, Espanha já contabiliza 34.521 mortes desde o início da crise pandémica.

17h34 Reino Unido reporta 20 mil casos pelo 3.º dia, supera 800 mil contágios. O Reino Unido superou esta quinta-feira a barreira dos 800 mil casos de infeção confirmados desde o início da pandemia no país. As autoridades sanitárias reportaram hoje mais 21.238 novos casos, um número inferior ao da véspera (26.688), que foi o valor mais alto desde que começou a crise pandémica. Desde 13 de outubro que o país notifica mais de 15 mil novos casos por dia, subindo este número para mais de 20 mil nos últimos três dias.

17h00França ordena recolher obrigatório para 46 milhões de franceses. Jean Castex, o primeiro-ministro francês, anunciou esta quinta-feira, depois da apresentação semanal da situação epidémica no país, a extensão da medida de recolher obrigatório, que passará a vigorar em 54 departamentos franceses, impactando a vida de 46 milhões de cidadãos.

"Digo isto com muita clareza. As semanas que se aproximam serão duras, os nossos hospitais vão ser postos à prova e o número de mortos vai continuar a aumentar. Novembro vai ser complicado", disse Jean Castex.

16h37 Itália reporta 16 mil casos, novo recorde pelo 2.º dia e com menos testes. As autoridades de Saúde italianas notificam esta quinta-feira mais uma subida no registo diário de novos casos de contágio por novo coronavírus, com 16.079 novas infeções nas últimas 24 horas, um novo recorde diário de infeções, depois de na quarta-feira terem sido reportados 15.199 casos. Estes números nunca tinham sido alcançados no país desde o início da crise da doença Covid-19, em 21 de fevereiro. O crescimento do número de contágios tem sido associado ao maior número de testes realizados diariamente, porém, nas últimas 24 horas, foram realizados 170.392 testes de diagnóstico, menos 7.456 do que ontem (177.848).

16h15 Subiu para 20 o número de casos positivos em lar de Mogadouro. O Lar Avó Guilhermina, em Vilarinho dos Galegos, no concelho de Mogadouro, distrito de Bragança, tem 14 utentes e seis funcionários que testaram positivo para o novo coronavírus, estando assintomáticos, disse hoje à Lusa o presidente da câmara.

15h50 - Portugal atinge novo máximo de doentes hospitalizados. O número total de doentes internados é hoje de 1.365, mais 93 do que na véspera e o maior número desde o início da pandemia no país. O número de doentes hospitalizados tem registado uma curva ascendente, especialmente desde final de agosto, tendo passado de um mínimo de 311 internados (a 26 de agosto) para o atuais 1.365. O pico de hospitalizações atingido em Portugal, recorde-se, foi de 1.302, atingido a 16 de abril. O número de internados nos cuidados intensivos é agora de 200, mais 13 do que na véspera. O número mais alto de pacientes em UCI foi atingido a 7 de abril (271).

15h48 - Portugal notifica mais 3.270 novos casos de infeção e 16 mortes associadas à Covid-19. Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 16 óbitos e 3.270 novos casos de Covid-19 - um  novo recorde de infeções diárias, sendo também a primeira vez que o nosso país ultrapassa os 3 mil casos diários. Os dados constam do mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta quinta-feira. No total, desde o início da pandemia, já se contabilizaram 2.245 óbitos e 109.541 testes 'positivos'.

15h10Cuidados intensivos na Europa estão à beira do limite. A Cruz Vermelha Internacional pediu hoje à Europa para "não tirar o pé do acelerador" no combate à pandemia de Covid-19, alertando que as unidades de cuidados intensivos em muitas cidades europeias já estão perto do limite da capacidade. A organização internacional referiu, por exemplo, que numa parte da Bélgica - país que registou um recorde diário de 13.227 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas - as unidades de cuidados intensivos já atingiram os níveis máximos de capacidade.

15h05Governo aprova flexibilização do acesso ao subsídio de desemprego. O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o diploma que adequa a fórmula de cálculo do subsídio de desemprego tendo em conta a redução do prazo de garantia no acesso a este apoio prevista no Orçamento do Estado Suplementar.

15h04DGS autorizada a comprar Remdesivir para "manutenção do stock nacional". O Governo autorizou, esta quinta-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS) "à realização da despesa em 2020 e 2021 referente à aquisição do medicamento Veklury com a denominação comum internacional Remdesivir", e que é indicado para o tratamento de "doentes adultos e adolescentes com pneumonia que necessitem de oxigénio suplementar", e, salienta o Executivo, "autorizado na União Europeia para a Covid-19".

15h02 - Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira com dever de permanência em casa. "Não é confinamento obrigatório". Os concelhos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, onde os casos de Covid-19 têm estado a aumentar nos últimos dias, vão ter em vigor o dever de permanência no domicílio a partir das 00:00 de sexta-feira, decretou hoje o Governo.

De acordo com a ministra Mariana Vieira da Silva, as medidas hoje tomadas para estes três concelhos serão reavaliadas na próxima semana. "Não é confinamento obrigatório, é dito para as pessoas estarem em casa, com exceção de algumas atividades", disse, frisando que, embora as medidas não sejam iguais para todo o país, a lógica de dever de recolhimento deveria ser adotada por todos. A ministra salientou ainda não existir uma cerca sanitária, lembrando que as populações dos três concelhos podem circular entre eles.

15h01 Proibido circular entre concelhos de 30 de outubro a 3 de novembro. O Governo adotou novas medidas de combate à pandemia de Covid-19, entre elas a proibição de circulação entre concelhos da meia noite do dia 30 de outubro às 23h59 do dia 3 de novembro.

15h00 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório