Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
28º
MIN 19º MÁX 31º

Edição

AO MINUTO: "Não é um momento para austeridade"; UE aprova Remdesivir

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do mundo.

AO MINUTO: "Não é um momento para austeridade"; UE aprova Remdesivir

Há 'fumo branco' quanto ao futuro da TAP. O Governo anunciou, em conferência de imprensa ao final da noite desta quinta-feira, que o Estado "passa a ficar com 72,5% do capital" da transportadora aérea, com o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, a considerar que se trata de "uma boa solução". Já o ministro das Finanças, João Leão, esclareceu que a TAP "não vai contar para as contas públicas".

Esta sexta-feira, ao final da manhã, o Parlamento aprovou o Orçamento Suplementar que se destina a responder às consequências económicas e sociais provocadas pela pandemia de Covid-19. O PCP, tal como havia anunciado, votou contra, mas a abstenção do PSD e do Bloco de Esquerda - bem como o voto a favor do PS - carimbaram a aprovação.

De lembrar que Portugal registou, ontem, mais oito mortes e 328 novos casos de infeção nas últimas 24 horas. Há no total 1.587 vítimas  mortais e 42.782 casos no país.

Siga nos mapas a evolução da pandemia em Portugal e no resto do Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do Mundo:

15h00 - Boa tarde. Este registo termina aqui mas pode continuar a acompanhar todas as incidências do novo coronavírus neste link.

14h38 - A PSP deteve um homem e duas mulheres por desobediência, em Elvas (Portalegre), na sequência de um convívio na via pública que envolveu mais de 20 pessoas, em tempos de pandemia de Covid-19.

14h35 - Angela Merkel surgiu esta sexta-feira em público, pela primeira vez, a usar uma máscara. A chanceler entrou no parlamento nacional com um equipamento de proteção individual com a inscrição 'EU2020.de', um site criado devido à presidência alemã da União Europeia.

14h33 - Portugal Continental deverá ficar de fora da lista de países com corredor turístico com Reino Unido, avançou fonte do Governo à Associação de Municípios do Algarve, cita a SIC. Ao que tudo indica, Madeira e os Açores estarão incluídos pelo governo britânico. 

14h20 - Pelo PS foi Ana Catarina Mendes quem falou aos jornalistas. "É um bom Orçamento Orçamento que vem na linha de todos os Orçamentos destes cinco anos", defendeu, acrescentando que o documento "responde aos problemas que os portugueses enfrentam nos dias de hoje".

Sobre as relações e os acordos com a Esquerda, a líder parlamentar destacou: "A líder do BE sabe que o PS preparou este Orçamento Suplementar com o Bloco de Esquerda também, com os nossos parceiros que apoiaram ao longo destes anos o caminho que temos vindo a fazer para Portugal. Quer com o Bloco de Esquerda quer com o PCP houve sempre disponibilidade do PS para viabilizar um conjunto de propostas". 

14h14 - Inês Sousa Real destacou que, apesar "de este não ser o Orçamento que o PAN apresentaria, é um Orçamento que vem dar algumas respostas àquilo que são algumas preocupações do ponto de vista social e económico", acrescentando que o partido procurou "contribuir para o melhorar através um conjunto de propostas que apresentou". 

14h10 - André Ventura, líder do Chega, considerou que "estamos perante um Orçamento irrealista, um Orçamento que não corresponde às necessidades do país nesta altura e que, sobretudo, falha naquilo que devia ser o mais importante que era prever o desastre que vamos ter em termos de desemprego, em termos de quebra do saldo orçamental e dar uma solução. Essa solução não foi apresentada". 

13h59 - Após a abstenção do Bloco de Esquerda ao Orçamento Suplementar, Catarina Martins destacou, aos jornalistas, que o partido registou "alguns avanços positivos" no documento. "Queria registar dois deles: a garantia de subsídio de doença a 100% para os doentes de Covid e a garantia que alguns setores que não tinham acesso a subsídio de desemprego - lembro, por exemplo, as trabalhadoras domésticas - passam a ter este apoio". 

A coordenadora do BE considera que "teria sido possível ir mais longe" e que esta resposta, "ainda que de emergência, podia ser mais robusta e podia permitir ao país mais condições para reagir à crise e permitir às pessoas que estão a sofrer os efeitos da crise terem mais apoios". 

13h41 - Depois de António Costa, foi a vez de Rui Rio falar aos jornalistas. Questionado sobre se 'deu a mão' ao PS para viabilizar a aprovação do Orçamento Suplementar, o líder da oposição foi taxativo: "O PSD deu, claramente, a mão ao país. Disso não há dúvida nenhuma e é isso que nós pretendemos"

"Se, neste momento, em vez de estarmos aqui a debater a forma como o Orçamento Suplementar foi aprovado, se estivéssemos a debater a forma como foi reprovado, o país estava sem condições nenhumas para fazer uma luta contra a pandemia e, em particular, apoiar a economia portuguesa", acrescentou. 

Rui Rio disse que criar estas condições "era absolutamente vital". "Uma coisa é o Orçamento 2020, outra o Orçamento Suplementar e outra o Orçamento 2021. Em nome do interesse nacional, votar contra o Orçamento Suplemento não faz sentido nenhum a não ser por questões de táctica partidária. E eu não faço questões dessa ordem".

Leia as declarações de Rui Rio em pormenor aqui.

13h32 - A deputada não inscrita Joacine Katar Moreira entrou hoje em quarentena voluntária depois de ter contactado com uma pessoa infetada pela Covid-19, deixando críticas à Assembleia da República por ter impossibilitado a sua participação 'online' em plenário.

13h22 - Após a aprovação do Orçamento Suplementar, António Costa manifestou a sua "satisfação" pela 'passagem' do documento na Assembleia da República. "Se há algo que esta crise tornou manifesto é que este não é um momento para a austeridade. Este é, pelo contrário, o momento para reforçar o nosso Estado Social".

"Este é o Orçamento que o país precisa e tem condições para ter neste momento. Todos nós gostaríamos, obviamente, que os apoios pudessem ser maiores, pudéssemos ir mais além aqui ou ali. Acho que este é um Orçamento muito equilibrado e, por isso, foi aprovado com tranquilidade na Assembleia da República", frisou o primeiro-ministro em declarações aos jornalistas.

Já sobre a decisão de voto de PCP e Verdes, Costa considerou que estes dois partidos "não fizeram uma avaliação correta deste orçamento suplementar". "Mas registo aquilo que foi ontem confirmado pelo líder parlamentar comunista: que este voto não compromete em nada o diálogo que temos mantido desde novembro de 2015 e designadamente para 2021 e os anos seguintes".

Leia as declarações do chefe do Governo em pormenor aqui. 

13h19 - Uma trabalhadora da empresa SUCH (Serviço de Utilização dos Hospitais), em Vialonga, Lisboa, contraiu Covid-19. A informação foi divulgada pelo sindicato dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios, Vestuário, Calçado e Curtumes do Sul.

13h15 - A pandemia do novo coronavírus já causou a morte a pelo menos 521.384 pessoas e infetou mais de 10,8 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP baseado em dados oficiais.

13h03 - O Ministério da Saúde do Irão anunciou hoje 154 mortes ligadas ao novo coronavírus nas últimas 24 horas, um balanço diário que continua elevado após o recorde registado no início da semana.

12h58 - Excesso de mortalidade reverteu na segunda semana de junho. O número de óbitos em Portugal entre o início do estado de emergência e 7 de junho excedeu o do período homólogo, mas na segunda semana de junho os valores já ficaram abaixo dos registados em 2018 e 2019.

12h54 - Sem surpresa, Parlamento aprovou o Orçamento Suplementar com a abstenção do PSD, do Bloco de Esquerda, do PAN e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues. PCPPEVCDS, Iniciativa Liberal e Chega votaram contra. 

12h40 - Reguengos de Monsaraz contabiliza um total de casos de Covid-19 acumulados de 159, nove dos quais já estão considerados curados, continuando 142 infeções ativas, refere a autarquia no balanço da situação epidemiológica desta sexta-feira. Mantém-se os oito óbitos (sete utentes do lar e uma funcionária).

12h24 - A Assembleia da República vota o Orçamento Suplementar. Acompanhe aqui

PCP e o PEV já anunciaram que votam contra a proposta, juntando-se ao CDS-PP, Chega e Iniciativa Liberal, depois de terem optado pela abstenção na generalidade. O documento será viabilizado pelo PSD e pelo BE, que decidiram manter a abstenção.

12h20 - A União Europeia aprovou o uso do medicamento Remdesivir para tratar casos da Covid-19. A decisão surge dias depois da Agência Europeia do Medicamento (EMA) ter recomendado o seu uso e a Remdesivir torna-se, assim, no primeiro tratamento autorizado no combate à doença na Europa.

12h19 - O CDS-PP considerou hoje positiva a solução para a entrada do Estado na TAP ter sido feita "por acordo", quer saber mais pormenores do acordado e defende que deve deixar de ser acionista "logo que possível".

12h09 - O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças atualizou recentemente a lista de sintomas da Covid-19. Previamente, a CDC havia apenas considerado febre ou arrepios, falta de ar, fadiga, dores musculares ou no corpo, de cabeça, garganta inflamada e perda de olfato e paladar como os sintomas oficiais de coronavírus. Porém, agora a lista passou a incluir: congestão ou corrimento nasal, náuseas ou vómitos e diarreia.

11h45 - O Partido Ecologista 'Os Verdes' (PEV) afirmou hoje esperar que o reforço do capital público na TAP tenha reflexos ao nível da gestão da empresa e defendeu que os privados "não devem fazer parte da equação e da solução".

11h41 - Afinal, é ou não necessário usar máscara dentro do carro? Saiba tudo neste artigo.

11h32 - O número de infetados com Covid-19 no lar de Alcabideche, em Cascais, no distrito de Lisboa, subiu para 52 depois de terem sido realizados os testes aos colaboradores da instituição, indicou hoje fonte do município.

11h22 - Como é que a Covid-19 atingiu o bairro mais pobre de Espanha? O Poligono Sur situa-se em Sevilha e é a casa de 50 mil pessoas. A reportagem é da AFP

11h09 - Os passes vendidos em junho na Área Metropolitana de Lisboa (AML) seguem a tendência de retoma nos transportes públicos, configurando um crescimento de cerca de 41% face ao mês de maio.

10h58 -PCP defende um "controlo público efetivo" da TAP, afirmando que os "interesses privados estão a mais" na companhia. A questão essencial "é a defesa da TAP enquanto companhia aérea de bandeira" e a "necessidade de colocar a empresa efetiva e verdadeiramente ao serviço do desenvolvimento e da soberania nacional". 

10h56 - Stelly Kyriakides, a comissária europeia da Saúde, afirmou, em entrevista ao DN e TSF, que "o exemplo de Portugal na Covid-19 mostra muito claramente como a situação é frágil". "Em regiões mais ou menos inatingidas até agora, estamos a assistir a um aumento no número de casos", destacou ainda.

10h34 - O Bloco de Esquerda reagiu ao anúncio relativamente ao futuro da TAP afirmando ter "dúvidas" que quer ver esclarecidas quanto ao plano de reestruturação e de gestão da empresa. O Partido defende ainda que deve ser feita uma auditoria à gestão privada.

10h28 - Recordamos o mais recente boletim epidemiológico revelado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) esta quinta-feira. Contabilizaram-se em Portugal mais oito mortes e 328 novos casos de infeção. 

10h10 - O número de mortos devido à Covid-19 em África subiu hoje para 10.658 e há 433.500 infetados, segundo os números mais recentes sobre a pandemia no continente.

09h56 - Ao contrário do que se pensava até ao momento, o risco da Covid-19 não é maior em pessoas VIH positivas. Estes são dados de um estudo realizado pelo Ministério da Saúde espanhol, publicado na Annals of Internal Medicine, que analisou a incidência e gravidade da doença em pessoas a receber tratamento antirretroviral para o VIH

09h49 - Medina critica interrupção de inquéritos epidemiológicos ao fim de semana. O autarca de Lisboa defendeu que é preciso "fazer mais, melhor e mais rápido" no combate à pandemia na região. "Não acho normal haver interrupção da realização de inquéritos epidemiológicos ao fim de semana. O vírus não descansa", frisou em entrevista à RTP.

09h44 - Da Colômbia chega-nos uma história de amor. Conta a AFP que, com a ajuda de profissionais de saúde, Jefferson Riascos pediu a namorada Diana Angola em casamento. A jovem deu à luz o filho do casal em coma induzido enquanto estava a ser tratada devido à Covid-19. 

09h20 - Dados da Rússia. País registou mais 6.718 casos e 176 mortes e está perto de ultrapassar os 670 mil casos de infeção

09h15 - Sem reciprocidade, Espanha não 'abre a porta' a Marrocos, Argélia e China. Espanha reabre hoje as suas fronteiras aos viajantes que pertençam a países que estão fora do espaço Schengen. Contudo, o país vizinho decidiu fechar portas a três deles.

09h08 - Quanto custa a aquisição de uma participação maior, pelo Estado, na companhia aérea portuguesa? Esses montantes terão impacto nas contas públicas? Quem vai gerir a 'nova' TAP? Respondemos aqui a estas (e outras) questões. 

09h00 - É hora de ficar a saber os títulos que compõem as capas dos jornais desta sexta-feira. Com o fim de semana quase à porta, a ação do Estado português na TAP e na Efacec são temas em destaque. 

08h50 - Testes no Algarve feitos com método que testa 10 pessoas de uma vez. O consórcio Algarve Biomedical Center (ABC) já realizou cerca de 20 mil testes à Covid-19 através do método 'pool', que permite detetar casos positivos em grupos de amostras testadas de uma só vez, disse à Lusa o presidente, Nuno Marques.

08h46 - Os jornais da Coreia do Norte referem hoje que o líder Kim Jong-Un apelou à cúpula do partido para se manter alerta contra o coronavírus avisando que a complacência pode conduzir a "riscos inimagináveis e a uma crise irrecuperável".

08h40 - "É importante manter um forte círculo de confiança entre todos". O ex-ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes acredita que "estamos a viver o momento mais complexo da crise associada à Covid-19", assinalando que "temos um país para levantar", o que exige "foco e responsabilidade".

08h24 - 'Luz verde' ao Suplementar e outras 3 coisas a saber para começar o dia. Tome nota dos principais temas da Economia que marcam a agenda desta sexta-feira, dia 3 de julho.

08h11 - A utilização de máscara é tida como uma medida importante na prevenção do contágio da Covid-19 mas, ainda assim, há quem não esteja convencido e teime em não colocar. O Facebook quer ajudar e passará a exibir mensagens tanto na sua rede social como no Instagram.

08h06 - Governo britânico publica hoje lista de países isentos de quarentena. Passageiros que chegarem a Inglaterra de Espanha e Itália não precisam de fazer quarentena, mas é incerto se Portugal vai ser isento ou se o resto do Reino Unido vai aplicar a lista que o governo britânico vai anunciar.

07h58 - "Não nacionalizar a TAP é bom para todos". O presidente da Barraqueiro e acionista privado da TAP, Humberto Pedrosa, considera que a não nacionalização da companhia aérea portuguesa "é bom para a empresa e para o país" e sublinhou que sempre fará parte da solução.

07h43 - Dados da Alemanha. Nas últimas 24 horas, a Alemanha registou 446 novas infeções por Covid-19, sendo agora o total de casos, desde o início da pandemia, de 195.674. Os dados divulgados pelo Instituto Robert Koch esta sexta-feira indicam que se contabilizam no país mais nove mortes. O total de óbitos ultrapassou a barreira dos 9 mil, fixando-se agora nos 9.003. 

07h39 - A Índia registou 379 mortos e mais de 20 mil infetados por Covid-19 nas últimas 24 horas, um novo recorde de casos, informaram hoje as autoridades.

07h34 - O Brasil terá pelo menos oito milhões de infetados pelo novo coronavírus, quase seis vezes mais do que o número oficial, segundo um estudo encomendado pelo Ministério da Saúde, que examinou 89.397 brasileiros em 133 cidades.

07h26 - O México registou 679 mortos e 6.741 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 29.189 e o de contágios para 238.511, informaram as autoridades.

07h19 - O novo coronavírus poderia estar em circulação Brasil desde novembro passado, cerca de três meses antes da confirmação oficial do primeiro caso no país, em 26 de fevereiro, segundo um estudo divulgado na quinta-feira.

07h10 - O Parlamento deverá aprovar hoje, em votação final global, a proposta de Orçamento Suplementar, que se destina a responder às consequências económicas e sociais provocadas pela pandemia de Covid-19.

07h06 - O número de casos confirmados por dia nos EUA superou na quinta-feira pela primeira vez os 50 mil, com a curva das infeções a subir em 40 dos 50 estados e a poupar apenas os do nordeste. Nas últimas 24 horas, o país registou 623 mortos e 54.437 infetados, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins.

07h02 - A China identificou cinco casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, dois em Pequim e três oriundos do exterior, anunciaram hoje as autoridades.

07h00 - Bom dia. Iniciamos aqui um novo registo para que fique a par de todas as incidências relacionadas com o novo coronavírus. Para recordar o que se passou na tarde de ontem, clique aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório