Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2020
Tempo
34º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

EUA lamentam morte do primeiro-ministro da Costa do Marfim

Os Estados Unidos da América, através do secretário de Estado Mike Pompeo, lamentaram hoje a morte do primeiro-ministro da Costa do Marfim, na quarta-feira aos 61 anos, "um líder respeitado com uma longa história de serviço dedicado ao país".

EUA lamentam morte do primeiro-ministro da Costa do Marfim

O primeiro-ministro da Costa do Marfim, Amadou Gon Coulibaly, morreu na quarta-feira, aos 61 anos, numa clínica na capital económica, Abidjan, para onde tinha sido transferido após se ter sentido mal durante uma reunião do Conselho de Ministros.

"Em nome dos Estados Unidos, apresento sinceras condolências ao povo e ao Governo da Costa do Marfim pela morte do primeiro-ministro Amadou Gon Coulibaly", afirmou Mike Pompeo, num comunicado hoje divulgado pelo Departamento de Estado norte-americano.

Mike Pompeo recordou que Amadou Gon Coulibaly era "um líder respeitado com uma longa história de serviço dedicado ao seu país". "Através de muito trabalho e comprometimento, ele desempenhou um papel decisivo no desenvolvimento da Costa do Marfim numa potência económica e pilar de estabilidade regional", considerou.

O secretário de Estado salientou que os Estados Unidos "valorizaram bastante a forte parceria de Amadou Gon Coulibaly numa ampla variedade de prioridades bilaterais e multilaterais partilhadas".

"Apreciámos particularmente o seu apoio no fortalecimento da cooperação comercial e de segurança Estados Unidos-Costa do Marfim", referiu.

Amadou Gon Coulibaly tinha regressado à Costa do Marfim em 02 de julho, após quase dois meses em França, onde foi submetido a exames médicos relacionados com o coração.

O atual primeiro-ministro tinha sido designado candidato do partido do Presidente, Alassane Ouattara, após este ter, em março, renunciado a disputar um terceiro mandato.

Com 61 anos, Gon Coulibaly, foi operado ao coração há alguns anos e, em finais de março, esteve em confinamento por ter estado em contacto com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus, mas, entretanto, tinha já retomado a sua atividade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório