Meteorologia

  • 12 AGOSTO 2020
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Polícia pisa e equilibra-se em pescoço de mulher negra no Brasil

Imagens têm circulado nas redes sociais, onde os internautas mostram indignação para com a realidade brasileira, país onde "a cada 23 minutos morre um George Floyd".

Um agente da polícia militar do Estado brasileiro de São Paulo foi filmado a pisar o pescoço de uma mulher negra como técnica de imobilização, num vídeo revelado durante o fim de semana numa reportagem da Globo.

As imagens foram captadas por moradores e mostram a mulher negra, de 51 anos de idade, deitada no chão, de bruços, enquanto o agente lhe pisa o pescoço, chegando mesmo a levantar o outro pé para colocar todo o peso do seu corpo sobre a mulher.

A vítima, que não foi identificada no programa, por razões de segurança, trabalha num bar e foi imobilizada pela polícia quando interveio na agressão policial a um amigo - incidente que não foi filmado e que aconteceu imediatamente antes.

O caso aconteceu a 30 de maio, mas as imagens só foram agora divulgadas, graças ao programa 'Fantástico', que foi emitido no domingo. Esta segunda-feira, o governador de São Paulo recorreu às redes sociais para indicar que os agentes envolvidos no caso foram "afastados" e responderão a um inquérito.

Estas imagens adquiriram muita repercussão nas redes sociais, onde os internautas as têm partilhado com a comparação ao caso do norte-americano George Floyd. "A cada 23 minutos morre um George Floyd no Brasil", lê-se, numa referência ao levantamento que indica que, no país sul-americano, morre um jovem negro a cada 23 minutos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório