Meteorologia

  • 29 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 22º

AO MINUTO: Há um ministro infetado. Mais de mil casos pelo 4º dia seguido

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Há um ministro infetado. Mais de mil casos pelo 4º dia seguido
Notícias ao Minuto

08:11 - 11/10/20 por Anabela Sousa Dantas com Melissa Lopes

Mundo Covid-19

Portugal notificou este domingo mais 13 mortes relacionados com a Covid-19 e 1.090 novos casos de infeção com o novo coronavírus. O país contabiliza 2.080 mortes e 86.664 casos de infeção, de acordo com o último boletim da DGS.

virologista Pedro Simas considerou que este aumento do número de casos era esperado e insistiu em que se cumpram as normas de proteção.

pandemia causada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 1.074.055 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Boa noite! Este domingo ficou marcado pelo registo diário acima dos mil casos de infeção pelo quarto dia consecutivo em Portugal, dados que já eram esperados pelos especialistas. Mais do que nunca, insistem as autoridades, é preciso cumprir as regras (distanciamento social, uso de máscara, higiene frequente das mãos e etiqueta respiratória). 

Mantenha-se em segurança e caso tenha sintomas, contacte as linhas da Saúde 24.

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h58- De acordo com a Rádio Renascença, há um ministro infetado com Covid-19. O caso foi conhecido este domingo ao fim do dia,  tratando-se de um ministro e não de um secretário de Estado, uma informação que o gabinete do primeiro-ministro não confirmou nem desmentiu. Mais tarde, o Governo confirmou tratar-se de Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

23h40 - As autoridades de saúde confirmaram hoje mais um caso de covid-19 na Universidade de Aveiro (UA), elevando para 32 o número de alunos infetados, informou fonte académica.

23h00-  Atualização no Brasil: Nas últimas 24 horas, o Brasil reportou mais 12.345 novas infeções pelo novo coronavírus, um número mais baixo do que o verificado na véspera, dia em que foram notificados 26.749 novos casos da doença. De acordo com a atualização feita este domingo pelo governo brasileiro, no último dia morreram 290 pessoas infetadas com Covid-19 (no dia anterior tinham morrido 559 pessoas). 

22h00 - O principal especialista norte-americano em doenças infecciosas, Anthony Fauci, manifestou hoje o seu descontentamento perante o uso de palavras suas sobre o novo coronavírus num vídeo da campanha para a reeleição do presidente dos EUA, Donald Trump.

21h00 - Atualização em França: O número de novas infeções por covid-19 em França caiu para 16.101 nas últimas 24 horas, depois do recorde de 26.896 casos registado no sábado, informou a Agência de Saúde Pública (ASP) local.

19h56 - A Misericórdia de Bragança registou hoje a nona morte relacionada com a covid-19, vitimando uma utente de 93 anos, disse à agência Lusa o porta-voz da instituição, José Fernandes. A nonagenária já tinha sido levada para o Hospital de Bragança, onde ocorreu o óbito, detalhou a fonte. Segundo José Fernandes, a instituição regista, nesta altura, um total de 154 casos ativos - 108 em utentes e os restantes 46 em colaboradores.

19h55 - Atualização em Cabo Verde: Cabo Verde diagnosticou 159 novos infetados por covid-19 nas últimas 24 horas, o registo diário mais elevado desde o início da pandemia e que eleva o acumulado a 7.072 casos, divulgou hoje o Ministério da Saúde.

19h45 - A GNR acabou no sábado com uma festa ilegal num bar em Corotelo, concelho de São Brás de Alportel, que reunia cerca de 50 pessoas, foi hoje anunciado.  Na sequência de uma denúncia a informar sobre a existência de "uma festa com música ao vivo num estabelecimento de bebidas", os militares do Posto Territorial de São de Alportel deslocaram-se ao local para fiscalizar a ocorrência.

19h20 - Atualização na Madeira: A Região Autónoma da Madeira registou hoje seis novos casos de covid-19, todos importados, dois recuperados e oito situações suspeitas, contabilizado agora 95 infeções ativas, indicou o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE).

19h05 - Escola em Gondomar fecha na segunda-feira por falta de funcionários. A Escola Básica Marques Leitão, em Valbom, Gondomar, encerra na segunda-feira, por falta de funcionários para cumprir as diretrizes da Direção-Geral da Saúde (DGS) relacionadas com a covid-19, informou hoje a direção do agrupamento escolar.

18h58 - Atualização no Reino Unido: Reino Unido notificou, nas últimas 24 horas, mais 12.872 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, um número inferior ao registado na véspera (15.165). De acordo com a atualização feita este domingo pelo Ministério da Saúde britânico, no último dia morreram mais 65 pessoas devido ao coronvírus. Ao somar mais de 12 mil novos casos, o Reino Unido ultrapassou hoje a barreira dos 600 mil infetados (603.716), desde o início da pandemia.

18h28 - Atualização em Moçambique: O Ministério da Saúde (Misau) moçambicano anunciou hoje mais uma morte causada pela covid-19, elevando o total para 71, tendo registado ainda 157 novos casos da doença, ascendendo a um cumulativo de 10.001.

17h00 - Atualização em Itália: Nas últimas 24 horas, Itália registou mais 5.456  novos contágios e 26 mortes associadas à Covid-19. É já o terceiro dia consecutivo que o país regista mais de 5 mil infetados

16h30 - Apesar de ainda não ter testado negativo para a Covid-19, Donald Trump diz já não ter a doença, afirmando inclusive que está "imune". Declarações proferidas pelo presidente norte-americano um dia depois de ter retomado a campanha com um discurso na Casa Branca, e depois de o seu médico ter declarado que Trump já não corre o risco de infetar terceiros. 

16h00 - O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) retoma as aulas presenciais na segunda-feira, sob o signo da segurança sanitária em relação à Covid-19 e da qualidade do ensino, afirma a instituição, que integra quatro escolas.

15h43 - Santuário de Fátima atingiu lotação nas celebrações mas "não fechou". Lotação de 6 mil pessoas refere-se ao número máximo de pessoas que podem estar em assembleia em eventos específicos. Autoridades apelaram, porém, à consciência dos peregrinos, que poderão não conseguir assistir às celebrações.

15h37 Marcelo diz confiar no SNS para enfrentar segunda vaga. O presidente da República afirmou hoje confiar no Sistema Nacional de Saúde para enfrentar uma segunda vaga da pandemia de Covid-19, considerando que "temos hoje" uma "capacidade de estrutura, organização e experiencia que não havia" há sete meses. O chefe de Estado admitiu "atrasos" no tratamento de casos "não Covid-19" mas pôs de parte a hipótese de uma rutura. "Sim. Claro que confio", disse quando questionado sobre se confiava no Sistema Nacional de Saúde (SNS).

O Presidente da República defendeu, ainda, a necessidade e "ajustar" festas familiares como o Natal e afastou o encerramento de fronteiras, mas avisou que tudo "depende" da maneira como as pessoas "vão civicamente" enfrentar a pandemia.

14h30 Irão regista maior número diário de mortes. O Irão registou nas últimas 24 horas o maior número diário de mortes por infeção com o novo coronavírus, com 251 vítimas mortais confirmadas, segundo dados oficiais hoje divulgados.

14h29 Jogador infetado e dois inconclusivos no Rebordelo adiou jogo. O Rebordelo tem um jogador infetado com Covid-19 e dois com teste inconclusivo, motivando o adiamento do jogo de hoje com o Varzim, para a Taça de Portugal de futebol, adiantou à agência Lusa o presidente do Rebordelo.

13h45 - 13 idosos recuperados no lar de Carção, Vimioso. Mais sete utentes do lar de Carção, no concelho do Vimioso, Bragança, recuperaram da infeção com o vírus da Covid-19, disse hoje a direção da instituição à agência Lusa.

13h21 - Portugal registou este domingo, pelo quarto dia consecutivo, mais de mil casos de Covid-19. Nas últimas 24h foram diagnosticados 1.090 casos de infeção. De acordo com o boletim epidemiológico, durante o mesmo período de tempo, 13 pessoas não resistiram ao novo coronavírus e acabaram por morrer. A maior parte dos contágios (57%) teve lugar na região Norte (625).

O país soma assim 86.664 casos de infeção, desde que a pandemia chegou ao nosso país, e 2.080 óbitos.

13h19 - A TVI noticia que o Santuário de Fátima atingiu a lotação máxima de 6 mil pessoas e viu-se obrigado a fechar portas.

13h10 Margem do Guadalquivir amanheceu com 56 mil bandeiras de Espanha. A margem do rio Guadalquivir em Sevilha, desde a Ponte de Alamillo até San Jerónimo, amanheceu hoje com 56.000 bandeiras espanholas colocadas num relvado, em memória das vítimas do novo coronavírus em Espanha.

13h08Santuário de Fátima partilha imagens do recinto, com círculos no chão. "Peregrinos participam na oração do Rosário esta manhã, respeitando as marcas existentes no recinto", indicou o Santuário de Fátima, este sábado, através de uma publicação feita na página de Facebook, onde mostram algumas imagens.

13h05 Pelo menos 1,07 milhões de mortos em todo o mundo. A pandemia causada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 1.074.055 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China, segundo um balanço diário da Agência France Presse (AFP), hoje divulgado. Mais de 37.297.350 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia.

12h33 - Hospital de São João reativa tendas. O Hospital de São João, no Porto, voltou a ativar seis tendas para fazer frente ao aumento de casos de infeção por novo coronavírus, segundo noticia a TVI24, que cita a diretora de serviço de urgência do hospital, Cristina Marujo. A responsável explicou que as tendas foram reativadas na sexta-feira, assim como um processo de triagem avançada.

11h54 Internazionale confirma um caso positivo de Covid-19 no plantel principal. Com o que parece ser uma segunda vaga da pandemia de Covid-19 a chegar à Europa, este domingo o Internazionale Milano anunciou ter detetado nas últimas horas um caso de Covid-19 nas suas fileiras.

11h15 - DGS recorda que já decorre a primeira fase de vacinação contra a gripe. Sublinhe-se que a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC), entre outras associações de saúde, recomenda as vacinas da gripe e da pneumonia a quem tem doenças cardíacas por causa dos riscos acrescidos das infeções respiratórias para estes doentes.

10h33África com mais 275 mortes e 13.418 infetados nas últimas 24h. África registou nas últimas 24 horas mais 275 mortes devido à Covid-19 e 13.418 novas infeções, elevando os números totais para 38.196 e 1.569.680, respetivamente, segundo os últimos dados relativos à pandemia no continente.

10h26 - Rússia assiste a pior dia da pandemia. As autoridades russas reportaram 13.634 novos casos de infeção referentes às últimas 24 horas, o pior registo diário desde o início da pandemia, a par do que tem acontecido em vários outros países. O total acumulado é agora de 1.298.718. Quanto ao número de óbitos, foram reportados 149, fixando o total em 22.597. A Rússia, com cerca de 145 milhões de pessoas, tem o quarto maior número de casos de infeção do mundo.

10h13 - Alemanha com 3.483 novos casos e 11 mortes. Nas últimas 24 horas, o RKI notificou 3.483 novos casos de Sars-coV-2 em todo o país e 11 mortes. É uma descida em relação aos 4.700 casos de Covid-19, com 15 mortes relatadas no sábado, o maior número desde o início de abril. No total, desde o início da pandemia, a Alemanha, o país com maior peso demográfico da União Europeia - com 83,5 milhões de habitantes -, contabiliza 322.864 casos, 274.800 dos quais já recuperaram e 9.615 morreram.

O número de áreas de risco ou de especial incidência do novo coronavírus na Alemanha aumentou nas últimas 24 horas em várias das grandes cidades do país, como Essen (oeste), Estugarda (sul) e Bremen (norte). Segundo a agência EFE, já estavam identificadas como áreas de risco as cidades de Berlim, Frankfurt e Colónia.

9h21 Pneumologia no Amadora-Sintra sem internamentos após 5 casos de Covid-19. O Serviço de Pneumologia do Hospital Fernando Fonseca (Amadora-Sintra) deixou de receber novos doentes para internamento, depois de detetados pelo menos cinco casos de Covid-19 entre os utentes internados, revelou fonte da unidade hospitalar.

8h50 Antigo jogador da NBA internado com Covid-19 aos 34 anos. Nikola Pekovic, antigo jogador de basquetebol que durante a sua carreira na NBA representou os Minnesota Timberwolves, está hospitalizado com Covid-19.

8h48África lidera subida da inclusão financeira durante a pandemia. A agência de notação financeira Moody's disse hoje que o continente africano teve o maior aumento de inclusão financeira através da entrada no mercado financeiro, graças aos operadores móveis, durante a pandemia de Covid-19.

8h00 Três infetados assintomáticos levam China a isolar edifícios e hospital. Edifícios residenciais e acessos a um hospital foram isolados na cidade chinesa de Qingdao (leste) depois de serem detetados três casos assintomáticos de covid-19, anunciaram hoje as autoridades sanitárias locais. A Comissão de Saúde municipal indicou que os dois primeiros casos foram detetados numa auxiliar do hospital, onde são tratados contágios oriundos do exterior, e no marido, um taxista.

7h59 - Portugal, França e Alemanha batem máximos. Vários países da Europa estão a reportar números recorde de casos diários de infeção ou, pelo menos, novos máximos atingidos desde o pico da pandemia, entre março e maio. Portugal registou ontem um número recorde de infetados com 1.646 novos casos confirmados. Desde o início da pandemia, em março, este foi o maior número de casos de infeção. O segundo maior registo aconteceu a 10 de abril, com 1.516, e o terceiro mais recentemente, nesta sexta-feira, com 1.394 novos casos. 

A França também fixou no sábado um novo recorde de contágios diários ao registar 26.896 casos nas 24 horas anteriores. Essa fasquia superou as infeções dos dois dias anteriores, perto dos 18.000 e dos 20.000, respetivamente. Já o número de novas infeções diárias na Alemanha ultrapassou no mesmo dia as 4.700, o valor mais elevado desde meados de abril. O crescimento dos números no país levou a que as principais cidades alemãs, incluindo a capital Berlim, impusessem desde ontem novas restrições aos horários de restaurantes e bares.

Outros países, porém, bateram ontem recordes: a Irlanda reportou 1.012 novos casos de contágio, o número mais alto desde abril e um subida para o dobro em relação à média dos sete dias anteriores (523 casos). A Rússia bateu o recorde de casos diários pelo segundo dia consecutivo, no sábado, com mais de 12.800 novas infeções confirmadas.

7h58 Trump já não corre risco de infetar terceiros. O Presidente dos Estados Unidos já não corre o risco de contagiar terceiros com Covid-19, declarou no sábado o médico Sean Conley, nove dias depois de Donald Trump ter obtido um teste positivo para a doença.

7h56 - As atualizações que aconteceram durante a noite:

  • EUA com 735 mortos e 51.069 casos nas últimas 24 horas. Este último balanço, às 20:00 de sábado (01:00 de hoje em Lisboa), elevou o número total de óbitos para 214.305 e o de casos para 7.709.628 desde o início da pandemia.
  • Índia com 918 mortos e mais de 74 mil casos nas últimas 24h, elevando para mais de sete milhões o número total de contágios desde o início da pandemia, anunciaram hoje as autoridades.
  • China sem novos casos há 56 dias. A Comissão de Saúde da China anunciou hoje ter detetado 21 casos de covid-19 em viajantes oriundos do exterior, quando soma 56 dias consecutivos sem infeções locais.
  • México com mais 135 mortos e 4.577 casos nas últimas 24 horas. De acordo com o Ministério da Saúde mexicano, o país contou 83.642 óbitos e 814.328 casos de Covid-19 desde o início da pandemia.
  • Colômbia regista mais 165 mortes e 8.447 novos casos. Desde o início da pandemia, o país contou 27.660 óbitos e 902.747 contágios, tendo sido realizados, ao todo, 4,13 milhões de testes.

7h55 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações de sábado clique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório