Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2020
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 24º

Edição

Estado da União: Von der Leyen estreia-se com a pandemia de protagonista

O Parlamento Europeu é hoje palco do discurso sobre o Estado da União, o primeiro proferido pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o primeiro realizado em Bruxelas, devido à covid-19, o tema incontornável este ano.

Estado da União: Von der Leyen estreia-se com a pandemia de protagonista
Notícias ao Minuto

06:19 - 16/09/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Inaugurado pelo antigo presidente do executivo comunitário José Manuel Durão Barroso, em 2010, o discurso do Estado da União tornou-se o 'cartaz' da sessões plenárias de setembro, a de 'rentrée' depois das férias de verão, sendo a oportunidade de o executivo comunitário e os eurodeputados discutirem os grandes desafios e prioridades para os 12 meses seguintes.

Este ano, o debate será inevitavelmente marcado pela pandemia da covid-19, que mergulhou a Europa na maior crise desde a II Guerra Mundial, e que continua bem presente, como o demonstra o facto de, pela primeira vez, o Estado da União não ter lugar em Estrasburgo.

A decisão, mal acolhida pelas autoridades francesas, foi tomada na semana passada pelo Parlamento Europeu em virtude de a região do Baixo Reno ter sido classificada como 'zona vermelha', ou de alto risco de contágio. Estrasburgo já não acolhe uma sessão plenária desde fevereiro, o último mês de 'normalidade' na Europa até à chegada da pandemia.

Além das medidas para dar resposta à crise sanitária, económica e social causada pela covid-19 e o plano de recuperação para a Europa proposto por Bruxelas e acordado pelos líderes europeus em julho passado, Von der Leyen -- em funções desde dezembro de 2019 -- deverá também abordar no seu discurso matérias como o combate às alterações climáticas e política de migração e asilo.

Após a intervenção inicial da presidente da Comissão, os líderes das diferentes bancadas políticas e outros eurodeputados farão uma avaliação do trabalho do executivo comunitário e discutirão com Von der Leyen as prioridades da UE para os próximos 12 meses.

O Estado da União terá lugar a partir das 09h15 de Bruxelas, 8h15 de Lisboa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório