Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 8º MÁX 17º

Edição

Hungria vai encerrar zonas de trânsito na fronteira sul com a Sérvia

A Hungria vai encerrar os campos de migrantes nas zonas de trânsito na fronteira sul com a Sérvia, após uma decisão recente do Tribunal de Justiça da União Europeia (UE), anunciou hoje o Governo.

Hungria vai encerrar zonas de trânsito na fronteira sul com a Sérvia
Notícias ao Minuto

12:20 - 21/05/20 por Lusa

Mundo Hungria

"A zona de trânsito era uma solução que protegia as fronteiras da Hungria e a infeliz decisão do tribunal da UE obriga a Hungria a eliminar essas zonas", explicou numa conferência de imprensa Gergely Gulyas, ministro do Gabinete do primeiro-ministro húngaro.

Gulyas especificou que 280 pessoas seriam transferidas para centros de receção no país.

Estas zonas de trânsito eram utilizadas para manter os migrantes enquanto os pedidos de asilo eram analisados pelas autoridades.

Gergely Gulyas também disse que, no futuro, aqueles que solicitarem asilo na Hungria terão de apresentar suas reivindicações nas missões diplomáticas húngaras.

A decisão do Governo ocorreu depois de o superior tribunal da União Europeia determinar na semana passada que manter requerentes de asilo nas zonas de trânsito da Hungria equivalia a "detenção" e que era permitido por um período máximo de quatro semanas.

A Hungria construiu cercas protegidas com arame farpado nas fronteiras do sul com a Sérvia e com a Croácia e, mais tarde, construiu zonas de trânsito na fronteira com a Sérvia após a crise dos migrantes de 2015, quando cerca de 400.000 pessoas passaram pela Hungria a caminho da Europa Ocidental.

As medidas faziam parte das políticas anti-imigração cada vez mais rigorosas do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, e o acolhimento mínimo do sistema de asilo da Hungria.

As zonas de trânsito, construídas a partir de contentores de transporte, são alvo frequente de críticas generalizadas de grupos de direitos humanos húngaros e internacionais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório