Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 4º MÁX 14º

Edição

AO MINUTO: Seis mortos nas últimas 24h. Mais de 600 mil testes feitos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do Mundo.

AO MINUTO: Seis mortos nas últimas 24h. Mais de 600 mil testes feitos

Esta sexta-feira é dia de decisões finais quanto à segunda fase do desconfinamento em Portugal. O  Conselho de Ministros vai reunir-se para avaliar as medidas da primeira fase e tomar decisões relativamente à segunda, estando previsto o regresso às aulas para alguns alunos, a reabertura das creches, bem como dos restaurantes.

De acordo com o boletim da Direção-Geral de Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, Portugal contabiliza 28.583 casos de infeção e 1.190 óbitos associados à doença, tendo registado, nas últimas 24 horas, mais seis óbitos e 264 novos casos de infeção.

Apesar de ter entrado na primeira fase do desconfinamento, destacou hoje o secretário de Estado da Saúde, na habitual conferência da DGS, Portugal não abrandou nos testes de diagnóstico, tendo, aliás, realizado a 13 de maio "cerca de 17.500 testes", que passou a ser "o dia em que foram realizados mais testes desde o início da pandemia".

Hoje faz também um mês desde que a China anunciou a última morte por Covid-19. O país regista agora apenas 91 casos ativos da doença. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no resto do mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do Mundo:

15h30 - Continue a acompanhar-nos AO MINUTO aqui.

15h26 - A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) divulgou hoje um guia de boas práticas, com medidas recomendadas para a operação daqueles espaços em contexto de Covid-19.

Entre as medidas recomendadas estão: 

  • A lotação máxima de visitantes de cinco pessoas por cada 100 metros quadrados (m2) de área total do centro.
  • Os centros comerciais devem também adotar a utilização de linhas e sinalética orientadora, a marcar o sentido de circulação no espaço, incluindo zonas de restauração, por forma a evitar cruzamentos de pessoas.
  • A circulação junto às entradas das instalações sanitárias deve, igualmente, ser feita mediante a sinalética no pavimento, que deve ser colocada com o objetivo de disciplinar o desimpedimento do acesso às instalações sanitárias. O mesmo se aplica ao uso das escadas rolantes e à circulação junto aos ATM, acrescenta a APCC.
  • Deverá ainda ser constituída uma equipa com a função específica de fazer cumprir o plano de contingência para os centros comerciais, observar a sua aplicação e alterar procedimentos em conformidade.

15h23 - A China apelou hoje a uma cooperação "mais próxima" com os Estados Unidos na luta contra a pandemia de covid-19, após o Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçar "interromper todas as relações" com Pequim.

15h15 - Um vídeo captado em Sacramento, na Califórnia, mostra manifestantes (sem máscara) exaltados durante um dos muitos protestos nos EUA contra as restrições impostas devido à pandemia

14h59 - Com saudades de uma corrida competitiva? As corridas virtuais começam já em maio. A ideia é simples, correr a distância de cada prova em qualquer lugar e hora. Após terminada a distância proposta, o participante terá que fazer o upload da sua participação a partir de qualquer aplicação para smartphones ou smartwatches. Inscreva-se aqui. 

14h55 - Os serviços sanitários espanhóis alertaram hoje para o risco de um ressurgimento de um surto de Covid-19, devido à taxa de apenas 5% de imunidade da população à doença revelada por um estudo de prevalência. 

14h50 - O Ministério das Finanças afirmou hoje que a recessão económica registada no primeiro trimestre do ano, devido à pandemia, "está totalmente alinhada" com as estimativas setoriais do Programa de Estabilidade (PE).

14h42 - A União Europeia precisa de um pacote de recuperação de 2 biliões de euros para dar resposta à crise da Covid-19, de acordo com o Parlamento Europeu. Segundo a instituição presidida por David Sassoli

  • O fundo de recuperação deve ser complementar ao orçamento de longo prazo da UE e não pode ser um motivo para a sua redução
  • A Comissão deve abster-se de utilizar “engenharia financeira” e multiplicadores duvidosos
  • O Parlamento Europeu  quer que o pacote seja desembolsado principalmente através de subvenções

14h35 - Questionado sobre um estudo da fundação Champalimaud e da Ordem os Enfermeiros segundo o qual o número de enfermeiros expostos ao novo coronavírus é até 10 vezes superior ao número de infeções confirmadas, António Lacerda Sales, escusou-se a comentar a própria investigação, mas afirmou que "todos os profissionais de saúde estiveram protegidos, quer do ponto de vista de equipamentos de proteção individuais quer do ponto de vista da testagem enquanto contactos com doentes".

14h33 - "Sabemos que já passou por muito, mas contamos consigo para mais esta etapa". DGS divulga novo vídeo a apelar ao uso de máscara e ao cumprimento do distanciamento social e das regras de higiene. 

14h28 - Os Açores vão reabrir creches e jardins de infância e retomar as visitas a lares de idosos, de forma faseada, consoante a evolução do surto da Covid-19 nas diferentes ilhas, até 1 de junho, foi hoje anunciado. Arquiélago dá hoje conta que não registou qualquer novo caso de infeção e que contabiliza mais nove recuperados.

14h21-  O único caso semelhante à doença de Kawasaki em Portugal, uma criança que estava internada no Hospital Dona Estefânia, já recuperou e já recebeu alta, anunciou Graça Freitas na conferência diária. 

De recordar que uma criança de nove anos morreu hoje em França após registar sintomas semelhantes aos da doença de Kawasaki, descritos em jovens que tiveram contacto com o coronavírus, a primeira morte deste tipo no país, anunciou hoje o seu médico.

14h16 - Está a par do panorama da evolução da pandemia no país e no mundo? Acompanhe nos mapas. 

14h10 - Ovar vai autorizar, a partir de segunda-feira, a abertura de lojas com porta aberta para a rua, com área superior a 400 m2, "devendo, obviamente e ao mais alto nível, ser cumpridas as regras de ocupação, permanência e distanciamento", refere Salvador Malheiro no Facebook

14h00 - O Dia da Defesa Nacional, que envolve milhares de jovens e está suspenso desde 9 de março devido à Covid-19, deverá ser retomado em setembro, dependendo da evolução da pandemia, informou hoje o Governo.

13h58 - O Irão registou 2.102 novos casos, a maior subida num mês, o que faz aumentar o número total de doentes com o novo coronavírus no país para os 116.635, revelou o Ministério da Saúde daquele país que regista um total de 6.902 mortos, mais 48 nas últimas 24 horas. 

13h52 - A Finlândia anunciou ter travado propagação e ultrapassado pico de infeção. "Através de uma resposta precoce, conseguimos travar a progressão da epidemia e, até agora, conseguimos evitar um pico pronunciado da doença. Isto foi possível graças a todos que agiram com responsabilidade", declarou a primeira-ministra. 

13h40 - Uma das consequências do confinamento é... o aumento de peso. De acordo com estudos espanhóis e franceses, a média de peso acumulado nas últimas semanas é de 3 kg. Entra nestas estatísticas? 

13h26 - Ryanair despediu mais de 250 trabalhadores de apoio nos aeroportos de Madrid, Londres-Stansted, Dublin e Wroclaw (Polónia). E "novos anúncios" serão feitos pela companhia aérea antes do final do mês

13h17 - Os bancos já receberam mais de 300 mil pedidos de moratórias no pagamento de créditos, que "correspondem a créditos superiores a 25 mil milhões de euros" e a mais de 10% do total do crédito concedido, revelou a Associação Portuguesa de Bancos em audição no Parlamento

13h11- Impor distanciamento nas creches é "uma violência sem nome". A afirmação pertence ao juiz desembargador Eurico Reis que alerta que obrigar as crianças nas creches ao distanciamento social deixará "marcas profundas"

"Se nós quisermos ter robot, autómatos, que não pensam, podemos confiná-las, podemos pô-las em gaiolas, em jaulas, mas depois vamos ter adultos com imensos traumas, dificuldades de relacionamento com as outras pessoas e vão ser pessoas pouco criativas", sublinhou.

13h07 - Já morreram, pelo menos, 302.489 pessoas e há mais de 4.454.090 infetados em 196 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro de 2019 na cidade chinesa de Wuhan. Os Estados Unidos, que registaram a primeira morte ligada à covid-19 no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de mortes e casos, com 85.906 óbitos em 1.417.889 casos.

Segue-se o Reino Unido, com 33.614 óbitos em 233.151 casos, a Itália com 31.368 óbitos (223.096 casos), a Espanha com 27.459 óbitos (230.183 casos) e a França com 27.425 óbitos (178.870 casos).

13h01 - O secretário da Saúde Lacerda Sales informou na habitual conferência de imprensa da DGS que "a taxa de letalidade global é de 4,2%, (...) e de 15,4% acima dos 70 anos". A percentagem "de pessoas em tratamento domiciliário representa 81,8% dos casos e 2,4% em internamento, dos quais 0,4% em UCI e 2% em enfermaria".

Foram realizados "mais de 600 mil testes de diagnóstico", disse, sublinhando que o desconfinamento não significou um relaxamento da testagem. Pelo contrário, Portugal continua a aumentar o número de realizados e a 13 de maio foram feitos cerca de 17.500 testes, trata-se do dia em que foram realizados mais testes desde o início da pandemia". Uma rede composta atualmente "por 78 laboratórios, 32 do Serviço Nacional de Saúde e 22 privados e 24 referentes a outros laboratórios, que englobam a academia e o laboratório militar, por exemplo".

"Não é tempo de balanços mas de olhar para os números com prudência. Desde 4 de maio, arrancou o desconfinamento, assistimos a uma redução de mais de 17% no número de doentes em internamento hospitalar e de 16% nos internamentos em UCI. Os casos recuperados também tiveram um aumento superior a 90%. Isto não significa que devamos relaxar os cuidados e as medidas de distanciamento e higiene, mas seguramente dá-nos confiança para seguir coletivamente este percuso para o qual todos fomos convocados", destaca Lacerda Sales.

12h55 - mara do Porto vai realizar, a partir da próxima segunda-feira, testes serológicos aos mais de 1.500 trabalhadores do município e das empresas municipais que "estiveram na linha da frente no contexto atual de pandemia"

12h50 - Lisboa (1.871), Vila Nova de Gaia (1.463), Porto (1.312), Matosinhos (1.229), Braga (1.153) e Gondomar (1.052) são os concelhos mais afetados pela Covid-19. Saiba quantos casos há no seu concelho

12h42 - A Direção Geral de Saúde (DGS) acaba de divulgar o boletim epidemiológico desta sexta-feira indicam que há mais seis óbitos, totalizando 1.190 vítimas em Portugal desde o início da pandemia, e 264 novos casos de infeção (28.583 no total). De referir que há ainda 2.722 pessoas a aguardar resultado  laboratorial e 3.328 recuperados (mais 130 em relação a ontem).

12h25 - A Confederação do Comércio e Serviços propõe um perdão das rendas comerciais de abril e maio e uma redução de 50% nos três meses seguintes para as atividades que encerraram ou ficaram suspensas no estado de emergência.

12h15 - Sabe qual o país da UE com maior quebra no PIB devido à pandemia? E em que posição se encontra Portugal na tabela? Conheça os dados dos estragos causados na economia dos países europeus, segundo dados do Eurostat

12h10 - O PCP propôs hoje um reforço de 25% em 2020 no Serviço Nacional de Saúde, 2.500 milhões de euros, para dar resposta à Covid-19, recuperar os atrasos noutros serviços de saúde causados pela epidemia e investir.

12h00 - A direção do Sporting, liderada por Frederico Varandas, comunicou aos funcionários do clube que o lay-off decretado no passado dia 16 de abril foi renovado e irá prolongar-se, nesse sentido, por mais 30 dias, ou seja, até 15 de junho.

11h50- Depois de ter reunido esta sexta-feira com trabalhadores precários afetados pela pandemia, a coordenadora do Bloco de Esquerda lamentou que uma instituição com a responsabilidade da Casa da Música esteja a cortar o salário de boa parte dos trabalhadores de que precisa todos os dias, há 10, 15 anos. "É absolutamente inaceitável", considerou. 

"O Conselho de Administração da Casa da Música diz que não está legalmente habilitada para pagar salários, é mentira. O decreto de lei sobre o cancelamento dos espetáculos dá a possibilidade a todas as entidades com financiamento público de pagarem a 100% aos trabalhadores que deviam estar a trabalhar neste momento e que só não estão porque os espectáculos tiveram de ser cancelados", disse, referindo-se a músicos, técnicos, assistentes de sala, "pessoas que todos os dias vestem a farda da Casa da Música e mostram o seu nome em todo o lado". 

Catarina Martins afirmou ainda que o Ministério da Cultura "não deve fazer de conta que não está  a ver o que se está a passar e deve imediatamente garantir a integração dos trabalhadores precários em todas as instituições" e "garantir que [os trabalhadores] recebem os seus pagamentos devidos". "Se as instituições estão a receber o dinheiro do orçamento do Estado, porque é que os trabalhadores a seguir não recebem o seu salário?", questiona, defendendo que deve ser obrigatório o pagamento a estes trabalhadores a 100%. 

11h40 - No desporto, a UEFA aponta regresso da Liga dos Campeões para 7 de agosto, sendo a decisão final será tomada a 27 de maio, na reunião do Comité Executivo do organismo.

11h32 - Mário Nogueira disse ainda que a comunidade científica "não é consensual" sobre o momento da abertura, dando como exemplo dois pareceres. O do Conselho Escolas Médicas Portuguesas que diz ser desaconselhável a abertura das escolas, para já, tendo em conta que o R está próximo de 1 (cada infetado contagia, em média, 1 pessoa) e, em algumas regiões, superior a 1.  O segundo parecer citado por Mário Nogueira é o da Sociedade Portuguesa de Epidemiologia que admite que a abertura se possa dar agora, deixando um leque de recomendações para que não haja contágio.

Não reunindo esta matéria consenso na comunidade científica, o secretário-geral da Fenprof entende a decisão de reabrir as escolas (11.º e 12.º anos) no dia 18 é "uma decisão política". "Se as coisas correrem mal, as responsabilidades políticas aí estarão a ter que ser assumidas", vincou, desejando que "tudo possa correr bem". "Esta reabertura é feita num quadro de pouca prudência", apontou Mário Nogueira, defendendo que "não estão reunidas ainda as condições do ponto de vista da segurança sanitária" para que as escolas e creches possam abrir. 

11h25 - O secretário-geral da Fenprof sublinhou, em conferência de imprensa, que a abertura das creches e das escolas secundárias, prevista para segunda-feira, "está integrada num segundo momento de desconfinamento em que não é garantido um dos compromissos que o Governo e que o primeiro-ministro tinham assumido".

O compromisso de, "a cada momento que vier a ter lugar desconfinamento, ele será sempre precedido da avaliação do momento anterior". O problema, apontou, "é que o momento anterior não foi avaliado", tendo os especialistas analisado apenas dados referentes a oito dias, refletindo estes "o que se passou na sociedade portuguesa por ali na semana do 25 de Abril". 

11h20 - setor do alojamento turístico registou 697,7 mil hóspedes e 1,9 milhões de dormidas em março de 2020, correspondendo a variações de -62,3% e -58,7%, respetivamente, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), esta sexta-feira. Estes valores significam uma "forte redução da atividade" no setor, segundo o INE.

11h17 - Uma criança de nove anos morreu em França após registar sintomas semelhantes aos da doença de Kawasaki, descritos em jovens que tiveram contacto com o coronavírus, a primeira morte deste tipo no país, anunciou hoje o seu médico. 

11h10 - A Eslovénia abriu esta sexta-feira as fronteiras do país aos cidadãos da União Europeia (UE), uma medida tomada após garantir que tem sob controlo a pandemia.

11h00 - O Governo mantém até ao dia 15 de junho a interdição do desembarque de cruzeiros, revela um despacho publicado hoje

10h48 - A Rússia registou hoje mais de 10 mil casos de infeção pelo novo coronavírus, que causa a doença covid-19, no dia em que Moscovo lançou uma grande campanha de testes para tentar estabelecer a prevalência de anticorpos na população. Desde o dia 3 de maio que o país contabiliza diariamente mais de 10 mil casos (à execção de ontem, dia em que o aumento foi de 9.974). 

10h40 - A Ikea está a planear a reabertura de todas as suas lojas em Portugal em 1 de junho, mas a partir de segunda-feira os seus restaurantes vão abrir ao público com serviço 'take-away', foi hoje anunciado.

10h30 - A Bélgica contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 56 mortes devido à Covid-19 e 356 novos casos de infeção. Número total de vítimas mortais no país é de 8.959, sendo os infetados 54.644.

10h14- Espanha regista quebra no número diário de mortos. Segundo os dados do Ministério da Saúde espanhol, morreram nas últimas 24 horas 138 pessoas com Covid-19 (total deóbitos é de 27.459) e  surgiram  549 novos casos de infeção (total é de 230.183).

10h00 - "Vai ser obviamente uma escola diferente aquela que vamos ter no terceiro período, mas estas semanas vão ser muito importantes para todos, não só para concluir o ano letivo, mas sobretudo para treinar o próximo. Não desapareceu o vírus. Este regresso é uma forma de todos testarem metodologia, aprenderem na prática o que é preciso fazer melhor no próximo ano. É preciso aproveitar este período para aprender a viver com o vírus", vincou António Costa, uma vez que a continuidade da presença do novo coronavírus é uma certeza. 

9h58 - António Costa sublinhou ainda que "não se estuda para fazer exames mas sim para aprender", afirmando que, para além da atividade letiva presencial das disciplinas para as quais há exame, a aprendizagem continua também à distância, em casa. Para os alunos que são de risco e que não podem vir, o ensino prossegue à distância (...) É muito importante compreender que aquilo que vai acontecer no ensino presencial nas escolas não substitui aquilo que vai continuar a desenvolver à distância"

9h55 - Na sua intervenção, o primeiro-ministro reforçou os agradecimentos feitos por Tiago Brandão Rodrigues e enalteceu "o esforço imenso" que o Ministério da Educação apoiou, nomeadamente através da distribuição de mais de 4 milhões de máscaras a todos os estabelecimentos de ensino que vão abrir na próxima segunda-feira.

"É um esforço de alimentação contínuo até ao final do ano letivo para que nada falte, máscaras, líquidos de higienização e todo o equipamento necessário", destacou. 

9h49 - De visita à escola secundária D. Pedro V, na companhia de António Costa, o ministro da Educação deixou um agradecimento a todos os que trabalham no sistema educativo, nas escolas públicas mas também aos que trabalham no ensino particular, a "todos que fizeram o esforço para entenderem agora como podem trabalhar sempre com este sentido de missão". 

9h45 -  A nível local,  Câmara de Almeida, no distrito da Guarda, anunciou que vai reabrir na segunda-feira vários serviços e equipamentos municipais, sujeitos a marcação prévia para atendimento presencial e a medidas de segurança para evitar o contágio. E em Pombal, o estacionamento volta a ser pago na segunda-feira. 

9h30 - O impacto da pandemia já se faz notar na economia portuguesa, como seria de esperar. O Instituto Nacional de Estatística revelou que quebra do PIB terá sido de 2,4% no 1.º trimestre. Apesar de estes números já refletirem parte do impacto da pandemia do novo coronavírus, a expectativa é que o segundo trimestre do ano seja o mais penalizado, tendo em conta que durante todo o mês de abril a economia esteve quase paralisada devido ao Estado de Emergência. 

9h25 - Tem ouvido falar da doença de  Kawasaki? Conheça os sete sinais da condição que parece afetar crianças com Covid-19. Andrew Cuomo, o Governador do Estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos, revelou recentemente que a condição já terá afetado 100 crianças em Nova Iorque e crianças de pelo menos 15 estados daquele país, assim como cinco na Europa.

Em Portugal, uma criança desenvolveu sintomatologia semelhante à da doença. Não se tratando, contudo, de síndrome de Kawasaki, a criança registou evolução favorável, disse Graça Freitas no útimo domingo. 

9h20 - Ana Loura, de 67 anos, esteve internada na unidade de infecciologia do Centro Hospitalar Universitário do São João, no Porto, tendo estado também nos cuidados intensivos. Entrou no hospital a 12 de março e recebeu alta em 5 de abril. Apesar de curada, conta que ficou com sequelas como nódulos nos pulmões, falhas de memória e queda de cabelo.

De recordar que Portugal irá desenvolver protocolos para acompanhar os doentes curados. Estudar as sequelas da doença é um dos objetivos.

9h00- A maioria dos lares de idosos alentejanos não deve retomar visitas na segunda-feira, data estipulada pelo Governo, por estarem ainda a elaborar os "planos de operacionalização", segundo o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alcáçovas, em Viana do Alentejo

8h30 - A pandemia de Covid-19, que levou à suspensão generalizada do futebol, e à sua retoma à porta fechada, vai levar a "uma reflexão no sentido de recentrar a posição do adepto", explica à Lusa o antropólogo Daniel Seabra.

8h15 - O 'segredo' de Portugal? Ex-ministro da Saúde não tem dúvidas. O segredo para os resultados positivos da evolução da pandemia por cá. "Temos um país e um povo extraordinários". 

8h00 - Sabia que também há cuidados a ter com os sistemas de ventilação e ar condicionado? Atente nas recomendações da DGS.

7h50 - As temperaturas máximas vão subir entre 7 e 8 graus até segunda-feira, altura em que está previsto o início da segunda fase do plano de desconfinamento, com a abertura de lojas de rua, restaurantes, cafés e esplanadas.

7h20 - Com mais 101 mortes e mais 913 casos confirmados, a Alemanha contabiliza agora um total de 7.824 óbitos e 173.152 infetados desde o início da pandemia.

7h10 - Governo e parceiros sociais voltam a reunir hoje para avaliar o impacto da crise causada pela pandemia covid-19, uma reunião que contará com a presença do primeiro-ministro, António Costa.

  • As confederações patronais consideram as atuais medidas insuficientes e querem o prolongamento do 'lay-off' simplificado e a extensão das linhas de crédito, entre outros apoios.
  • Do lado das centrais sindicais, tanto a UGT como a CGTP defendem que a retoma da atividade deve ser acompanhada de medidas que garantam a saúde dos trabalhadores e a segurança dos seus postos de trabalho, bem como dos seus rendimentos.

7h00 - O Conselho de Ministros vai reunir-se hoje para avaliar as medidas da primeira fase de desconfinamento e tomar decisões relativamente à segunda fase, estando previsto o regresso às aulas para alguns alunos e a reabertura das creches.

6h45 - Depois de ter reunido com os partidos políticos esta quinta-feira, Costa assinalou na rede social Twitter que o "combate à pandemia não tem cor política" e que os contributos das forças políticas "são determinantes para adoptarmos as melhores decisões". 

6h40- O número de infetados com o novo coronavírus que continuam ativos na China caiu, nas últimas 24 horas, abaixo dos 100 pela primeira vez desde janeiro, quando o país entrou em estado de alerta máximo. Hoje faz também um mês desde que a China anunciou a última morte por Covid-19 

06h30 - O México registou 257 mortos e 2.409 infetados nas últimas 24 horas, elevando para 4.477 o número de óbitos e para 42.595 o total de contágios com a covid-19, segundo dados oficiais.

6h00- Bom dia! Acompanhe aqui a informação AO MINUTO no País e no Mundo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório