Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Senegal cancela voos para Portugal e suspende celebrações religiosas

O Senegal anunciou hoje que vai suspender as ligações aéreas com Portugal e mais quatro países europeus, e cancelar também as celebrações previstas para a cidade religiosa de Touba, para prevenir a propagação da Covid-19.

Senegal cancela voos para Portugal e suspende celebrações religiosas
Notícias ao Minuto

21:12 - 16/03/20 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com o ministro do Turismo e dos Transportes Aéreos, Alioune Sarr, as ligações aéreas com Portugal, Espanha, França, Itália, Bélgica, na Europa, e com Argélia e Tunísia, no norte de África, serão suspensas às 00h00 de quinta-feira.

A TAP voa diariamente para Dacar, com um voo que sai de Lisboa às 20h50 e aterra na capital do Senegal à 01h05 do dia seguinte, de acordo com o site da transportadora aérea portuguesa.

Num esforço para conter a propagação do novo coronavírus, que já afeta 27 senegaleses, o Governo quer também evitar as grandes concentrações de pessoas previstas para as celebrações religiosas deste mês na cidade religiosa de Touba, no centro do país.

Essa cidade tornou-se o maior foco de infeção do novo coronavírus na sequência do regresso de Itália de um dos seus habitantes, que contaminou vários dos seus familiares.

Em vez de viajarem para a cidade para participar nas cerimónias religiosas do 'Kazu Rajab' a 22 de março, os líderes muçulmanos estão a pedir aos fiéis para lerem o Corão e outros textos religiosos "onde quer que estejam".

As instruções dos líderes religiosos seguem-se aos apelos feitos no sábado pelo Presidente do Senegal, Macky Sall, que anunciou a proibição de todas as manifestações públicas, a suspensão das aulas e o cancelamento de quase todas as cerimónias que assinalam o 60.º aniversário da independência do país, que se comemora a 04 de abril.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 175 mil pessoas, das quais 7.007 morreram desde dezembro passado. Em Portugal há 331 pessoas infetadas e uma morte devido ao novo coronavírus que causou a epidemia.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório