Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Canadá encerra fronteiras a estrangeiros exceto norte-americanos

O Canadá vai encerrar as suas fronteiras, exceto a cidadãos canadianos ou "residentes permanentes" no país e ainda a norte-americanos, para impedir a propagação da pandemia da Covid-19, anunciou hoje o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau.

Canadá encerra fronteiras a estrangeiros exceto norte-americanos

O primeiro-ministro do Canadá explicou que a decisão foi baseada em recomendações das autoridades sanitárias, mas os cidadãos dos Estados Unidos da América não estão impedidos de atravessar a fronteira devido ao "nível de integração" das economias canadiana e norte-americana.

Justin Trudeau instou também "todos os cidadãos, tanto quanto possível", a permanecerem em casa.

O primeiro-ministro falava aos jornalistas durante uma conferência de imprensa à porta da sua residência, em Otava, capital do Canadá.

Trudeau está em isolamento profilático desde que a sua mulher, Sophia Trudeau, foi diagnosticada com a doença Covid-19, na semana passada.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com mais de 55 mil infetados e pelo menos 2.684 mortos.

A Itália com 2.158 mortos (em 27.980 casos), a Espanha com 309 mortos (9.191 casos) e a França com 127 mortos (5.423 casos) são os países mais afetados na Europa.

Face ao avanço da pandemia, vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Portugal registou hoje a primeira morte, anunciou a ministra da Saúde, Marta Temido. Há 331 pessoas infetadas no país até hoje, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Das pessoas infetadas em Portugal, três recuperaram.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório