Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Namíbia alerta para a venda de fezes de elefante como cura para a Covid

As fezes de elefante estão a ser vendidas a "preços exorbitantes" à medida que o número de casos na Namíbia está a aumentar.

Namíbia alerta para a venda de fezes de elefante como cura para a Covid
Notícias ao Minuto

21:09 - 19/08/20 por Notícias Ao Minuto

Mundo Coronavírus

O governo da Namíbia está a avisar os seus cidadãos para não acreditarem nas afirmações feitas nas redes sociais de que o cocó de elefante pode curar a Covid-19, isto numa altura em que os casos de infeção por coronavírus estão a subir a um ritmo mais rápido, refere a Reuters.

“Vimos nas redes sociais as pessoas a venderem cocó de elefante a preços exorbitantes. Há uma propaganda exagerada em torno disto”, afirmou Romeo Muyunda, ministro do Ambiente, das Florestas e do Turismo da Namíbia.

O ministro da Saúde, Kalumbi Shangula, realçou que não há uma cura para a Covid-19 atualmente. “Se alguém disser que há uma cura, deve ser encarada como uma afirmação falsa”, referiu ao jornal The Namibian.

Alguns curandeiros defendem que o cocó de elefante tem propriedades medicinais, incluindo para tratar enxaquecas ou dores de dentes. Recentemente, surgiu a tendência de que também pode servir de cura para a Covid-19.

A Namíbia, que inicialmente foi elogiada pela forma como conseguiu travar a propagação do coronavírus, está a verificar um aumento significativo de contágios. A capital do país, Windhoek, tornou-se no epicentro do vírus. Os dados mais recentes do governo dão conta de um total de 4.344 casos positivos e 36 mortes desde o início da pandemia.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório