Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Boris Johnson, Macron, Trudeau e Mark Rutte apanhados a troçar de Trump?

Os líderes mundiais foram apanhados em vídeo durante uma receção no Palácio de Buckingham.

Notícias ao Minuto

12:31 - 04/12/19 por Sara Gouveia 

Mundo Líderes

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, o presidente francês, Emmanuel Macron, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau e o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, presentes em Londres, no Reino Unido, para a cimeira da NATO, foram apanhados num vídeo numa aparente troça conjunta do presidente norte-americano Donald Trump, durante uma receção no Palácio de Buckingham, na terça-feira.

Nas imagens é possível ver Boris Johnson, Macron, Trudeau e Mark Rutte a partilhar uma gargalhada sobre o alegado comportamento de Trump durante a cimeira.

O vídeo de 25 segundos, que se tornou viral, reportado inicialmente pela CBC, começa com o primeiro-ministro britânico a perguntar a Macron porque é que se atrasou. "Foi por isso que se atrasou?", questiona. Macron anui com a cabeça, ao mesmo tempo que Trudeau responde: "Atrasou-se porque ele demora 40 minutos numa conferência de imprensa".

Em nenhum momento no vídeo os líderes mencionam o nome de Trump, mas o comentário de Trudeau aparenta ser uma referência aos comentários longos de Trump à imprensa durante o encontro que tiveram na terça-feira.

Nenhum dos governantes pareceu saber que a conversação estava a ser gravada, apesar de estarem a falar abertamente e alto o suficiente para serem ouvidos por outros, refere a CNN.

"Vi a equipa dele ficar de boca aberta", diz Trudeau noutro momento, no entanto não é percetível a que se referia.

Os microfones no local só conseguiram apanhar fragmentos da conversa durante a receção que teve acesso limitado à imprensa.

Trump passou a terça-feira em reuniões em Londres, marcadas por tensão com o seu aliado francês. Reuniu-se com o Secretário-Geral da NATO Jens Stoltenberg, com Macron e com Trudeau, fazendo comentários extensos e respondendo a perguntas dos meios de comunicação em cada uma das situações.

Recorde-se que Emmanuel Macron reiterou a ideia de que a NATO enfrenta sérios problemas internos, considerando que a Organização do Tratado do Atlântico Norte está em "morte cerebral" e partilhou isso numa conferência de Imprensa conjunta com o presidente dos EUA, Donald Trump, que, horas antes, tinha voltado a comentar a entrevista do seu homólogo francês dizendo que essas declarações tinham sido "muito insultuosas".

Veja o vídeo na galeria acima.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório