Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Comissária designada para Igualdade promete agir contra violência online

A comissária europeia designada para a Igualdade, Helena Dalli, garantiu hoje que vai, no seu mandato, "agir com determinação" relativamente à violência contra as mulheres na internet, revendo leis já em vigor e conferindo mais direitos às vítimas.

Comissária designada para Igualdade promete agir contra violência online

"Enquanto comissária designada para a Igualdade, recebi um importante mandato da presidente eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, para agir relativamente à violência contra as mulheres e vou focar-me na questão da violência 'online'", afirmou Helena Dalli, em Bruxelas.

Intervindo num debate sobre "Quebrar o silêncio sobre a violência 'online' contra as mulheres", promovido pelo grupo de Mulheres do Partido Socialista Europeu, a comissária designada admitiu que esta questão vai ser uma das suas "maiores prioridades" no futuro executivo comunitário, que assume funções a 01 de dezembro.

"Temos de agir e temos de agir com determinação", salientou Helena Dalli.

Assinalando que tem existido "um aumento do número de provas que mostram que a violência contra as mulheres na internet se está a tornar alarmante", a comissária europeia designada por Malta lamentou que este tipo de casos esteja "a limitar a vida de algumas mulheres e jovens".

"Vai contra a ideia da União Europeia de comunidade e segurança", realçou.

Helena Dalli anunciou que vai, por isso, "lutar" durante o seu mandato para haver uma ratificação da Convenção do Conselho da Europa para a Prevenção e o Combate à Violência contra as Mulheres e a Violência Doméstica, adotada em Istambul, a 11 de maio de 2011.

A comissária europeia designada pretende, também, "olhar para o reforço dos direitos das vítimas", assim como "adicionar a violência 'online' de crimes contra as mulheres à lista de crimes da União Europeia" e ainda "verificar o que mais pode ser feito em termos legais".

"Temos de fazer mais para garantir que as mulheres alvo de ódio online conseguem pedir proteção", adiantou.

Na próxima segunda-feira assinala-se o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório