Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 20º

Edição

Vitória da esquerda na Argentina é o "regresso dos bandidos"

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, atacou novamente o candidato à Presidência da Argentina Alberto Fernández, e a segunda na lista, Cristina Kirchner, classificando-os como "bandidos de esquerda que começaram a voltar ao poder".

Vitória da esquerda na Argentina é o "regresso dos bandidos"
Notícias ao Minuto

21:04 - 14/08/19 por Lusa

Mundo Jair Bolsonaro

"Olhem para o que se está a passar na Argentina agora, está-se a criar o caos, o país começa a seguir o rumo da Venezuela porque nas primárias os bandidos de esquerda começaram a voltar ao poder", disse o chefe de Estado brasileiro durante um comício em Parnaíba, no estado do Piauí, no nordeste brasileiro.

A candidatura de Alberto Fernández, que integra a antiga Presidente Cristina Kirchner, teve 47,65% dos votos face aos 32,08% da coligação liderada pelo atual Presidente argentino, Maurício Macri, de acordo com a contagem feita em quase 99% das mesas de voto.

Jair Bolsonaro, um antigo capitão da reserva do Exército brasileiro, reiterou os apoios a Macri e afirmou que o possível regresso da esquerda ao poder na Argentina poderia levar a um êxodo de muitos argentinos para o Brasil.

"Povo gaúcho, se essa esquerda volta à Argentina, podemos ter aqui, no Rio Grande do Sul, um novo estado de Roraima e não queremos isso, irmãos argentinos a fugir para aqui", declarou Bolsonaro.

O estado de Roraima, um dos mais pobres do Brasil, vive uma situação dramática por ser porta de entrada nos últimos anos de milhares de venezuelanos que fugiram da crise económica, política e social que aflige o país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório