Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 15º

Edição

"Matei os meus bebés". Desolado, pai admite que se esqueceu de gémeos

Juan Rodriguez foi libertado mediante o pagamento de fiança.

"Matei os meus bebés". Desolado, pai admite que se esqueceu de gémeos

"Eu matei os meus bebés". A admissão de culpa é do pai dos bebés gémeos de 11 meses que morreram em Nova Iorque, dentro do carro onde foram esquecidos.

O pai dos bebés, Juan Rodriguez, de 39 anos, mostrou-se desolado perante as autoridades, explicando ainda que acreditava que tinha deixado os filhos na creche antes de ir para o trabalho, revela a Sky News.

Mas, na verdade, os gémeos foram deixados no carro durante oito horas, num dia em que as temperaturas ultrapassaram os 30ºC.

Ouvido pelo tribunal de Bronx, Nova Iorque, Juan declarou-se inocente dos crimes de homicídio culposo, homicídio negligente e de pôr em perigo o bem-estar das crianças. Este pai alega que se esqueceu dos filhos no carro, penalizando-se por isso.

Juan Rodriguez acabou por sair mediante o pagamento de uma caução de 100 mil dólares (cerca de 89 mil euros) e deverá voltar a tribunal no dia 1 de agosto. "O meu cliente está inconsolável. Está fora de si, estou preocupado com a sua saúde mental", revelou ao meio de comunicação o advogado, Joey Jackson.

Recorde-se que Phoenix e Luna terão sido deixados no interior do carro desde as 8h desta sexta-feira e só por volta das 16h é que o pai terá regressado ao carro. De acordo com Fernando Cabrera, autarca da região, o carro tinha vidros escuros, "por isso era impossível que alguém tivesse percebido que as crianças lá estavam".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório