Meteorologia

  • 20 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

Ébola: UE financia combate com mais 3,5 milhões de euros

A União Europeia (UE) anunciou hoje um financiamento de 3,5 milhões de euros para o combate da epidemia de Ébola, sendo 2,5 milhões de euros destinados ao Uganda e um milhão ao Sudão do Sul.

Ébola: UE financia combate com mais 3,5 milhões de euros

Esta quantia soma-se aos 17 milhões de euros que a UE atribuiu, desde 2018, ao combate ao vírus do Ébola na República Democrática do Congo (RDCongo) e à prevenção e resposta no Uganda, onde foram detetados os primeiros casos esta semana, Sudão do Sul, Ruanda e Burundi.

O financiamento da UE destina-se nomeadamente a reforçar a vigilância a nível das comunidades, instalações de saúde e postos fronteiriços, bem como a financiar o treino de equipas de resposta rápida.

Desde o início da epidemia, declarada em agosto de 2018 na RDCongo, os números do Ministério da Saúde congolês apontam para 2.062 infetados, dos quais 1.968 confirmados em laboratório e 94 casos prováveis, enquanto 569 pessoas já foram curadas.

De acordo com o Ministério da Saúde da RDCongo, há 280 casos suspeitos sob investigação e seis novos casos confirmados em várias localidades da província de Kivu Norte e Ituri: três em Mabalako, um em Beni, um em Musienene e outro em Mandima.

A epidemia de Ébola assola as províncias de Kivu Norte e Ituri, no nordeste da RDCongo.

Em abril, um comité de especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) considerou que o surto na RDCongo, apesar de ser "profundamente preocupante", ainda não constitui uma emergência mundial.

A transmissão internacional de uma doença é um dos fatores principais para que a OMS declare que um vírus constitua um estado de emergência mundial.

Além disso, 113 profissionais de saúde foram infetados com o vírus do Ébola, dos quais 37 morreram, de acordo com o Ministério da Saúde da RDCongo.

Segundo o Ministério da Saúde, até 09 de junho, foram vacinadas 131.860 pessoas e atendidas 64,8 milhões de pessoas nos centros de tratamento.

A RDCongo já foi atingida nove vezes pelo Ébola, depois da primeira manifestação do vírus no país africano, em 1976.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório